sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO! (CORTAR O TEMPO)



Com este poema de Carlos Drumond deixo aos amigos leitores os meus votos de Feliz Ano Novo!:

CORTAR O TEMPO

... Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,

a que se deu o nome de ano,

foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente..

Sebastião Madeira comenta pesquisa

Sebastião Madeira
Nos últimos dois dias a imprensa imperatrizense ( e até a da capital), blogueiros e outros meios de comunicação, deram um grande destaque a uma pesquisa pré-eleitoral realizada por um instituto do Piauí sobre a disputa eleitoral do ano que vem em Imperatriz e a posição dos pretendentes a uma candidatura a prefeito dinate da opinião popular.

A pesquisa, segundo fontes não oficiais, teria sido encomendada pelo PC do B do Maranhão.

Aqui a oposição fez muito estardalhaço e interpretações negativas contra o atual prefeito e provável candidato a reeleição, Sebastião Madeira, colocando- em queda livre, graças a uma suposta aproximação política deste com a governadora Roseana Sarney.

Em conversa com este jornalista, o prefeito Madeira disse que via com tranqüilidade o resultado da pesquisa, mas demonstrou dúvidas em relação aos índices que lhe colocam em empate técnico com o ex-prefeito Ildon Marques.

“Não quero desqualificar a pesquisa, mas essa distancia em relação ao ex-prefeito, segundo a última pesquisa que encomendamos em novembro passado é muito maior, quando o Instituto Econométrica registrou que eu tinha 39%, Ildon 25% e os demais prováveis concorrentes com índices abaixo de 10%”, disse Madeira.

Sobre a afirmação de alguns oposicionistas de que estaria em queda diante da opinião popular por causa da parceria que o município vem fazendo com o governo estadual (leia-se Roseana) e que já estaria acertado um possível apoio do grupo Sarney à sua reeleição, Madeira disse que não tem sentido.

“Eu nunca vi nem ouvi a governadora Roseana dizer que vai me apoiar, o que sabemos é que ela é do PMDB e que o partido dela tem candidato em Imperatriz. O que temos feito é uma parceria de trabalho e isso vem tendo a aprovação da população que não quer saber de brigas políticas, quer é ver obras e serviços que melhorem a sua qualidade de vida”, argumenta Madeira, completando que ele e Roseana não podem ficar de picuinhas porque são de grupo diferentes.

“Temos é que trabalhar. Depois, na época da eleição, a gente toma os rumos que desejarmos e a conjuntura permitir. Meu compromisso é com o povo de Imperatriz e eu não posso sacrificar a cidade para saciar os ranços ideológicos de alguns”, diz Madeira.

Bastante lúcidas as afirmações do prefeito Madeira, que está mesmo é focado em administrar Imperatriz e enfrentar os grandes desafios de uma cidade em franco desenvolvimento. Nesse sentido Madeira vem governando o município com os partidos que lhe ajudaram a ganhar a eleição, mas sem deixar de buscar parcerias com os governos estadual e federal e parlamentares de todos os partidos, sendo justo e atento ao divulgar as ajudas que recebe e os recursos indicados por estes.

“O povo saberá quem está ajudando Imperatriz e fará o seu juízo eleitoral, pode ter certeza disso”, garante Madeira.

Outro erro cometido por alguns é achar que a eleição de prefeito em Imperatriz em 2012 está vinculada a eleição de governador em 2014. Mas isso é assunto para outro post, depois da virada de ano...

Agora é só festa! Tin-tin!!! Feliz 2012 para todos nossos leitores!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Maranhão do Sul, Carajás e Tocantins: Leitor propõe unificação

Sr. Josué Moura:

Sou tocantinense e acredito que será muito difícil a população e a Cortes das capitais oferecer gratuitamente a libertação das Colônias, tanto no Pará como no Maranhão.

É impossível dar o grito do Tocantins (novo grito do Ipiranga) com a legislação vigente, a metrópole agora é aqui.

A menor distância não é uma reta mas o caminho de menor resistência.

Seria mais viável propor a criação de um novo estado composto pelo Maranhão do Sul, Carajás e mais o Tocantins.

O número de eleitores das capitais maranhense e paraense seriam neutralizados pelos votos do estado do Tocantins.

Cada região deste novo estado teria grande autonomia administrativa, ou após a junção ao estado do Tocantins (porque este já existe), o mesmo daria alforria a Carajás e ao Maranhão do Sul, que são estados irmãos e com interesses idênticos.

Da junção dos 03 estados, surgirá uma potência agrícola e também industrial devido ao polo siderúrgico de Marabá e Açailândia e ainda somaria a imensa jazida de minério de ferro da serra do Carmo (próximo a Palmas), aliada a infra-estrutura de transporte e logística da região, tanto em relação ao comércio exterior como ao interno.

A ferrovia Norte-Sul com bitola larga, ainda estrutura a matriz de transporte de todo o corredor centro norte, desde a região de Três Lagoas-MS (maior fronteira de florestas plantadas do país+ fábrica de fertilizante nitrogenado da Petrobrás), do futuro estado do Araguaia (leste do MT) e do futuro estado de Carajás (sudeste do PA).

Gurupi-TO é o ponto de encontro das ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste (que vai de Ilhéus-BA até RO via MT), Porto Franco-MA encontro da Norte-Sul com a Trans-nordestina e Imperatriz-TO o ponto de encontro da ferrovia Norte-Sul com a hidrovia Araguaia-Tocantins, no porto de Praia Norte (expansão da Zona Franca de Manaus), ou a ser construído na margem maranhense em frente a porto de Praia Norte, que alcançará o porto de Cametá em Vila do Conde próximo a Belém-PA, através das eclusas do Lago de Tucuruí, além dos já disponíveis ferrovia Carajás e porto do Itaqui-MA.

A partir de Gurupi-TO, ponto de encontro da ferrovia Norte-Sul com a Leste-Oeste, pode-se alcançar a leste o porto de Ilhéus (1.200 km), ao norte o porto do Itaqui-MA (1.400 km), ao sul o porto de Santos-SP (1.600 km) e a oeste a hidrovia Araguaia-Tocantins (175 km) e via Mato Grosso até RO.

O Tocantins é uma plataforma de recolhimento e distribuição de produtos para todas as regiões do Brasil e portos marítimos atlânticos com igual valor de frete e distâncias aproximadas em todas as direções.

Ferrovias de bitola larga em que o trem pode alcançar 80 km por hora e composições de até 250 vagões, jazidas de minério de ferro, siderúrgicas (utilizando carvão vegetal), florestas plantadas (Suzano) para produção de celulose e energia (carvão+ pellets) e hidrovias, estão associados e formam uma sinergia.

Carajás, Maranhão do Sul e Tocantins, já!!! Estados irmãos.

Herculano Costa.

Meu Comentário:
A idéia é sensacional do ponto de vista econômico, pois daria até para se pensar em criar um novo país, de tão rico que ficaria essa junção de regiões, mas dos pontos de vista político e cultural é  um desastre: Ora, se já queremos sair do Maranhão pelas nossas diferenças políticas e culturais?

De qualquer maneira, obrigado pela carta e continue participando, debatendo, exercendo o a sua cidadania.

Um abraço Herculano!

3.593 acidentes já foram registrados em Imperatriz este ano

 São alarmantes os números de casos de acidentes de trânsito em Imperatriz este ano. De acordo com informações colhidas junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), até ontem, durante o dia, haviam sido registrados 3.593 acidentes de trânsito na segunda maior cidade do Estado do Maranhão.

Desses acidentes, foram registradas 3.691 vítimas, sendo 33 fatais.

Como vem ocorrendo em Imperatriz, o maior número de acidentes, cerca de 2.054, teve o envolvimento de motocicletas, com 2.340 vítimas e 5 fatais. Ocorreram 962 acidentes com carros, com 1.053 vítimas, sendo 23 fatais.

O que chama a atenção é que, mesmo o número de acidentes envolvendo carros sendo bem menor do que os com envolvimentos de motocicletas, as vítimas fatais de acidentes com carros foram em maior quantidade.

Acidentes com bicicletas foram 160, com 162 vítimas e nenhuma fatal. Atropelamentos foram 131, com 135 vítimas e 4 fatais. Aéreo, ferroviário e aquático foi apenas 1, sem vítima fatal. Vale ressaltar que, no caso desse detalhamento de acidentes, ainda não foram contabilizados os do mês de dezembro. Deste mês, foram contabilizados apenas para que fosse definido o total geral de acidentes até agora na cidade.

O mês de julho foi o de maior incidência, ocasião em que foram registrados 336 acidentes de trânsito na cidade. O bairro com maior número de acidentes registrados foi o centro, com 711 casos, seguido pelo bairro Nova Imperatriz, com 336.

Pesquisas e estudos sobre o fator humano em acidentes de trânsito têm enfrentado enormes desafios para tentar explicar de uma maneira geral e prever modificações no comportamento do condutor. A conclusão a que se tem chegado é que, para saber o real motivo de um condutor infringir as leis e colocar a vida dele e de outros em risco, seriam necessários testes psicológicos e comportamentais.

A imprudência, bebida alcoólica e principalmente a falta de atenção, sem nenhuma dúvida, foram as principais causas dos acidentes ocorridos em Imperatriz este ano e que ainda podem ocorrer, já que vem a festa da virada (Do Jornal O Progresso).

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Prefeito de Imperatriz passa o aniversário em Brasília lutando pela liberação de recursos

O prefeito Madeira passou a quinta-feira,29, dia do seu aniversário, em Brasília cumprindo agenda de trabalho. Entre os compromissos, visitas ao Ministério da Saúde e ao Congresso Nacional.

No Ministério da Saúde o prefeito ultima os tramites burocráticos para a liberação do aporte de R$ 5 milhões de reais para “aliviar o déficit nas finanças do sistema municipal de saúde. Para atingir esse objetivo o prefeito contou com a interveniência do deputado federal Chiquinho Escórcio e do presidente do Congresso José Sarney.

Ontem, pela manhã, em entrevista à imprensa o prefeito informou que na Câmara dos Deputados conseguiu com que o deputado Federal Davi Júnior indicasse ao Orçamento Geral da União (OGU) para 2012, emendas da ordem de R$ 1, 5 milhões para infraestrutura e , de um milhão de reais para abastecimento d’água. Até ontem à tarde era o único deputado federal do Maranhão a indicar emendas para Imperatriz

Com a experiência de quatro mandatos de deputado federal Madeira esclareceu que a indicação da emenda não significa dinheiro na conta e sim uma previsão; um longo caminho para que os recursos sejam liberados, o que, assinala o prefeito, nem sempre ocorre. “Como disse, trata-se uma previsão de recursos que vamos lutar para que seja liberada” disse o prefeito.

Para exemplificar Madeira cita, por exemplo, que de todos recursos indicados anteriormente pelo deputado Davi Jr para Imperatriz o Governo Federal só liberou R$ 400 mil reais para compra de medicamentos e R$ 950.000,00 para compra de duas maquinas pesadas para a Secretaria de Infraestrutura. “Nós queremos reconhecer aqui o esforço do deputado Davi Júnior, para tentar ajudar nosso município” destacou o prefeito.

Na mesma entrevista Madeira aproveitou também para destacar o empenho do deputado Chiquinho Escórcio que na sua avaliação, não tem medido esforços para ajudar o município a resolver os problemas da cidade, nos ministérios, em Brasília; sobretudo, as questões relacionadas ao financiamento da saúde. “ O Chiquinho tem surpreendido a cidade com sua garra e determinação. Seu trabalho começa a dá resultados. Só temos a agradecer” disse o prefeito.

Valéria, Carlinhos, Pádua  e Léo e indicam emendas para Imperatriz

Dep. Valéria Macedo
 O prefeito Madeira informou que os deputados estaduais Valéria Macedo, Carlinhos Amorim, Doutor Pádua e Leo Cunha, incluíram Imperatriz nas indicações das emendas parlamentares a que tem direito. Amorim indicou cerca de R$ 530 mil reais, uma parte vai para reforma da Feirinha da Nova Imperatriz e a outra para infraestrutura.
Dep.Carlinhos Amorim

Pádua indicou R$ 230 mil reais para a reforma de uma escola na região do “Grande Santa Rita” , inclusive, já empenhados; já os deputados Leo e Valéria emplacaram cerca de R$ 230 mil e R$ 200 respectivamente , para implantação de sistemas de abastecimento de água no município. A Vila Palmares deve ser uma das localidades beneficiadas com as emendas dos deputados.

Conforme o prefeito, o deputado Leo Cunha ainda indicou ao Orçamento do Estado recursos para a publicação do livro ( nome provisório) Imperatriz, ontem, hoje e sempre que deve ser lançado, em Junho, por ocasião do aniversário da cidade.

O prefeito Madeira disse que todos os projetos para “abrigar” as emendas foram preparados e protocolados em tempo hábil. “No plano estadual é a mesma coisa. Os deputados indicam, agora vamos lutar para que o Governo do Estado, que tem sido sensível aos pleitos da região, libere essas essas emendas” concluiu o prefeito, que retorna hoje á tarde para Imperatriz.  (Assessoria)

Homem esfaqueado é "socorrido" num carro de mão

Jaques Douglas Costa Silva, que deveria ter sido levado para um hospital infelizmente foi levado para uma delegacia, onde chegou morto.

Enquanto o governo do Estado do Maranhão continua dando as costas para o problema da segurança pública, a cidade de Timon, como outros municípios maranhenses, coleciona casos escabrosos na tão rotineira violência urbana da cidade.

Na noite de terça-feira (27/12), por volta de 01h:00, policiais civis de plantão na Central de Flagrantes foram surpreendidos com uma cena lamentável: um homem esfaqueado foi levado em um carro de mão para aquela delegacia por dois adolescentes. Estes disseram que o socorro aconteceu depois que viram a vítima agonizando com as facadas deitada no chão.

A vítima foi identificada como Jaques Douglas Costa Silva, 35 anos, servente de pedreiro. O fato inusitado chocou os policiais que perceberam que ele estava morto e acionaram o Instituto de Medicina Legal de Timon. Os peritos identificaram três perfurações de faca no corpo da vítima sendo duas na perna e uma nas costas. 
Bairro Guarita, local do esfaqueamento

Levantamento preliminar dos policiais apontam que a vítima foi esfaqueada perto de linha do trem, no bairro Guarita, bem próximo de onde funciona a delegacia. Também até o fechamento desta coluna não foi encontrado nenhum registro de ocorrência envolvendo a vítima, entretanto policiais informaram ao Blog do Elias Lacerda que a área onde ocorreu o fato é bastante freqüentado por usuários de drogas.

O homicídio desta madrugada é apenas um dos vários que a cidade vem registrando constantemente numa escalada de violência que infelizmente as policias civil e militar, por falta de contingente, não conseguem evitar. Não bastasse essa falta de policiais, o aparelho de segurança pública sofre ainda com a ausência de estrutura para trabalhar. Que o diga a policia militar que trabalha com poucas viaturas, e, em sua maioria velhas, para cobrir com policiamento ostensivo uma cidade de 150 mil habitantes. (Blog do Elias Lacerda)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Os fatos e curiosidades que marcaram o jornalismo brasileiro em 2011


A Redação do Portal Comunique-se fez uma seleção com os assuntos mais interessantes e polêmicos, que marcaram as coberturas nesse ano de 2011. Confira abaixo.

Imprudência

O cinegrafista da TV Bandeirantes Gelson Domingos, de 46 anos, morreu com um tiro no peito, enquanto fazia a cobertura jornalística de uma operação realizada pelo Batalhão de Choque e de Operações Policiais Especiais (Bope) na Favela de Antares, na zona oeste do Rio de Janeiro. Mesmo usando um colete à prova de balas aprovado pelo Exército Brasileiro, Gelson não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 6 de novembro.
Gelson Domingos chegou a abraçar os colegas de profissão antes de ir para a operação do Bope na Favela de Antares, no Rio. (Imagem: Reprodução)


Ética

A repórter da TV Record do Paraná, Maritânia Forlin, de 28 anos, foi presa no início do ano, em sua casa, na cidade paranaense de Campo Mourão. A jornalista foi acusada de trocar favores com traficantes para obter matérias exclusivas e em primeira mão. De acordo com policia, ela era amante de Gilmar Tenório Cavalcanti, chefe da quadrilha, que também foi preso. Maritânia negou qualquer envolvimento no caso.

Calúnia

No fim de outubro, o site Wikileaks, que "vaza” documentos dos governos mundiais via internet, para investigações jornalísticas, publicou que Willian Waack, apresentador do ‘Jornal da Globo’ e experiente repórter da emissora carioca, seria informante dos EUA no País. Em resposta, a Globo negou qualquer vínculo e declarou que a história era “absurda e infundada”.

Polêmico
Rafinha Bastos
O jornalista e ex-apresentador do humorístico ‘CQC’ da TV Bandeirantes, Rafinha Bastos, teve um ano agitado. Seja pelas suas polêmicas piadas ditas em shows de stand-up – que viraram matéria na revista Rolling Stone de maio –, pelo humor ácido ou pelas piadas politicamente incorretas, ele ganhou a fama de malcriado.


A situação de Rafinha se complicou quando declarou ao vivo no ‘CQC’, em setembro, que “comeria a cantora Wanessa Camargo e o seu bebê”. Rafinha foi afastado do programa e a família da cantora processou o humorista, que poderá pegar três anos de detenção.

Perdas

O jornalismo brasileiro também sofreu muitas perdas. Entre elas, faleceu em agosto o editor de redação do jornal O Globo, Rodolfo Fernandes, aos 49 anos, devido a uma doença degenerativa. Dois meses depois, o também jornalista e irmão de Rodolfo, Hélio Fernandes Filho, morreu aos 56 anos.

Ressureição

A notícia da suposta morte do promoter Amin Khader foi um dos “micos” mais constrangedores de 2011. Ao anunciar a morte de Khader, que participava de quadros para o programa “Balanço Geral”, da TV Record, a apresentadora Chris Flores, do matinal “Hoje em Dia”, da mesma emissora, chegou a chorar ao vivo. No fim, foi tudo um mal-entendido entre Khader e o colega, David Brazil.

Concursos

O ano de 2011 foi marcado por concursos duvidosos para a área de Jornalismo. A reportagem do Comunique-se apurou que a prefeitura de Guaratinguetá, no interior paulista, ofereceu R$ 545 aos candidatos que fossem aprovados no processo seletivo para a carreira. Para concorrer, bastava ter apenas o Ensino Médio completo.

Globo

A área de Jornalismo da emissora carioca e os veículos que compõem as Organizações Globo protagonizaram diversas mudanças ao longo desse ano. Em agosto, foi lançada uma carta de princípios editoriais, definindo os padrões e condutas dos veículos do conglomerado de comunicação perante a sociedade.

Houve troca de apresentadores dos diversos jornais da casa, incluindo a saída de Fátima Bernardes do Jornal Nacional, após 14 anos como âncora e editora-executiva do telejornal. Ela foi substituída por Patrícia Poeta, que saiu do Fantástico e teve o lugar ocupado por Renata Ceribelli.

Os jornalistas Renato Machado, Chico Pinheiro, César Tralli e Carla Vilhena também foram remanejados.

MerdTV

Os repórteres da Globo também foram alvos de ataques, incluindo aí a agressão à repórter Monalisa Perrone, durante link em frente ao Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, no fim de outubro. Na ocasião, ela cobria a primeira sessão de quimioterapia do presidente Lula. Nesta sexta-feira, 23, foi a vez de Jacqueline Brazil, que também teve seu link invadido.

Privacidade

Durante o Info@Trends, realizado em São Paulo em 2 de setembro, a ombudsman da Folha de S.Paulo, Suzana Singer, declarou que os jornalistas não devem ter perfil pessoal nas mídias sociais, “principalmente porque ele pode tuitar algo ofensivo e não sabe onde estará ou quem entrevistará amanhã”.

Falta de checagem

A barrigada do cão Caramelo, publicada pela mídia brasileira, e até portuguesa, em janeiro, segundo o Diário de Teresópolis, não passou de um mal-entendido.

Supostamente, o animal guardava o túmulo da dona após ela ter sido soterrada pelos deslizamentos de terra que atingiram a região serrana do Rio de Janeiro no começo do ano. Mas quem aparecia nas fotos publicadas, ao lado de um túmulo era John, o cachorro de Rodolfo Júnior, coveiro de um cemitério da região. A história, que comoveu a muitos, não passou uma barrigada.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Porto Franco-MA: 92 anos de emancipação política, 7 de parceria com o futuro!


A história de Porto Franco se confunde com seu povo e os avanços obtidos nas duas últimas décadas. Reconhecida nacionalmente por meio da mídia e por aqueles que a visitam todo ano em períodos festivos, é considerada uma cidade em pleno desenvolvimento econômico e político...



Localizado na região Sul do estado do Maranhão na divisa com o estado do Tocantins, Porto Franco está há 720 quilômetros da Capital São Luis. O município tem 21.290 habitantes segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, (esse numero pode ser maior), é cortado pela Rodovia Belém-Brasília e Ferrovia Norte Sul, banhado pelo Rio Tocantins, Porto Franco foi emancipado politicamente no dia 1º de janeiro de 1920.

A história de Porto Franco se confunde com seu povo e os avanços obtidos nas duas últimas décadas. Reconhecida nacionalmente por meio da mídia e por aqueles que a visitam todo ano em períodos festivos, é considerada uma cidade em pleno desenvolvimento econômico e político.

Recentemente revista do Grupo Abril “Exame” edição de dezembro de 2011, dedicou páginas inteiras para destacar Porto Franco como uma cidade onde suas riquezas são divididas com o povo. Por está dentro da região mais desenvolvida do estado, a Sul Maranhense, foi chamada de “Um Lugar no Meio do Caminho”, referência que rendeu espaço nas páginas 86 e 87 da revista que circulou em todo o país na segunda quinzena de dezembro.

Deoclides Macedo (Prefeito de P. Franco)
Administrada pelo prefeito Deoclides Macedo-PDT por três vezes: 1992/1996, 2005/2008 e 2009/2012. Nesse período o município atraiu investimentos públicos e privados, fazendo com que a vida das pessoas melhorasse. A criação do Distrito Agro Industrial de Porto Franco serviu para que empresas de outros estados se instalassem no município, fazendo aumentar a geração de emprego e renda na região.

No setor público os avanços vão desde à educação com construção de Escola de Tempo Integral; construção de Pólo Universitário; criação de programas educacionais que visam melhorar a qualidade do ensino público municipal; construção do Complexo Esportivo, adequação do estádio municipal com construção de arquibancada, iluminação e gramado, reforma do ginásio poli esportivo e à construção de quadras de esporte, construção do Centro de Conivência da Terceira Idade, construção de mais de 500 casas populares; programas sociais que atendem à população carente do município, atenção ao trabalhador com cursos de capacitação e inserção no mercado de trabalho; implantação de serviços de saúde de boa qualidade no Hospital e Maternidade Aderson Marinho e nas Unidades Básicas de Saúde, instalação do Centro de Especialidades Odontológicas-CEO, implantação do Serviço Móvel de Urgência-SAMU, construção de postos de Saúde nos bairros e na zona rural; construção e melhoramento das estradas vicinais de todo o município, apoio ao homem do campo; Organização de grandes eventos públicos como reveilon, carnaval, festas juninas e a exposição agropecuária; melhoramento, construção e manutenção do serviço de abastecimento de água potável; pavimentação, recuperação e manutenção das ruas da cidade e dos bairros; construção do trevo do entroncamento entre outras ações que fazem do chefe do governo municipal, um verdadeiro campeão que já venceu por duas vezes consecutivas o prêmio de prefeito Empreendedor do estado do Maranhão, concorrendo pela terceira vez esse ano com chances de estar  mais uma vez concorrendo o prêmio concedido por uma das mais respeitadas instituições, o SEBRAE.

Para comemorar mais um aniversário da cidade de Porto Franco, o prefeito Deoclides Macedo determinou que fossem desenvolvidas diversas atividades ao longo do mês de dezembro:

1 - No dia 5 o SAMU realizou simulação de resgate na Praça Gonçalves Dias na presença do público presente; na mesma data a Coordenação do DST/AIDS, promoveu o encerramento da Campanha do Laço Vermelho no Hospital Municipal e Maternidade Aderson Marinho;

2 - No dia 9 no Centro de Especialidades Odontológicas-CEO foi feita a entrega de próteses dentárias à população;

3 - Dia 11, abertura da Vila de Natal na Praça Anísio Bandeira;

4 - Dia 14, aconteceu reunião com servidores das equipes do Programa Saúde da Família-PSF, e Agentes Comunitários de Saúde - ACS para confraternização com a categoria;

5 - Dia 16, confraternização dos servidores da prefeitura de Porto Franco no Clube Ingarana;

6 - Dias 17 e 18, aconteceram no Estádio Panelão e campo de Futebol do Coité, jogos das semi-finais dos Campeonatos Municipal e Rural de Porto Franco;

7 - Dia 22 final do Campeonatos Municipal no Estádio Panelão entre Operário e CFK;

8 - Dia 23 Solenidade de Entrega de Cestas Básicas de Alimentos da Campanha Natal Solidário que atendeu 1300 pessoas da zona urbana e 300 na zona rural;

9 - Dia 24 final do Campeonato Rural em Coité entre São Miguel e Real;

10 - Dia 27 inauguração do Centro de Convivência da Terceira Idade no entroncamento;

11 -Dia 31 reveilon na Praça Gonçalves Dias e comemoração dos 92 anos de emancipação política de Porto Franco na hora da virada. (Ascom\Porto Franco).

Gastão Vieira é apontado pela revista Veja como o melhor parlamentar do Maranhão

A revista no entanto surpreende ao destacar o apagado Hélio Santos (PSD) e colocar como  lanterninha entre os parlamentares maranhenses o o deputado Domingos Dutra (PT), destacado defensor dos Direitos Humanos...

Gastão Vieira
Um levantamento feito pela revista Veja e o Núcleo de Estudos do Congresso, do Rio de Janeiro, aponta o deputado licenciado e ministro, Gastão Vieira (Turismo), como o melhor parlamentar do Maranhão atuando em Brasília.

Com nota 7, Gastão Vieira (PMDB) aparece na 21ª posição no ranking de 201 parlamentares citados no levantamento.

O segundo maranhense mais bem colocado é o novato Hélio Santos (PSD), na 25ª posição e com nota 6.7.
Hélio Santos

Na sequência aparecem Carlos Brandão (28ª posição e nota 6.6), Pinto Itamaraty (63ª e nota 5.4), Alberto Filho (78ª e nota 4.9), Davi Alves Silva Júnior (84ª e nota 4.6), Edivaldo Holanda Júnior (92ª e nota 4.4), Nice Lobão (99ª e nota 4.3), Sétimo Waquim (119ª e nota 3.9) e Waldir Maranhão.(171ª e nota 2.6).

Domingos Dutra

O deputado Domingos Dutra (PT), destacado defensor dos Direitos Humanos, aparece na penúltima posição (220º) e com nota de apenas 1.1.

No Senado, o único maranhense citado foi João Alberto (PMDB), na 22ª e última posição.

A Veja fez a pesquisa com base em seis grandes eixos de discussão no Congresso: carga tributária menor e sistema tributário simples, infraestrutura, qualidade da gestão pública, qualidade da educação, combate à corrupção e marcos regulatórios estáveis aplicados com transparência por agências independentes.

Não tenho conhecimentos científicos ou de pesquisa para contestar um trabalho como esse da festejada revista Veja: nada contra o índice dado a Gastão Vieira, é um parlamentar que sempre foi um ícone no assunto Educação, mas não dá para comparar Domingos Dutra e Valdir Maranhão com Hélio Santos. Dutra é um parlamentar corajoso, está quase todos os dias na tribuna sempre defendendo grandes causas. Valdir Maranhão é um homem da área educacional, também com larga experiencia na prática parlamentar. 

Ao contrário de Hélio Santos, um novato, totalmente apagado. Em minha opinião, até agora o deputado sulmaranhense até agora não disse ao que veio...Ausente das questões de nossa região não se vê nem se ouve nada a respeito dele na mídia nacional que o eleve a uma posição de destaque como deputado.

Quanto ao Senador João Alberto, esse eu não digo nada, a final senadores maranhenses são mesmo todos apagados, com exceção do senador Edison Lobão, atual ministro das Minas e Energia, com quem não compartilho de idéias, mas não posso negar que este sempre foi um parlamentar destacado.

Abaixo a posição dos maranhenses e aqui a relação completa.

21ª- Gastão Vieira - nota 7

25º- Hélio Santos - nota 6.7

28º- Carlos Brandão - nota 6.6

63º- Pinto Itamaraty - nota 5.4

78º- Alberto Filho - nota 4.9

84º- Davi Alves Silva Júnior - nota 4.6

92º- Edivaldo Holanda Júnior - nota 4.4

99º- Nice Lobão - nota 4.3

119º- Sétimo Waquim - nota 3.9

171º- Waldir Maranhão - nota 2.6

200º- Domingos Dutra - nota 1.1
























Anistia Internacional cobra proteção a quilombolas que tiveram poço envenenado

A Anistia Internacional, maior entidade de direitos humanos do planeta, lançou na quinta-feira (23), uma campanha internacional, em defesa da comunidade quilombola de Salgado, em Pirapemas (Maranhão). A Anistia enviou correspondência à governadora Roseana Sarney e à ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, cobrando do governo estadual e federal providências urgentes em relação à segurança da comunidade e ao líder comunitário José da Cruz.

Salgado é mais uma comunidade quilombola no Maranhão que sofre ameaças e intimidações constantes de fazendeiros locais, como consequência de sua longa luta pela titulação de seus territórios. Relata o documento enviado pela Anistia, que 'no final de agosto, um pistoleiro efetuou disparos na direção da casa de seu José da Cruz, matando uma porca. No dia 3 de dezembro de 2011, integrantes da comunidade descobriram que 18 animais do lavrador, tinham sido envenenados e mortos, causando uma perda enorme para sua família. Em 14 de dezembro, membros da comunidade encontraram recipientes de veneno dentro do poço utilizado pela comunidade'.

O fato chamou a atenção da Comissão de Direitos Humanos da OAB que realizou uma coletiva de imprensa no dia 16 de dezembro, em São Luís, denunciando o caso. Poucos dias após a coletiva, seu José da Cruz informou que enquanto estava ausente, dois pistoleiros o procuraram na sua casa para matá-lo.

Os acusados de toda essa violência são dois homens – Ivanilson Pontes de Araújo e seu pai Moisés Araújo, que desde 1982 travam um conflito possessório com a comunidade. Em outubro de 2010, o juiz da Comarca de Cantanhede concedeu manutenção de posse em favor das famílias, no entanto, os dois acusados insistem em desrespeitar a ordem judicial. Durante a entrevista coletiva, o quilombola José Patrício denunciou que Ivanilson o teria ameaçado dizendo que se ele e outros moradores da comunidade continuassem a fazer roças iriam 'pagar caro' por isso.

O mais alarmante de tudo isso é a suspeita da conivência da polícia do Estado com os fazendeiros locais. A delegacia de Pirapemas está fechada e os quilombolas não conseguem sequer fazer um boletim de ocorrência. Além de tudo, o escrivão da polícia foi visto em companhia de um dos acusados.

O documento enviado pela Anistia relata ainda que membros do Programa Federal para a Proteção dos Defensores dos Direitos Humanos já visitaram a comunidade e prometeram inclui-los no programa, no entanto, procurado pela Anistia no dia 21 de dezembro o governo federal não soube informar que medidas seriam adotadas para garantir a segurança da comunidade, dizendo que o dever de fazer isso era das autoridades estaduais.

Esta não é a primeira vez que a Anistia Internacional se pronuncia em relação a esse conflito. No dia 1º de agosto foi lançado para todo o mundo a partir de Londres, uma campanha em defesa do advogado da Comissão Pastoral da Terra, Diogo Cabral e do padre Inaldo Serejo, coordenador da CPT no Maranhão. Ambos foram ameaçados na tarde de 25 de julho enquanto assistiam a uma audiência relacionada à disputa de terras entre fazendeiros locais e a comunidade quilombola de Salgado.

Refere a Anistia que, segundo Diogo Cabral, um fazendeiro local, disse na porta do Fórum que pessoas de fora traziam problemas para o povoado e que, devido ao apoio dado à comunidade quilombola, 'a gente tem que passar o fogo de vez em quando, que nem fizeram com a irmã Dorothy'.

'A CPT tem mantido contato permanente com a Anistia Internacional que tem acompanhado atentamente o conflito. O que esperamos é que o Incra acelere o mais breve possível, o processo de titulação que já está tramitando há 11 anos, eivado de fraudes por parte dos servidores do Incra que chegaram a admitir no processo técnico que sequer havia famílias morando na área. Esperamos também que o governo do estado cumpra seu papel de garantir segurança à comunidade visto que há uma relação muito próxima dos acusados tanto com a polícia civil quanto com a militar', disse Diogo Cabral, advogado da Comissão Pastoral da Terra. (do Jornal Pequeno)

Leia também:

2011 foi positivo para a administração imperatrizense, analisa o prefeito Madeira

Para Sebastião Madeira houve avanços em todos os setores da administração municipal

por Domingos Cezar

O prefeito Sebastião Madeira em contato com a imprensa fez um balanço deste ano que ora se finda, considerando-o muito positivo em todos os setores da administração. Para que o governo municipal alcançasse o êxito desejado, o gestor imperatrizense firmou parceria com o Governo Federal, notadamente com programas sociais e com o Governo do Estado, principalmente nas áreas de saúde e infraestrutura.

Não obstante ser membro de um partido que faz oposição ao Governo Federal e ao Governo do Estado, Sebastião Madeira percorre com desenvoltura pelos gabinetes de deputados federais e senadores, em busca de emendas parlamentares que venham beneficiar o município. Da mesma forma o prefeito percorre Ministérios firmando convênios, os quais têm sido muito bem recebidos e aplicados nos mais diversos setores.

Os quatro mandatos de deputado federal que o povo maranhense o concedeu, somado a sua humildade e determinação, faz com que Sebastião Madeira venha recebendo o respeito das autoridades, tanto da esfera estadual, quando na federal. Os convênios mantidos com os Ministérios do Trabalho e Emprego (MTE) e do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, têm proporcionado o preparado profissionalmente os jovens, além da execução de relevantes programas sociais, que muito tem ajudado famílias de baixa renda.

Criticado por uma minoria, por sua aproximação com a governadora Roseana Sarney, o prefeito Sebastião Madeira, um dos mais importantes nomes do tucanato maranhense, não nega, nem esconde a admiração e o respeito que mantém com a chefe do executivo estadual. Esse bom relacionamento, que ele considera institucional, garante que vai manter até o fim de seu mandato e explica: “Roseana é governadora do Maranhão, e Imperatriz é Maranhão, daí a sua responsabilidade para com esse município”.

Desta forma, a Prefeitura de Imperatriz estabeleceu parceria com o Governo do Estado, dando um novo alento a área de saúde, bem como, na infraestrutura com a pavimentação de ruas e avenidas. Em seu governo a Secretaria de Administração e Modernização (Seamo) fez jus ao nome, modernizando todos os setores, criando o portal da transparência e convocando dezenas de pessoas que foram aprovadas em concurso.

A propósito, o prefeito Madeira tem primado pela transparência, que é a principal bandeira desta administração. Editais de Pregão Presencial estão disponíveis em site da prefeitura, demonstrando a lisura que a prefeitura imprime nos processos licitatórios. O respeito pelos Conselhos e conselheiros, nas mais diversas áreas de seu governo, também demonstra a lisura de uma administração que envolve a sociedade, representada pelos Conselhos.

Entretanto, nem tudo têm sido flores nesta administração. O grande gargalo da administração municipal que já se arrasta há anos é sem dúvida, a saúde. Isso porque, a cidade tornou-se pólo de uma região que abrange três estados e dezenas de municípios. Como a prefeitura mantém um hospital adulto e um infantil que atende a média e alta complexidade, a cidade atrai centenas e milhares de pessoas que buscam neste município a solução para seus problemas de saúde.

Mesmo diante dessa adversidade, o médico Sebastião Madeira, como o irrestrito apoio da médica e esposa, Conceição de Maria Madeira, conseguiu formar uma equipe de abnegados profissionais da área de saúde, que tem buscado todas as fontes para fazer da cidade de Imperatriz, um verdadeiro pólo nesta complicada área, mas de extrema importância. “Temos consciência das dificuldades que estamos vivendo, mas temos procurado resolver o problema da saúde em nossa cidade”, garante Madeira.

O setor que o gestor imperatrizense afirma que mais avançou, diz respeito a desenvolvimento econômico. “Nunca na história de Imperatriz a cidade atraiu tantas empresas, de todos os portes”, comemora Sebastião Madeira, acrescentando que, mesmo com uma pequena retração na economia brasileira, isso não foi notado no município, que continua a receber investidores. “Não temos dúvida que a geração de emprego e renda tem sido o carro chefe de nossa administração, mas sem descuidarmos de setores como a saúde, educação, infraestrutura, cultura, meio ambiente, entre outros”, finaliza Madeira.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Condenados por improbidade administrativa vereadores de Estreito-Ma perdem seus mandatos


Parlamentares são acusados de dividir, entre eles, a quantia de 198 mil reais, diz MP

 

vereadores-estreito
O juiz Gilmar de Jesus Everton Vale, titular da 1ª vara de Estreito, proferiu sentença na sexta-feira (16) condenando 9 vereadores por improbidade administrativa. 

Todos eles são acusados de enriquecimento ilícito e apropriação indevida de dinheiro público. São eles: Edevandrio Gomes Pereira (presidente da Câmara); Reginalva Alves Pereira (tesoureira); Elton Pasa; Inocêncio Costa Filho; Manoel Barbosa de Sousa; Eriberto Carneiro Santos; José Rômulo Rodrigues dos Santos; Bento Cunha de Araujo; e Benedito Torres Salazar.

De acordo com a ação movida pelo Ministério Público, os vereadores são acusados de dividir, entre eles, a quantia de 198 mil reais, sendo entregue 22 mil para cada vereador. Esse valor teria sido repassado pela Prefeitura para manutenção da própria Câmara Municipal. O caso do rateio de dinheiro público em Estreito aconteceu em janeiro de 2009.
Ao investigar o caso, o Ministério Público encontrou outros indícios de fraudes por meio da quebra do sigilo bancário do Legislativo de Estreito. Foram encontrados diversos cheques pagos conjuntamente a Edevandrio Gomes Pereira e Reginalva Alves Pereira, que somam quase 97 mil reais, além de outros, sacados pelo então chefe do Legislativo Municipal (mais de 50 mil reais) e, ainda, cheques nominais a Domingos Rodrigues dos Santos, marido da atual presidente da Câmara Municipal, cujo valor somado é superior a 10 mil reais.
Além de perderem seus cargos, os vereadores, exceto Reginalva e Edevandrio, tiveram os direitos políticos suspensos pelo prazo de 5 anos. Ficam proibidos, também pelo período de 5 anos, de contratar com o Poder Público ou dele receber incentivos fiscais ou creditícios.
Reginalva e Edevandrio, que também perderam seus cargos, tiveram os direitos políticos suspensos pelo prazo de 10 anos, e ficam proibidos de contratar com o Poder Público, ou dele receber incentivos fiscais ou creditícios, pelo mesmo prazo. Edevandrio foi condenado, ainda, a pagar multa de 73.353 reais. Já Reginalva terá que pagar multa civil no valor de 59.143 reais. (Ascom/CGJ)

Aprovado na Assembleia reajuste para PMs e Bombeiros


Por unanimidade os deputados estaduais aprovaram na sessão de hoje, dia 20, projeto de lei, de autoria do governo do Estado, reajustando o subsidio dos policiais militares e do Corpo de Bombeiros.


O projeto foi votado em regime de urgência.
O reajuste é uma reivindicação dos policiais militares e bombeiros, prontamente atendida pela governadora Roseana Sarney. Segundo a mensagem, o reajuste será concedido a partir de 1º de março de 2012.
De acordo com a mensagem do governo do Estado, até o dia 1º de março de 2014, os subsídios dos soldados da PM e do Corpo de Bombeiros subirão de R$ 2.240,00 para 2.564,50. 
Já os subsídios dos coronéis da PM e do Corpo de Bombeiros subirão, até o dia 14 de março de 2014, de R$ 11.487,18 para R$ 13.151,67.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Valéria Macedo cumpre agenda política nas regiões central e sul do Maranhão


Desde a última sexta-feira, 16/12, a deputada estadual Valéria Macedo (PDT), cumpre extensa agenda de visitas ás regiões sul e central do Maranhão, onde participou de um seminário em Estreito, confraternização de funcionários da saúde em Porto Franco e de um carnaval fora de época em Dom Pedro, além de reunir-se com lideranças políticas e comunitárias.

Seminário em Estreito

O périplo da deputada começou na manhã de sexta-feira quando Valéria participou do Seminário de Integração da Cadeia Produtiva do Pescado no entorno da UHE de Estreito, organizado pelo Ministério da pesca e a prefeitura do município.

Na oportunidade Valéria assistiu a uma exposição técnica sobre a viabilidade da cadeia produtiva daquela região e durante seu pronunciamento cobrou do Ceste e da Prefeitura o cumprimento de alguns compromissos que segundo os pescadores nunca foram cumpridos e fez um alerta: “O resultado desses debates precisam sair do papel e serem executados”, disse Valéria, logo depois participando de um almoço com as lideranças dos pescadores, os pré-candidatos a prefeito, Verbena Macedo (PDT) e Manoelzinho do PT e demais participantes do evento.

Confraternização em Porto Franco

Ainda na sexta-feira, à noite, Valéria participou de uma confraternização dos servidores de várias secretarias do município de Porto Franco. “Aqui estão muitos dos companheiros que por alguns anos compartilhamos nossos esforços por uma prestação de serviços de qualidade à aqueles que buscam a gestão portofranquina. São profissionais dedicados que honram o seu mister, portanto muito me orgulha em estar aqui  confraternizando com todos eles”, disse Valéria.

Carnaval fora de época em Dom Pedro

No sábado e no domingo, Valéria esteve em Dom Pedro-MA, onde se reuniu com correligionários políticos e participou do Dom Fest Folia, carnaval fora de época que reúne pessoas de toda a região central do Maranhão, sendo juntamente com seu esposo Marco Aurélio e a prefeita Arlene Costa (PSD), uma das patrocinadoras oficiais do evento, realizado pelo festejado promotor de eventos daquela região, Thiago Palhares.

“Essas festividades são importantes para nossa população que em massa busca se divertir numa espécie de confraternização regional de final de ano. E nós, os políticos, temos que apoiar e participar”, disse Valéria em entrevista logo após ter sido chamada pela cantora Fabrícia (da Fabrícia  e Banda) para falar e manifestar os seus votos de natal e ano novo.

“A deputada Valéria Macedo muito nos honra com a sua presença e participação nos eventos de nossa cidade, onde temos como ilustre filho o seu esposo, o advogado  Marco Aurélio”, disse Arlene Costa informando que Valéria está disponibilizando emenda parlamentar para o município já nesse orçamento deste ano, sendo que em breve, após a sua concretização será devidamente divulgada.

“O município de Dom Pedro pode dizer que tem uma deputada, que não é filha daqui mais que tem laços familiares e afetivos com nossa cidade”, disse o advogado Marco Aurélio.
Na tarde de ontem Valéria retornou à São Luís, onde fica até o encerramento dos trabalhos da Assembléia Legislativa. (Da Assessoria)

São João do Paraíso-MA: Justiça recebe mais uma denúncia contra "Boca Quente"


Em sessão nesta segunda-feira (19), a 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça recebeu denúncias do Ministério Público Estadual (MPE) contra Raimundo Galdino Leite – prefeito afastado de São João do Paraíso em mais uma das tantas ações que já responde.
 “Boca Quente” – como é conhecido - foi denunciado pelo MPE sob a acusação de fornecer armas de fogo a três homens, que fariam sua segurança particular. Os três foram abordados por policiais militares, cada um portando uma arma de fogo, e afirmaram que funcionariam como a segurança armada do prefeito, que teria fornecido as armas.
O  prefeito negou as acusações, afirmando que a prática não deve ser imputada a ele, uma vez que não há provas de que teria fornecido o armamento. O relator, desembargador Joaquim Figueiredo, votou pelo recebimento da denúncia, pois a defesa do prefeito foi restrita aos fatos, que só podem ser verificados durante a instrução, sob pena de prejulgamento da demanda.( Fonre: Ascom/TJMA).



domingo, 18 de dezembro de 2011

Golpe no PDT do Maranhão: Clay Lago diz que está decepcionada com os rumos propostos pela Direção Nacional do partido


Companheira de primeira  hora de Jackson Lago, tendo todos esses  anos acompanhado a trajetória do PDT desde a sua criação, Clay Lago envia nesta segunda-feira uma dura carta à direção nacional da sigla brizolista.O teor da carta, um libelo histórico e de repúdio ás manobras  golpistas de um grupo que tenta se apoderar do partido, já está sendo divulgado na internet:
Clay Lago




Carta de Clay Lago à Executiva Nacional do PDT

Estamos num momento crucial para o nosso partido, tanto aqui como no Brasil.

Ou o PDT se volta aos seus princípios democráticos e trabalhistas, ou se afundará nas armadilhas da política convencional e fisiológica.

O PDT foi fundado após a perda da sigla do PTB para a Ivete Vargas, numa manobra que o intelectual pró-militar Golbery teve influência preponderante. Em 1982, pelos rigores da lei eleitoral, um partido político brasileiro deveria existir em 9 estados.

O PDT maranhense foi um dêles. Articulado por Jackson Lago e Neiva Moreira, teve a participação do jornalista Reginaldo Telles como candidato a governador e Clay Lago como candidata a senadora. Lembro-me, ainda hoje, das "operações formiga", nas quais íamos de casa em casa levando os panfletos e falando dos candidatos do PDT. 

Apesar de termos visitado quase toda a cidade de São Luis, o resultado foi desastroso pela cláusula do voto vinculado, que impunha o voto em todos os candidatos, de vereador a governador, de um mesmo partido.

Mas, o PDT cresceu, disputou a eleição de 1985, ficando em terceiro lugar. E, em 1988, numa aliança político-eleitoral com outras forças políticas, dentre elas as lideranças de Haroldo Sabóia e Jaime Santana, juntaram forças para a primeira vitória de Jackson Lago à prefeitura de São Luis. Um marco em nossa história política e eleitoral!

Foi uma administração de êxitos, a qual devolveu um certo sentimento de orgulho à população. Revitalizou-se muitos serviços e criou-se as condições de avançarmos nas áreas de educação, saúde e infra-estrutura.

Em 1998, Clay Lago foi candidata à vice-governadora, numa aliança eleitoral entre Jackson Lago-PDT, e o então candidato a governador, Epitácio Cafeteira.

É na condição de fundadora, militante, colaboradora em todos os momentos da vida política do PDT e companheira de Jackson Lago que, antes mesmo da fundação do partido, esteve engajada, sob a liderança histórica de Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e Neiva Moreira, entre outros, na construção desta legenda, venho manifestar minha preocupação e surpresa diante dos rumos que vem tomando a nossa vida partidária no Estado do Maranhão.
Jackson e Clay Lago
Sou testemunha do esforço realizado sob a liderança de Igor Lago, no sentido da reorganização do PDT no Maranhão, após o desaparecimento físico daquele que sempre conduziu, com determinação e compromissos, as causas populares e democráticas, particularmente no combate ao Maranhão oligárquico. Foram décadas de lutas travadas que legitimaram a legenda do PDT que, sob a liderança do Jackson, governou por três vezes a cidade de São Luís e o Estado, quando neste cargo foi retirado através de um golpe político-judicial. Não é, portanto, segredo para nenhum maranhense e nenhum brasileiro que Jackson teve que enfrentar todos os poderes constituídos da República para manter a coerência política e ética de sua vida. 

Portanto, após a constituição da Comissão Executiva Provisória Estadual, Igor, com os demais companheiros desta Executiva lançaram-se à tarefa que o Jackson, em reunião realizada em dezembro de 2010, havia atribuído a todos os seus companheiros: a reestruturação e reorganização do partido em todo o Estado do Maranhão. 

Assim foi instalado um processo democrático interno de criação de 211 Comissões Executivas Provisórias Municipais, entre os 217 municípios do Estado, destacando o fato que destas Comissões aproximadamente 50 já realizaram suas convenções e, legalmente, se constituíram em Diretórios.

Respeitando e preservando a memória do Jackson e a história do nosso partido, fundamentada sempre na sua democracia, venho expressar a minha profunda decepção com os rumos propostos pela Direção Nacional, na tentativa de intervenção do processo de construção democrática que até aqui vem sendo desenvolvido. Espero que a Direção Nacional do nosso partido não realize qualquer ato que se caracterize como atitude antidemocrática, preservando todos os compromissos até aqui assumidos.

Atenciosamente,

Clay Lago