domingo, 30 de junho de 2013

VALÉRIA MACEDO EM MONTES ALTOS-MA: DEPUTADA PARTICIPA DE SESSÃO DA CÂMARA, REÚNE-SE COM LIDERANÇAS RURAIS E VISITA HOSPITAL CASA ALÍVIO DO SOFRIMENTO

A deputada estadual Valéria Macedo (PDT), esteve na última sexta-feira (28/06), na cidade de Montes Altos-MA, ocasião em que foi recebida na Câmara de vereadores, reuniu-se com lideranças indígenas e presidentes de associações rurais e visitou o Hospital Casa Alívio do Sofrimento.


Logo pela manhã, Valéria participou na Câmara Municipal de Montes Altos, da última sessão da metade do período legislativo deste ano. Recebida pelo presidente da casa, vereador Aldefran Barbosa e pelo vereador Nil Gomes (PDT), Valéria fez uma espécie de prestação de contas do seu mandato, reafirmando seu compromisso com o município, o de continuar ajudando através de ações parlamentares que tragam benefícios, como a emenda que possibilitou o abastecimento de água no Assentamento Vale do Jordão, ainda no segundo ano de seu mandato, além de, através da Comissão de Saúde da Assembleia, continuar envidando esforços junto ao governo para a concretização do convênio com o município para o melhor funcionamento do Hospital casa Alívio do Sofrimento.


“O vereador Nil Gomes, as lideranças rurais e indígenas, são testemunhas de que sempre estamos atentos ás questões de Montes Altos, ajudando naquilo que é possível, tendo sempre o nosso gabinete aberto à disposição do povo de Montes Altos e de toda a região tocantina”, disse Valéria, agradecendo a maneira carinhosa com que foi recebida pelo legislativo monte altense.

Durante a sessão, quase todos os vereadores fizeram elogios à atuação parlamentar da deputada pedetista, além de ressaltarem a importância da emenda colocada pela deputada para o abastecimento d’água da comunidade Vale do Jordão, naquele município.

“Já tivemos em Montes Altos um grande apoio, por parte de Deoclides Macedo,  quando este foi deputado estadual. Agora estamos tendo a sua irmão Valéria Macedo, uma deputada que vem ajudando nosso município e temos certeza que através de suas ações na Assembleia teremos muitos benefícios, no que ficamos gratos  e compromissados com a continuidade de seu mandato”, disse o vereador Nil Gomes.

O presidente da Câmara, vereador Aldefran Barbosa, fez um requerimento assinado por todos os vereadores, solicitando que a deputada pleiteie junto à Centrais Elétricas do Maranhão – CEMAR, a construção de uma subestação de Energia Elétrica em Montes Altos, pois o município não dispõe de uma,  dependendo da Subestação de Sítio Novo, o que tem causado muitos problemas, inclusive impossibilitando a instalação de qualquer empreendimento empresarial que necessite de energia elétrica com maior força ou intensidade.

Por volta do meio dia, Valéria almoçou com lideranças indígenas e presidentes de associações rurais, quando foram debatidos assuntos envolvendo ações da deputada para liberação de Projetos Comunitários, que beneficiem os assentamentos e as Aldeias indígenas existentes no município, além de pleitear junto ao INCRA o assentamento de trabalhadores rurais que ainda se encontram dentro das áreas indígenas aguardando uma ação daquele órgão que lhes dê o direito de ter um pedaço de chão para cultivar pelo menos o sustento de suas famílias. A reativação dos projetos Programa Luz Para Todos também foi alvo de debate, já que muitos destes estão paralisados no município ou nem mesmo saíram do papel.

“Eles irão formar uma comissão para juntos irmos à busca de atendimento dessas reivindicações, sendo que algumas delas  já estão  encaminhadas e estamos aguardando um desfecho positivo”, disse Valéria mais uma vez colocando o seu gabinete em São Luís à disposição dos trabalhadores e lideranças indígenas para ajudar a encaminhar esses projetos e reivindicações.

Participaram do que a deputada classificou de “almoço de trabalho”, o ex-candidato a prefeito Ajuricaba Abreu (PDT) e os vereadores Nil Gomes,  Aristides Aguiar, Jeane, o ex-vereador Dimir Bandeira, entre outros vereadores  e lideranças políticas de Montes Altos.

Por volta das 14h00 Valéria fez uma visita ao Hospital Casa Alívio do Sofrimento, Na ocasião, acompanhada do presidente da câmara vereador Aldefran, e dos vereadores Nil Gomes, Aristides Aguiar, Zenira, Raimundo Firmeza, professor Magno, Naguin e o ex-vereador Dimir. 

No Hospital, Valéria e comitiva foram recebidos pela secretária de Saúde Kelly Cristina e por mais de 1 uma hora estiveram reunidos.


Recentemente reaberto pelo
município de Montes Altos, o Hospital Casa Alívio do Sofrimento ainda funciona em condições precárias, faltando aparelhos e equipamentos como por exemplo um aparelho de Raio X, sendo que a  maternidade só para faz parto normal, disponibilizando ao todo para comunidade apenas 13 leitos.

“Estamos aqui para, como deputada e presidente da Comissão de Saúde da assembleia, nos colocar a inteira disposição do município no sentido de lutar para acelerar a concretização do convênio com o estado, lutar por recursos suficientes para que o hospital
possa viabilizar o atendimento à Saúde da população monte altense com presteza e qualidade, ofertando no mínimo 30 leitos, realizando consultas, tratamentos, exames e cirurgias diversas, dentro das condições que sabemos que tem as instalações desse hospital, tão bem idealizado pelo saudoso Frei Aristides e a Igreja Católica, numa obra santa, que como o próprio nome já diz, visa buscar ‘aliviar o sofrimento’ e proporcionar saúde, principalmente para os mais necessitados”, disse Valéria, agradecendo a comitiva que o acompanhou e a gentileza com que foi recebida pela secretária de saúde Kelly Cristina e os demais funcionários do hospital.

sábado, 29 de junho de 2013

MARANHÃO É DESTAQUE NA ITÁLIA COM PROMOÇÃO DA EMBRATUR

Imprensa italiana destaca São João do MA, Lençóis Maranhenses e programa Turismo Sem Limites – ações promovidas na gestão de Flávio Dino na Embratur

O Maranhão foi mais uma vez destaque na imprensa internacional. Desta vez, as festas de São João foram destaque em jornais italianos após a visita de jornalistas estrangeiros ao estado. A iniciativa da Embratur, comandada por Flávio Dino, trouxe jornalistas da Europa para divulgar nos países de origem as festas características do povo maranhense.
“É um lugar que deve ser descoberto mais a fundo,” avalia o jornalista italiano correspondente do veiculo “Il turista”, que conheceu as festas juninas de São Luís no último final de semana. Fotos das cores das festas juninas vistas em São Luís foram apresentadas ao público italiano e as peculiaridades das danças, das músicas e da culinária maranhense têm sido destaque na imprensa internacional.

O jornalista destacou as belezas “incríveis” dos Lençóis Maranhenses e da cidade de Barreirinhas. “Um lugar totalmente extraordinário, de deixar sem palavras qualquer um que goste de explorar o mundo,” escreveu aos turistas italianos.

Flávio Dino avalia que a divulgação do São João internacionalmente e das riquezas naturais deve potencializar o turismo internacional durante a Copa do Mundo de 2014. A segunda visita de jornalistas guiados pela Embratur tem como objetivo despertar o interesse do público estrangeiro nas festas regionais, que poderão ser visitadas durante o período da Copa.

“Queremos que o Brasil seja também reconhecido internacionalmente por suas festas juninas. Por isso, convidamos diversos jornalistas da Europa, dos Estados Unidos e da América Latina para conhecer as diversidades dos arraiais brasileiros”, disse o presidente da Embratur, Flávio Dino.

A promoção dos eventos juninos foi coordenada pela Embratur em abril deste ano e discutida com representantes dos governos estaduais e capitais. Do Maranhão, apenas a prefeitura de São Luís enviou representante da Secretaria de Cultura e de Turismo.

Acessibilidade

O mesmo programa de divulgação do turismo brasileiro no exterior foi promovido pela Embratur em Fernando de Noronha. Desta vez, a ideia era incentivar o Programa Turismo Sem Limites, voltado para destino que tenham adaptação para receber portadores de necessidades físicas especiais.

O estímulo do turismo com acessibilidade é uma inovação da Embratur, pensada ainda no primeiro ano de gestão de Flávio Dino no Instituto Brasileiro de Turismo. A imprensa italiana que também visitou a ilha de Pernambuco tem dado amplo destaque ao conforto proporcionado aos portadores de necessidades especiais, que podem conhecer o Brasil com destinos adaptados para recepciona-los.

O Turismo Sem Limites está alinhado ao Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o Viver Sem Limites, lançado pela presidente Dilma Rousseff, em novembro do ano passado. O plano cria metas para melhorar ações estratégicas em quatro áreas: educação, saúde, inclusão social e acessibilidade.  

“Queremos fortalecer a ideia de que o Brasil é um destino turístico completo, inclusive proporcionando opções de ecoturismo e turismo de aventura para todos os públicos”, avalia o presidente da Embratur, Flávio Dino. “Além disso, nossa ação tem um efeito indutor, ao incentivar outros destinos a se capacitarem, visando os Jogos Paralímpicos do Rio, em 2016”.

3 bilhões de dólares na economia brasileira

Os estrangeiros que visitaram o Brasil este ano injetaram na economia brasileira mais de US$ 3 bilhões. Os dados foram divulgados hoje pelo Banco Central do Brasil, que anunciou a contabilidade de gastos de estrangeiros em nosso país de janeiro a maio. Os recursos injetam dinheiro diretamente na cadeia do turismo, que representa mais de 3% do PIB nacional.
Nos cinco primeiros meses deste ano, o gasto dos turistas estrangeiros no Brasil chegou a 3,020 bilhões de dólares. O valor supera em 0,38% o número registrado no mesmo período do ano passado, quando foram gastos cerca de US$ 3.009 bilhões.
Na série histórica dos últimos 10 anos, o acumulado janeiro-maio cresceu 220%. Em 2003, nos cinco primeiros meses, entraram US$ 943 milhões. Na comparação mês a mês, maio teve um crescimento de 208%: saltou de US$ 169 milhões em 2003, para US$ 521 milhões este ano  (Asessoria).

sexta-feira, 28 de junho de 2013

"PACOTÃO PELA MOBILIDADE" DE ROSEANA É REQUENTADO DE PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS DE 2010

Roseana Sarney
Pressionada pela população que foi às ruas para cobrar por melhorias na qualidade de vida, saúde, educação e saneamento básico do Maranhão, a governadora Roseana Sarney anunciou, em nota enviada pela Secom, um pacote pela melhoria da mobilidade urbana em São Luís.

As obras anunciadas pelo tal pacote nada mais são que uma remontagem de tudo aquilo que foi prometido durante a campanha da quarta eleição da governadora: Via Expressa, Avenida Metropolitana e Ponte do Quarto Centenário – com conclusão prevista para o ano passado, na festa dos 400 anos da capital.

No quesito infraestrutura, de tudo o que foi anunciado nos programas eleitorais de Roseana, apenas um trecho da Via Expressa foi entregue. Ainda assim por razões eleitoreiras e comerciais de interesse da oligarquia. A via, além de interligar os negócios do clã Sarney, também foi utilizada para tentar turbinar a candidatura do vice-governador Washington Macaxeira (PT) a prefeito.

Da Ponte do Quarto Centenário o governo do estado desistiu faz tempo. O nome do projeto foi remanejado para a Avenida do PAC Rio Anil, iniciada pelo governo Jackson Lago em 2008.

Às promessas não cumpridas de Roseana Sarney também se incluem os 72 hospitais do Saúde é Vida, que já consumiram mais de R$ 1 bilhão em recursos do estado e continuam sem qualquer previsão para a conclusão.

Os poucos hospitais entregues pelo governo estão se transformando em elefantes brancos no meio do nada, pela falta de condições dos municípios de manterem o seu funcionamento.

Relembre as promessas de Roseana em 2010:

CUIDADO COM O GOLPE DO "FALSO SEQUESTRO"

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil, tem recebido, nos últimos dias, novas denúncias de casos de falsos sequestros seguidos de extorsão, ocorridos na capital. O falso sequestro é um crime no qual indivíduos ligam para a vítima dizendo que um suposto parente está sequestrado, e a partir disso, exigem o depósito de certa quantia em dinheiro para poder ‘libertar o sequestrado’.
Diante desses fatos, a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) informa à população como se prevenir para não cair em golpes desta natureza, visando diminuir os índices de vítimas desse tipo de crime em São Luís e em cidades do interior.
Dados da Seic mostram que esse tipo de crime voltou a acontecer com bastante frequência nas últimas semanas. Em média são cerca de oito denúncias recebidas pela Seic. “Esse número representa apenas uma média, muitas pessoas caem no golpe, mas não levam o caso à polícia. Por conta disso, estamos novamente alertando a população sobre os riscos e como evitar para não se tornar mais uma vítima desse golpe”, avisou o delegado superintendente da Seic, Augusto Barros.
Em um dos últimos casos registrados na última quinta-feira (27), a vítima foi levada a acreditar que a esposa teria sido sequestrada, fato que o fez depositar a quantia de R$ 15 mil em uma conta bancária “laranja” repassada pelos autores do crime.
Normalmente esse golpe se inicia por uma ligação a telefones residenciais. O delegado Augusto explicou que, na maioria dos casos, isso acontece porque as casas não possuem identificador de chamadas e muitas vezes, os bandidos tentam ligar de números restritos ou usando alguma técnica que dissimulam o número, tornando-os incompletos. “Ligando para residência, quem atende é uma pessoa idosa ou um funcionário da casa, aumentando a margem de obtenção de informações sobre os ocupantes da casa, se passando por um amigo, um parente ou uma empresa de telemarketing”, disse o delegado, orientando que é necessário a pessoa ter muita cautela e calma para evitar cair nesse tipo de golpe.
Investigações policiais
Segundo levantamentos dos trabalhos investigativos da Polícia Judiciária, os autores do crime são presidiários oriundos em grande parte do estado do Rio de Janeiro e Ceará, que vão ligando números aleatórios, tem acesso a listas telefônicas e testam os números aplicando golpes. Posteriormente os criminosos exigem que o resgate seja entregue em determinado local ou depósito em conta, geralmente em poupança da Caixa Econômica Federal (CEF), abertas com documentação falsa. São algumas características comuns a esses crimes.
“O sotaque, na hora da suposta negociação, é outro fator que ajuda a identificar que é um golpe. Um cearense e um carioca não falam como alguém que vive aqui no Maranhão, além disso, os DDD 85 e 21 também são fatos que devem ser percebidos pela população”.
Alguns atos são sempre repetidos nestas ligações, entre eles, como perguntar se a pessoa tem filhos, pai ou mãe e se estes se encontram em casa. E para intimidar ainda mais a vítima, eles colocam uma pessoa chorando se passando pelo parente sequestrado, forçando o interlocutor a pagar rapidamente.
De acordo com Augusto Barros, o criminoso utiliza o estado emocional da família para concretizar o plano. Nesse momento, conforme o delegado, é que a vítima sem perceber, fornece informações sobre todo o grupo familiar. Por isso é necessário ter muito cuidado e manter a calma nessa hora. Os criminosos utilizam a lista telefônica para descobrir os números de telefones e endereços de possíveis vítimas.
O titular da Seic também recomenda que no caso de atender uma ligação desse tipo, nunca se deve passar informações, como por exemplo, do nome de algum familiar. “A pessoa deve tentar entrar em contato com o suposto sequestrado, enquanto continua na linha com o golpista, e imediatamente procurar a polícia, ao invés de levantar qualquer quantia”, acrescentou.
O delegado alerta ainda sobre informações pessoais postadas em redes sociais. Segundo ele, nas unidades prisionais, os criminosos têm acesso a aparelhos celulares com recursos mais avançados e eles acabam vasculhando perfis diversos.
A SSP vem mantendo constante contato com as Secretarias de Segurança de outros estados, e também com a Polícia Federal, cruzando informações para identificar e autuar estes criminosos. A inteligência policial tem desenvolvido várias ações para identificar os envolvidos, que consistem em uma das etapas, na quebra dos sigilos telefônico e bancário, por meio de ordem judicial. Quem for identificado cometendo o crime de extorsão pode pegar até 10 anos de detenção.
Dicas para prevenir falso sequestro
1. Mantenha a calma ao atender qualquer chamada que esteja relacionada a este crime. Esta medida ajuda a reconhecer se a ligação é verdadeira ou não;
2. Alerte todos os moradores de sua residência, principalmente idosos, crianças e funcionários a não fornecerem dados pessoais, como nomes, número de quantas pessoas reside no local, telefone ou hábitos sobre os moradores da casa. Estas informações podem ser utilizadas para o criminoso conhecer sua família;
3. Ao realizar a ligação, o criminoso sempre demonstra ter pressa em finalizar as negociações;
4. Tente prolongar a conversa com o suposto negociador, e enquanto isso se certifique que a ‘suposta’ pessoa sequestrada esteja bem. Para isso, utilize outro telefone celular e tente localizar o mais rápido possível a pessoa indicada no sequestro;
5. Se você cair no golpe, não deixe de prestar queixa na polícia. De posse de informações como o número de origem da chamada criminosa ou o número da conta em que o “resgate” foi depositado, a polícia pode identificar o criminoso e evitar que mais pessoas sejam vítimas. Em São Luís, a Seic fica localizada no Bairro de Fátima (antigo prédio da Rádio Timbira). Os telefones para contato são (98) 3214 8659 e 3214 8662, que também estão à disposição do cidadão;
6. A vítima pode manter contato ainda com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), pelo 190, ou com o Disque Denúncia (3223 5800 – capital e 0800 313 5800 – interior). (Jornal pequeno)

quinta-feira, 27 de junho de 2013

JUSTIÇA ACATA PEDIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO E SUSPENDE A CONCESSÃO DA VBL

Juíza Ana Lucrécia
A Juíza da Vara da Fazenda Pública de Imperatriz, Doutora Ana Lucrécia Sodré Reis, acatou no final da tarde desta quinta-feira (27/06), o  pedido de liminar da Promotoria do Consumidor e suspendeu a execução do contrato de concessão da empresa Viação Branca do leste - VBL, com o município de Imperatriz.

A decisão da magistrada  declara que a partir de agora a  VBL é  inidônea para  participar de qualquer licitação e ao mesmo tempo determina ao Município de Imperatriz que, em 10 dias, contrate precariamente outra empresa e instaure processo licitatório para escolha da nova substituta, sob pena de multa diária de R$100.000,00 (Cem mil reais).


"Por condutas e práticas como a da empresa VBL foi que a população brasileira foi às ruas e manifestou toda sua indignação, cansada de ser massacrada por serviços públicos de péssima qualidade, prestados diretamente pelas administrações ou pelos seus concessionários", diz a Juíza Ana Lucrécia.

O Município de Imperatriz ainda pode recorrer da decisão.

Clique no link e leia na íntegra a  decisão da juíza Ana Lucrécia.

COPA DO MUNDO: MINISTRO ALDO REBELO LAMENTA "OLHAR CRÍTICO" DA IMPRENSA SOBRE OS GASTOS

por Redação Comunique-se
 
Em entrevista coletiva realizada no Maracanã nesta segunda-feira, 24, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, falou sobre as vantagens da realização da Copa do Mundo e da Copa das Confederações no Brasil e lamentou a abordagem da mídia sobre o assunto. “Os meios de comunicação tiveram uma inclinação pelo olhar crítico, não pelos benefícios da competição". 

valcke-aldo-briefing-rio-size-598O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, falaram sobre os benefícios da Copa das Conferedações (Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo)De acordo com matéria da Veja.com, o ministro analisou a primeira semana da Copa das Confederações e apresentou os valores investidos em infraestrutura no país. Rebelo disse que não há dúvidas que as pessoas sentirão o impacto positivo em suas vidas. "É evidente que esses eventos não são disputados por tantos países por acaso".

O secretário-executivo do ministério, Luís Fernandes, pediu apoio da imprensa para divulgação dos dados sobre os gastos. "É muito importante que a mídia nos ajude a transmitir essas informações”, afirmou, esclarecendo que o dinheiro investido não está sendo tirados dos orçamento de saúde e educação públicas.

Questionado sobre o financiamento federal para obras em estádios, o ministro disse que a imprensa também é financiada pelos governos, tendo em vista que empresas e bancos estatais anunciam nos meios de comunicação.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

CURSO DE MEDICINA DE IMPERATRIZ PREVISTO PARA INICIAR NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2014



Deputada Valéria Macedo (PDT) - primeira a levantar essa bandeira na atual legislatura -   comemora o  anúncio para o início do curso.

MEC, UFMA e PREFEITURA discutem implantação de medicina em Imperatriz

Uma comissão de implantação do curso de medicina, representantes do MEC, da Universidade federal do Maranhão,UFMA e da Prefeitura Municipal de Imperatriz, reuniram-se nesta quarta-feira (26), pela manhã no campus da UFMA -Imperatriz para discutir as propostas de implantação do curso de medicina em Imperatriz e definir os aspectos pedagógicos e estruturais acerca das instalações no Campus Avançado, localizado próximo do bairro Bom Jesus. Ficou acertado que o início das aulas do curso está previsto para o 1º semestre letivo de 2014.


Estiveram presentes na reunião o diretor de Centro - campus Imperatriz, Marcos Fábio Belo Matos; representantes do MEC, Sandra Tibiriçá e Rui Souza; membros da comissão do curso de medicina de São Luís - Francisca Luzia Moreira de Araújo, Maria do Carmo Lacerda Barbosa e Maria do Rosário Fortes Braga; o coordenador de fiscalização de obras da UFMA César Braga, além da coordenadora do curso de Enfermagem de Imperatriz Cecilma Miranda e a professora de Enfermagem Rosimar Costa Penido; participaram também o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira; o representante do Hospital Municipal de Imperatriz Alysson Mota de Avelar e um representante do Hospital Materno Infantil, José Diniz.


Na tarde do dia 24, a comissão visitou as futuras instalações do prédio onde vai funcionar o curso de medicina, no campus avançado da UFMA no Bom Jesus, e saíram de lá satisfeitos. “São excelentes as estruturas das instalações; foram cuidadosamente elaboradas, bem pensadas; a Universidade Federal do Maranhão está de parabéns pela construção e pela iniciativa de trazer uma grande escola, e agregar valor ao município e ao sistema de saúde local”, afirma a representante do MEC, Sandra Tibiriçá.


A comissão visitou também unidades básicas de saúde do município, como o Centro de Saúde Milton Lopes, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III)  e o Posto de Saúde Maria Aragão.


Segundo o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira, a importância de um curso como o de medicina em Imperatriz é primordial para o desenvolvimento da cidade no campo da saúde “Numa escala de 1 a 10, a implantação de um curso como este é o maior sonho da cidade hoje" e reforçou o engajamento da prefeitura para a viabilização do curso "nosso engajamento é total", enfatizou.


Na reunião, a coordenadora do Curso de Medicina campus São Luís, Maria do Carmo Lacerda, destacou a qualidade da estrutura da rede de saúde municipal e da capacitação técnicas dos profissionais que ali trabalham. No momento seguinte, a pauta de discussão foi a importância de se qualificar os profissionais médicos, com formação em capacitação e também em mestrado, e de se qualificar os profissionais da rede que vão orientar os estudantes.


O Diretor do Campus, Marcos Fábio, fez um balanço de todo o encontro com a comissão de implantação do curso de medicina do Campus de São Luís, junto com os representantes da comissão do MEC e a coordenação do Curso de Enfermagem. “Pra nós é importante porque no curso de medicina, o aluno vai estar vinculado ao sistema de saúde municipal e estadual desde o primeiro período. Será feito metade na sala de aula e metade nas unidades básicas de saúde. Para nós de fato, essa resposta do governo, tanto municipal quanto estadual é fundamental pra que a gente possa então concluir os nossos trabalhos como UFMA e como comissão do MEC e possamos em 2014.1 ter a primeira turma de Medicina daqui da nossa Universidade", avalia.


Também está no planejamento da UFMA Campus Imperatriz a adoção, de um mestrado regular na área da saúde. (Assessoria).

 DEPUTADA VALÉRIA MACEDO COMEMORA ANUNCIO PARA O INÍCIO DO CURSO DE MEDICINA EM IMPERATRIZ

A implantação de um Curso de Medicina em Imperatriz, é uma antiga aspiração da segunda maior cidade do Maranhão, região tocantina e todo o Maranhão do Sul. Lideranças políticas de vários partidos, em diversos momentos nos últimos 20 anos sempre fizeram essa reivindicação. 

Mas, recentemente, nesta atual legislatura, a deputada estadual Valéria Macedo (PDT), foi a primeira a levantar essa bandeira, quando durante o grande expediente da sessão do dia 15 de março de 2011, ao estrear na tribuna da Assembleia Legislativa, apresentou uma indicação formal e fez um vigoroso discurso pedindo a governadora do Maranhão que buscasse em Brasília a concretização dessa aspiração do povo sul maranhense.

“Os filhos do sul e do centro do Maranhão deslocam - se principalmente para estudar medicina no Pará, no Tocantins e aqui em São Luís, que é distante e, às vezes, não têm condições realmente de se instalar aqui e fazer este curso”, portanto peço à governadora Roseana que envide esforços junto ao governo federal, para trazer para Imperatriz esse curso de medicina",  disse Valéria, apresentando uma verdadeira exposição de motivos para justificar tão importante pleito.

A governadora respondeu positivamente e em sua primeira viagem de trabalho a Brasília  apresentou a demanda ao então Ministro da Educação Fernando Haddad, o qual se comprometeu em adotar as medidas necessárias à implantação do curso no Campus da UFMA em Imperatriz. De lá pra cá as providências têm sido tomadas, embora lentamente. 

"Com essa reunião acontecida em Imperatriz e até a indicação da data para o início do curso, temos que  comemorar, pois a notícia é alvissareira e enche de alegria o coração de todos aqueles que até hoje sonharam com esse curso", disse Valéria por telefone ao editor desse blog, parabenizando o prefeito Sebastião Madeira e todos aqueles que estão envidados nos esforços para concretização do projeto de implantação do curso.

Veja mais sobre a luta da deputada pela implantação do Curso de Medicina em Imperatriz:
  
- Deputada pede Curso de Medicina e  Socorrão Regional para Imperatriz 

 Valéria Macedo faz indicações que beneficiam o sul do Maranhão - Deputada quer Escolas de tempo integral em Imperatriz e Açailândia, pavimentação e recuperação de rodovias na região e a vinda do Curso de Medicina para UFMA-Imperatriz.



Valéria Macedo pede apoio a Ricardo Murad para projetos dos Enfermeiros e implantação do Curso de Medicina em Imperatriz