sábado, 30 de maio de 2015

GOVERNO REALIZA I SIMPÓSIO SOBRE REDES DE ATENÇÃO E MORTALIDADE MATERNA,INFANTIL E FETAL DA REGIÃO SUL DO MARANHÃO

O evento contou com a participação do Secretário de estado da Saúde Marcos Pacheco, que ministrou a palestra “Políticas de Saúde no Estado do Maranhão e proposta para a Redução da Mortalidade Materna e Infantil”.

O Governo do Maranhão, através da Unidade Gestora Regional de Saúde de Imperatriz realizou nesta sexta-feira, 29/05, o I Simpósio  sobre Redes de Atenção e Mortalidade Materna Infantil e fetal da Região Sul do Maranhão,  evento voltado para  trabalhadores da saúde e gestores que se estendeu durante todo o dia, discutindo  as temáticas relacionadas aos índices de mortalidade no Estado, com  a participação do Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, da deputada estadual Valéria Macedo, do ex-prefeito de Porto Franco Deoclides Macedo, do prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira e de outros prefeitos e demais representantes da região, como de São João do Paraíso, Bom Jesus das Selvas, Amarante, João Lisboa, Porto Franco, Lajeado Novo, Buritirana, Estreito, Balsas e Campestre.

O primeiro palestrante, ainda no período da manhã, foi o Secretário de Estado da Saúde Marcos Pacheco, que abordou o tema “Políticas de Saúde no Estado do Maranhão e proposta para a Redução da Mortalidade Materna e Infantil”. Durante a sua apresentação o secretário falou do compromisso da nova gestão do estado em oferecer uma saúde de qualidade e de forma equânime a todos os usuários da saúde pública.


“Nós estamos aqui hoje não na condição de médico, mas de secretário de saúde do estado do Maranhão, com uma única finalidade, mostrar a vocês essa nova forma gestão,que é a de fortalecimento da atenção básica na saúde  para com isso reduzirmos o índice de mortalidade materna e infantil,que no Maranhão ainda é alarmante”, afirmou o secretário.

Segundo Marcos Pacheco essa tarefa será de todos, governo estadual, prefeituras, gestores e trabalhadores da saúde, na execução de uma nova política. “Não existem fórmulas mirabolantes, vamos desenvolver em conjunto, ações de combate à mortalidade infantil de maneira simples, apresentando as condições atuais do nosso Estado e de que forma podemos trabalhar na resolução do problema, bem como mostrar o aparelhamento que Estado disponibiliza a cada município e como cada um pode ter acesso a essa estrutura. Essa será uma tarefa nossa, uma responsabilidade compartilhada que vamos cobrar resultados”, disse.

Para Marcos Pacheco a prevenção da mortalidade materna e infantil começa com um bom pré-natal: “Pra fazer isso não precisa de nada sofisticado, é uma boa consulta de enfermagem, uma boa consulta médica... Eu até brinco dizendo que nós podemos usar o ‘tacape da medicina’, que é um tenciômetro, uma fita métrica e uma balança. Se a gente usar isso nós vamos avançar, mas precisamos acordar,  botar os pés no chão e de fato encararmos esse problema”, alerta Marcos Pacheco.

Em sua fala, representando os prefeitos da região, o prefeito Sebastião Madeira classificou como fundamental as discussões pertinentes ao assunto e parabenizou o governo através do secretário Marcos Pacheco e da nova gestora regional Iracilda Viana pela realização do encontro.

 “Estamos fazendo nosso trabalho em Imperatriz, por meio das Estratégias Saúde da Família, Nossos Agentes de Saúde, Programa da Saúde da Criança e do Adolescente e Programa Saúde na Escola entre outros órgãos que se articulam em conjunto na luta contra mortalidade infantil; mas este evento demonstra a preocupação da nova gestão do Estado em melhorar as condições dos serviços direcionados a esta questão dentro do Sistema Único de Saúde. Quero parabenizar a Dra. Iracilda e o secretário Marcos Pacheco pela iniciativa do evento e também pela prontidão em atender os municípios quando os procuramos para resolver questões pertinentes a saúde da nossa região”, ressaltou.

Temas e palestrantes do encontro:  

Políticas de Saúde no Estado do MA e Proposta para a Redução da Mortalidade Materna e Infantil com Marcos Pacheco; Redes de Atenção (RAPS/ONCO/DEF./RAU) com Ana Lúcia; Rede Cegonha – Uma Estratégia para a Redução da Mortalidade Materna Fetal e Infantil: Avanços e Desafios com Dra. Benta Lopes Silva; Mapeamento da Morbimortalidade Materna Fetal e Infantil no Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz com Dra. Soélia Ferrante; Situação da Mortalidade Materna no Estado do MA com Emanuelle Brasileiro; Estruturação e Organização dos Comitês/Comissões Técnicas de Vigilância de Óbito Materno, Fetal e Infantil no MA – Vigilância Estadual.


Durante o Simpósio foi apresentado um relato da Experiência de implantação e atuação no Núcleo Hospitalar de Epidemiologia e Comitê Hospitalar de Mortalidade Materno, Fetal e Infantil do Hospital Regional Materno Infantil e realizada também uma mesa redonda com o tema “Judicialização da Saúde” – Impacto na Assistência Materno Infantil, com  representante do Ministério Público, Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz e coordenadores das CIR’s da Região Sul do MA

quinta-feira, 28 de maio de 2015

ESTADO REÚNE PREFEITOS PARA INTERMEDIAR CONFLITOS TERRITORIAIS


Prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias dos municípios de João Lisboa, Senador La Rocque e Buritirana estiveram reunidos com o Governo do Maranhão, nesta quarta-feira (27), no Palácio dos Leões, para debater a respeito dos conflitos territoriais existentes entre as cidades. Comandada pelo secretário de Assuntos Políticos e Federativos (SEAP), Márcio Jerry, a reunião abriu diálogo para acordo do imbróglio que dura mais de 20 anos.

Segundo relatos dos prefeitos e lideranças dos municípios, o conflito existente na região há 21 anos vem desencadeando uma série de problemas para a população, como fechamento de escolas e postos de saúde. O secretário Márcio Jerry explicou que o governo Flávio Dino continuará dando total apoio para que, independente de qualquer divergência territorial, a população possa contar com todos os serviços públicos. 

“A questão principal, na ordem de hierarquia, é a população. Já há emanada uma diretoria para examinar de perto a situação e dar atenção especial àqueles relativos à educação e saúde”, esclareceu Jerry. 

O secretário ressaltou que o Governo garantirá total suporte no que diz respeito ao alinhamento jurídico do problema, e criará uma comissão de trabalho integrada pela SEAP, com o prefeito de João Lisboa, Jairo Madeira, Senador La Rocque, Francisco Nunes, e Buritirana, Vagtônio Brandão, no intuito de buscar encaminhamentos de um acordo quanto aos conflitos existentes entre os municípios. 

De acordo com o prefeito de João Lisboa, a reunião foi importante para a solução dos impasses da indefinição dos limites desses três municípios. “Fiquei satisfeito com o resultado final da reunião aonde se criou uma pauta para resolver os problemas. Quero parabenizar essa iniciativa e acredito que a gente vai chegar a um denominador comum tendo o Governo do Estado como mediador”, ressaltou Jairo Madeira. 

Márcio Jerry destacou que o diálogo entre Governo, prefeituras, câmaras municipais e sociedade em geral será essencial para a solução dos conflitos existentes na região. “A participação do governo na mediação deste conflito não será episódica, pontual e fragmentada. Nós vamos acompanhar dialogando com cada um dos três prefeitos permanentemente para que a gente possa ir encontrando soluções para este problema”, finalizou o secretário.

Além dos prefeitos de João Lisboa, Senador La Rocque e Buritirana, dos vereadores e lideranças políticas e comunitárias dos três municípios, participaram da reunião com a SEAP os deputados Léo Cunha, Antônio Pereira e Valéria Macedo. (Secom)

REVOLTA E COMOÇÃO COM A MORTE DO TAXISTA EURICO NERES.

Muita revolta e comoção em imperatriz, com mais um crime bárbaro em nossa cidade. O assassinato do taxista Eurico Neres, profissional querido por todos que o conheciam, mais um pai de família vítima da crueldade daqueles que não tem alma e vivem para fazer o mal.

A polícia Civil já concluiu que o taxista Eurico Neres da Costa e diz que ele  foi morto com um tiro na cabeça e foi executado no sábado, o mesmo dia em que ele desapareceu. As informações são do delegado regional, Eduardo Galvão, após o exame de necropsia realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz. O corpo do taxista foi achado no fim da tarde desta quarta-feira (27).

“O tiro foi dado à "queima roupa", ou seja de perto e  não há vestígios de que tenha tido uma luta corporal ou alguma tentativa de defesa da vítima”, afirma o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, a polícia trabalha com duas linhas de investigação no crime. Uma é de latrocínio, que é roubo seguido de morte, já que o carro do taxista ainda não foi encontrado. A outra linha, segundo o delegado, é que tenha mais uma pessoa envolvida no crime além do passageiro que Eurico pegou na parada de ônibus. A suspeita é que o taxista possa ter presenciado alguma negociação e foi morto como queima de arquivo.

“Suspeitamos que a bolsa que esse passageiro levava podia ser drogas para uma negociação no setor da Lagoa Verde e o taxista tenha presenciado ou visto essa negociação. Ao que tudo indica ele foi levado para o local onde foi encontrado o corpo na esperança de não ser feito nada de mal contra ele, mas não foi isso que aconteceu”, afirma o Eduardo Galvão.

A polícia também já tem o nome de um suspeito e vai retornar nesta quinta-feira ao local onde o corpo foi encontrado para tentar encontrar mais alguma pista que possa ajudar na elucidação do crime.

“A meta agora é pedir a prisão preventiva desse suposto passageiro, que já foi identificado, e tentar prendê-lo. E vamos retornar ao local do crime para aproveitar o claro do dia para ver se encontramos mais algum vestígio. Vamos investigar a participação dessa segunda pessoa também”, garantiu o delegado regional.

A polícia tem a informação de que o carro do taxista estaria sendo utilizado em assaltos a bancos em um Estado vizinho, mas nada foi confirmado ainda. 

Sepultamento

O corpo de Eurico Neres está sendo velado na sede do Sindicato dos Taxistas, na Rua Rio de Janeiro, entroncamento e seu sepultamento está marcado para agora  as 11 horas, devido ao seu avançado estado de decomposição. (Texto editado de Alan Milhomem).

quarta-feira, 27 de maio de 2015

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL PRENDE QUADRILHA QUE DESVIOU R$34 MILHÕES DA UNIVIMA

A operação Cayenne, da Polícia Civil do Maranhão, comandada pela Superintendência de Combate à Corrupção, prendeu, na manhã de hoje (27) uma quadrilha que desviou R$ 34 milhões da Universidade Virtual do Maranhão.
Foram expedidos seis mandados de prisão, sendo que quatro já foram cumpridos. 
A Univima, na gestão anterior, era comandada por Olga Simão, amiga da ex-governadora Roseana Sarney. 
A operação apura desvios estimados em R$ 34 milhões da Universidade Virtual do Maranhão – Univima e prendeu temporariamente quatro pessoas: Paulo Giovanni Aires Lima, administrador; Jose de Ribamar Santos Soares; Inaldo Damasceno Correa e o empresário Valmir Neves Filho.
fdtwitter2
Também foram apreendidos carros, muitas jóias, relógios de luxo, em buscas e apreensões em mansões na cidade de são Luís.
Em sua conta pessoal do twitter, o Governador Flávio Dino afirmou que agora, passo a passo são esclarecidas a direta relação entre a corrupção da oligarquia e a pobreza do Povo do Maranhão. “Hoje a Polícia, o Ministério Público e o Judiciário podem cumprir seus papeis livremente, sem engavetamentos e pressões coronelistas”, completou.      (Maranhão da Gente).

EX-PRESIDENTE DA CBF ESTA DETIDO NA SUIÇA POR CORRUPÇÃO, DIZ BBC

A caixa de pandora da Federação Internacional de Futebol está aberta. Na manhã desta quarta-feira, membros do alto-executivo da Fifa acabaram detidos no Baur au Lac Hotel, em Zurique, onde se encontravam para o congresso anual da entidade. De acordo com oNY Times, um dos acusados de corrupção que serão investigados pelo FBI, líder da operação, é o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin.

Autoridades suíças envolvidas no caso, segundo o jornal americano, apontaram o antigo mandatário da entidade brasileira como um dos acusados de colaborar com as práticas ilegais na Fifa, as quais agrupam acusações de corrupção nas últimas duas décadas, fraude eletrônica, lavagem de dinheiro e fraude em eleições para a escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022.

As informações recentemente divulgadas apontam Marin entre os acusados de corrupção ao lado de outros nomes importantes do futebol mundial como Nicolás Leoz, antigo presidente da Conmebol. Julio Rocha, dirigente máximo da Federação Nicaraguense de Futebol; Rafael Esquivel, mandatário da Federação Venezuelana.

Anteriormente, dirigentes importantes como Jeffrey Webb das Ilhas Cayman, vice-presidente da comissão executiva da Fifa e mandatário máximo da Concacaf; Eugenio Figueredo, uruguaio, ex-presidente da Conmebol; e Jack Warner, de Trinidad e Tobago, um ex-membro do comitê executivo acusado de numerosas violações éticas, foram apontados pelas fontes como parte dos investigados.

Já Eduardo Li, oficial costarriquenho da Fifa, é um dos detidos no hotel suíço, segundo as informações divulgadas pelo NY Times. 

Segundo a reportagem, as acusações do FBI abordam duas décadas de corrupção na entidade máxima do futebol mundial, incluindo eleições para definir sedes de Copa do Mundo, além de contratos de marketing e transmissão dos jogos da principal competição da modalidade.

A polêmica eleição do Qatar para receber o Mundial de 2022 centra as investigações das autoridades americanas, de acordo com a ABC, pleito no qual os Estados Unidos buscavam o direito de receber o torneio - portanto, o cerne da investigação deverá levar os acusados para o país. 

José Maria Marin comandou a CBF entre os anos de 2012 e 2015, quando Marco Polo Del Nero, candidato apoiado por ele, venceu a eleição para comandar a entidade máxima do futebol brasileiro. Del Nero assumiu o cargo de dirigente mais importante da modalidade e substituiu Marin em 16 de abril desse ano.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO CRIA COMISSÃO ESTADUAL DE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA NO CAMPO E NA CIDADE

O Maranhão sai na frente de muitos estados da Federação, pois ainda são poucos os que têm uma comissão que trata de forma institucional, ouvindo o Poder Público Estadual e Sociedade Civil, sobre conflitos no campo.

Foi sancionada, nesta terça-feira (26), pelo governador Flávio Dino, a lei de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a criação da Comissão Estadual de Prevenção à Violência no Campo e na Cidade (COECV). Elaborado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), em conjunto com outros órgãos governamentais e entidades da sociedade civil como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), a lei segue a política do governo Flávio Dino, para ampliar a garantia dos direitos humanos e mediar os conflitos fundiários no campo e na cidade.
“Esta Lei é fruto da articulação e atuação conjunta entre Secretarias de Estado e organizações da Sociedade Civil que militam pela reforma agrária e o direito à moradia”, disse o governador Flávio Dino ao sancionar a Lei. 
O secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, destacou a relevância da comissão. “A comissão possibilita um acompanhamento e monitoramento institucionalizado em situações de conflito e cria as condições para mediar os conflitos sociais, urbanos e rurais pela posse da terra”, afirmou.  
Aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa, no último mês de abril, a lei prevê que compete a COECV receber denúncias sobre quaisquer ameaças, atentados e atos de violência extrajudicial em conflitos agrários; estimular o diálogo e a negociação entre os órgãos governamentais e a sociedade civil organizada, com o objetivo de alcançar soluções pacíficas nos conflitos fundiários e agrários; desenvolver estudos, projetos e ações coordenadas com vistas a prevenir, combater e erradicar a violência no campo e na cidade; avaliar as medidas necessárias a serem adotadas em ações possessórias coletivas e reivindicatórias, inclusive dialogando com o  Ministério Público e o Poder Judiciário e, ainda, sugerir medidas para agilizar o andamento dos processos administrativos e judiciais referentes à regularização fundiária urbana e rural. 
O Maranhão sai na frente de muitos estados da Federação, pois ainda são poucos os que têm uma comissão que trata de forma institucional, ouvindo o Poder Público Estadual e Sociedade Civil, sobre conflitos no campo. A Comissão de Prevenção a Violência no Campo e nas Cidades contempla a presença de representantes de várias secretarias do Governo do Estado, como a Secretaria de Direitos Humanos, Polícia Militar, Ministério Público, Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), e representantes da Sociedade Civil. 
Segundo o secretário adjunto de Direitos Humanos, Igor Almeida, a Sedihpop atua em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública e outros órgãos do Estado e instituições da sociedade civil para prevenir os conflitos agrários. “A Comissão Estadual de Prevenção à Violência no Campo e na Cidade trabalha de forma coletiva, orgânica e sistêmica com o objetivo de acelerar o processo de regularização fundiária no Estado, a partir de dados e informações fornecidas pelas entidades e evitar a ocorrência de conflitos e violência no cumprimento de decisões liminares de reintegração de posse”, explicou o secretário. 
Estatísticas de reintegração 
Conforme a planilha elaborada pela Secretaria de Segurança Pública, em janeiro deste ano, foram contabilizadas 65 ordens de reintegração de posse no interior do estado. Já na região metropolitana 124 casos foram registrados, sendo que 69 somente no município de São José de Ribamar,número que supera as reintegrações no interior do Maranhão. Na capital, as reintegrações somam o valor de 35. Deste total de 124 casos registrados na região metropolitana, 44% estão sendo estudados pela Secretaria de Segurança que precisa se inteirar das regiões, saber o quantitativo de policiais que serão enviados ao local e a estratégia que será utilizada. Já 33% dos casos estão em fase de execução de reintegração de posse por parte da secretaria de segurança. Fonte: Secom - Texto: Vanessa Moreira.

terça-feira, 26 de maio de 2015

REDUÇÃO DE VÔOS NO AEROPORTO DE IMPERATRIZ: DEOCLIDES MACEDO ESTEVE COM O MINISTRO DA AVIAÇÃO CIVIL E PEDIU PROVIDENCIAS


Empresários, autoridades e representantes da sociedade civil organizada vão discutir nesta quarta-feira a questão da suspensão ou exclusão de vôos de Imperatriz por parte da TAM Linhas Aéreas e tentar definir uma solução favorável para passageiros do transporte aéreo da região. 

O encontro, convocado pela Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), também deve contar com a participação de um representante da Infraero. A reunião está marcada para esta quarta-feira (27), às 19h, no Palácio do Comércio. 


Segundo a ACII, o evento traduz a apreensão da sociedade imperatrizense com os prejuízos causados ao dinamismo econômico pela retração das empresas aéreas, uma vez que a retirada de vôos amplia as dificuldades existentes no transporte aéreo na região, além de retardar o processo de crescimento da cidade. 


No início do mês, o ex-presidente da Câmara de Municipal, vereador Hamilton Miranda (PSD), pediu a atenção dos colegas parlamentares para a redução dos voos da empresa TAM no aeroporto Renato Cortez Moreira. Segundo ele, além de diminuir os voos, o preço das passagens também tem aumentado muito, principalmente, no trecho Imperatriz-São Luís. 




COMO DEPUTADO, DEOCLIDES MACEDO SOLICITOU RETORNO DOS VÔOS QUE FORAM RETIRADOS E PROVIDÊNCIAS PARA MELHORAR AEROPORTO DE IMPERATRIZ 


No curto período de 40 dias em que ocupou uma cadeira de deputado federal, o ex-prefeito de Porto Franco, Deoclçides Macedo (PDT) tratou desse assunto em audiência com o Ministro Elizeu padilha, da Sevretaria Nacional de Aviação Civil-SAC.

A solicitação de Deoclides ao ministro Padilha foi para que este interceda junto à TAM pela manutenção dos quatro vôos que faziam a rota Imperatriz/São Luís, sendo os vôos 3572 (todos os dias da semana as 22:00h), 3573 (todos os dias da semana as 06:00h), 3552 (aos sábados e domingos as 12:45h) e 3553 (aos sábados e domingos as 15:03h). 

“Consideramos que a manutenção das referidas rotas traria grandes benefícios aos munícipes da segunda maior cidade do Maranhão e as cidades vizinhas, continuando a ampliar o acesso da população brasileira ao usufruto do transporte aéreo, além de estimular o desenvolvimento econômico e o turismo dentro de nosso estado, no que solicitamos o apoio do ministro para o retorno desses vôos,seja pela TAM ou por outras empresas aéreas, como a Azul e a Gol”, afirmou Macedo. 

Na oportunidade, além de solicitar um intervenção do órgão no sentido de que sejam restabelecidos os vôos, Deoclides requereu melhorias no sistema de navegação do aeroporto de Imperatriz. 

“Entregamos nas mãos do ministro uma solicitação para que este envide esforços no sentido de dotar o aeroporto de Imperatriz de um moderno sistema de navegação aérea. A falta de estrutura da navegação por aparelhos provoca freqüentes atrasos de vôos, tanto na decolagem quanto na aterrissagem, além dos transtornos causados em períodos chuvosos, dentre outras tantas dificuldades atreladas principalmente à segurança dos vôos”, disse Deoclides. 

Segundo Deoclides, o ministro Elizeu Padilha ouviu as reivindicações e prometeu no mais curto espaço de tempo se inteirar melhor sobre elas e buscar soluções, mas segundo ele,  o encontro promovido pela classe empresarial de Imperatriz só reforça ainda mais o pleito.

“Ele foi muito receptivo e agora, com o apoio da ACII, temos certeza que vai tomar providencias para atender esses dois pleitos que são justos e trarão enormes benefícios à nossa população” acredita Deoclides.

O presidente da ACII, Jairo Almeida, enviou convite à Deoclides para participar do encontro,em reconhecimento da importância do pleito que este fez ao Ministro da Secretaria de Aviação Civil quando no exercício do cargo de deputado federal, mas em virtude de compromissos inadiáveis na capital disse que não poderá se fazer presente.

'LAVA-JATO": NESTOR CERVERÓ ÉCONDENADO A CINCO ANOS POR LAVAGEM DE DINHEIRO

Link permanente da imagem incorporada
O juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró a cinco anos de prisão por lavagem de dinheiro. De acordo com a sentença, o ex-diretor comprou um apartamento no Rio de Janeiro com recursos oriundos de uma empresa offshoredirigida por ele, segundo a acusação do Ministério Público Federal (MPF). Cerveró está preso preventivamente desde o dia 14 de janeiro.
De acordo com investigadores da Operação Lava Jato, parte da propina recebida por Cerveró, durante o período em que ocupou o cargo de diretor da Petrobras, foi procedente do exterior, por meio de empresas sediadas no Uruguai, na Inglaterra, na Espanha e na Suíça. Como prova do crime de lavagem de dinheiro, o MPF citou a compra de um apartamento avaliado em R$ 7,5 milhões, no Rio, por meio da empresa Jolmey do Brasil, criada para ocultar o dinheiro recebido pelo ex-diretor.
“Nestor Cerveró não logrou explicar de maneira convincente porque declarou no inquérito o pagamento de R$ 8 mil reais mensais de aluguel e ainda alterou a versão anterior dos fatos, agora, alegando que, em 2012 e 2013, não mais teria pago aluguéis, mas apenas valores de condomínio e garagista, o que não faz muito sentido já que os pagamentos constam, na declaração de rendimentos, como tendo sido feitos à Jolmey [empresa de fachada]”, argumentou Moro.
Na ação penal, a defesa de Cerveró alegou que ex-diretor era apenas o locatário do imóvel e que o valor do aluguel foi reduzido por conta de reformas realizadas por ele. ((Fonte: Congresso em Foco).

GOVERNO DO ESTADO VAI IMPLANTAR DELEGACIA EXCLUSIVA PARA CUIDAR DA PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM IMPERATRIZ

O anúncio está sendo comemorado, pois a criação de uma DPCA é uma antiga reivindicação da comunidade imperetrizense.



No dia 29 de maio o secretário de estado da Segurança Pública, Jeferson Portela estará em Imperatriz e entre outros assuntos na área da segurança pública vai tratar também dos procedimentos para implantação da delegacia de proteção á criança e ao adolescente - DPCA. A informação partiu do deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB), anunciando que providências nesse sentido já estão sendo tomadas pelo governo.

Segundo o parlamentar, que comemora o feito - porém antes já solicitado na gestão passada quando da vinda da CPI da violência contra a mulher à Imperatriz - , enaltecendo "a sensibilidade do governo do governador Flávio Dino, em garantir essa vitória para as crianças da região Tocantina": 

“A vitória é de todos que participaram dessa luta, mas, acima de tudo, daqueles que não podem se defender e precisam de um estado forte, que garanta direitos e promova a justiça social. Parabenizo a todos pela luta constante e ao governo do estado por atender a uma demanda que há muitos anos desafiava a paciência dos cidadãos. É a efetivação de direitos”, disse o parlamentar

O juiz titular da Vara da Infância, Delvan Tavares, também destacou a importância da conquista: “Trata-se de uma relevante conquista para a cidade de Imperatriz e região, na medida em que se aprimoram as investigações, com maior celeridade, aumentando as chances de punição do agressor, o que terá repercussão na prevenção desse crime. Mas, acima de tudo, atende-se a casos de direitos das vítimas crianças e adolescentes, que serão tratadas com prioridade, de forma reservada, resguardando sua intimidade, vida privada e dignidade. Imperatriz vai receber o que já merecia há muito tempo”.

Clayton Noleto, secretário estadual de Infraestrutura, que participou da ação de mobilização junto ao secretário de Segurança, reforça a importância dessa resposta. “Importantíssima a viabilização da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente. É mais uma comprovação concreta da priorização ofertada pelo governo Flávio Dino à dignidade da pessoa humana - principalmente para aqueles que mais precisam. Igualmente, demonstração de respeito, sensibilidade e atenção com a região Tocantina. Na condição de filho de Imperatriz e participante do governo FD, sinto-me orgulhoso e feliz de fazer parte de mais essa luta, juntamente com todos que a construíram”.

Vereadores de Imperatriz também destacaram a conquista. “Considero de extrema importância a incisiva atuação do deputado Marco Aurélio junto ao governador Flávio Dino para que a DPCA se torne uma realidade em Imperatriz. Num momento em que a cidade e o país se mobilizam para fortalecer a rede de proteção à criança e ao adolescente, a delegacia especializada se faz uma conquista grandiosa de toda a sociedade”, afirmou Carlos Hermes Ferreira.

“Uma conquista histórica, que demonstra a sensibilidade desse novo governo, pois atende a um sonho de décadas da população de Imperatriz e, sem dúvida, auxiliará a Justiça a combater crimes infanto-juvenis”, destacou o vereador Adonilson Lima. (Texto editado da assessoria).

Em tempo: Não se pode deixar de lembrar as várias cobranças feitas pela deputada estadual Valéria Macedo (PDT), que durante a legislatura passada fez discursos e indicações nesse sentido, desde que aqui esteve juntamente com a então deputada estadual durante os trabalhos da CPI que apurava casos de violência contra a mulher, que acabou diagnosticando que a atual secretaria da mulher não poderia continuar atendendo ao mesmo tempo os casos de violência contra crianças e adolescentes numa mesma delegacia. 

PREFEITA DE AÇAILÂNDIA É AFASTADA DO CARGO E VAI RESPONDER POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA


A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) determinou, por unanimidade, o afastamento da prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos, acusada de uso indevido de bens públicos.

No mesmo julgamento, foi determinado o afastamento do secretário de Obras, Wagner de Castro Nascimento. A Câmara, também, decidiu pelo encaminhamento da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ao vice-prefeito da municipalidade, Juscelino Oliveira e Silva.

Os desembargadores João Santana (relator), e os desembargadores Raimundo Melo e José Bernardo Rodrigues acompanharam, parcialmente, o pedido do Ministério Público do Maranhão (MP-MA), formulado pelo procurador de Justiça, Eduardo Jorge Heluy Nicolau, acatando o afastamento e negando o pedido de prisão.

Ao proferir o voto acompanhando o relator do processo, o desembargador Raimundo Melo citou que a prefeita já responde a outras ações criminais tipificadas.


ENTENDA O CASO

Consta no processo, que vídeos foram encaminhados à Promotoria de Justiça da Comarca de Açailândia com imagens que mostravam a utilização de profissionais e máquinas do Município na fazenda Copacabana de propriedade da gestora e de seu companheiro, Dalvadisio Moreira dos Santos. Entre os serviços citados foram incluídos o melhoramento em estrada que somente dá acesso a nova sede da propriedade.

Na Ação de Improbidade Administrativa proposta pelo Ministério Público, também, é destacado que os serviços foram utilizados por cerca de 30 dias. Os serviços de mão de obra e das máquinas foram avaliados em R$160 mil. (Imirante).

quarta-feira, 20 de maio de 2015

PROCON DIVULGA RANKING DE POSTOS DE COMBUSTÍVEL QUE PRATICAM MENORES PREÇOS

A lista será publicada toda terça-feira nas redes sociais



A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), iniciou a divulgação do ranking dos postos que cobram o menor valor pelo combustível em São Luís, Caxias, Codó, Imperatriz e Itapecuru. A lista será publicada toda terça-feira nas redes sociais do órgão (instragram: @proconmaranhao, twitter: @proconmaranhao e facebook: Procon Maranhão), constam valores de gasolina, etanol e diesel.

De acordo com o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior, a pesquisa é formada por intermédio de fiscalizações realizada pelos agentes do órgão, envio de relatório semanal por parte dos empresários que exercem essa atividade, dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e, também, pelo encaminhamento de fotos realizado pelos consumidores. 

“Acreditamos que o consumidor é o lado mais forte da relação de consumo, pois ele detém o poder de compra. Ele escolhe como, onde, quando e o que comprar. Por essa razão, realizamos essa pesquisa de preço para subsidiar o consumidor a exercer melhor o seu poder de compra. Por isso, pedimos que o consumidor abasteça nos postos onde há a comercialização deste produto com o menor valor”, pontuou. 

O diretor destacou, ainda, que estes postos estão passando por inspeções de qualidade do produto e que na hora de abastecer o carro, seja com gasolina ou etanol, o consumidor deve ter alguns cuidados. “O teste de qualidade do produto é obrigatório e verifica o excesso de álcool na gasolina e pode ser solicitado em qualquer ocasião. É importante também exigir sempre o comprovante de pagamento (nota fiscal), pois este documento será importante caso tenha algum problema e necessite reclamar”, informou. (SECOM)

OPERAÇÃO LEI SECA DO DETRAN-MA APREENDE CENTENAS DE VEÍCULOS NO INTERIOR DO MARANHÃO

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran) intensificou as ações de fiscalização do órgão no interior do Estado, no fim de semana. As atividades compreendem a terceira etapa da Operação Lei Seca, que desta vez, começou pela Região dos Cocais, nas cidades de Coroatá e Codó, onde o trânsito já é municipalizado. 

No município Codó, a operação contou com o apoio da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), por meio da Companhia Militar Rodoviária (CPRVd Ind.). Em Coroatá, além da PM, a equipe do Detran teve o apoio da Guarda Municipal e do Departamento Municipal de Trânsito. Nas operações realizadas nas duas cidades, 109 motos foram apreendidas. 

Em Codó, segundo dados do Detran a frota é de 19.511 veículos, na sexta-feira (15) e no sábado (16), foram feitas 320 abordagens e lavrados 179 autos de infração. Durante as fiscalizações realizadas nas Avenidas Vitorino Freire e Cristóvão Colombo, dos 217 veículos removidos, 175 eram motos, a maioria dos condutores foi flagrada dirigindo sem habilitação e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

No teste do etilômetro, conhecido como bafômetro, a Operação Lei Seca, flagrou quatro condutores em situação de crime, quando a quantidade de álcool no sangue ultrapassa 0,34 miligramas. Os motoristas que dirigiam sob o efeito de álcool foram autuados em flagrante e conduzidos para a delegacia do município. 

Em Coroatá, município que fica a 247 km da capital São Luís e cuja frota estimada pelo Detran é de 9.041 veículos, cerca de 70,42% são motocicletas. Durante a fiscalização, ocorrida no domingo (17), a equipe da Blitz Lei Seca fez 250 abordagens, 182 veículos irregulares foram removidos, sendo 132 motos. Destes, 71 condutores não eram habilitados, 29 veículos não possuíam o licenciamento obrigatório, e dois não tinham, sequer, registro no sistema. Quanto ao teste do etilômetro, apenas dois condutores se recusaram a fazer, os demais zeraram o bafômetro. 

De acordo com o diretor geral do Detran, Antonio Nunes, um dos grandes problemas encontrados no interior do estado é a informalidade dos condutores, principalmente, os motociclistas. “A Blitz da Lei Seca tem caráter educativo, nosso objetivo é diminuir o número de acidentes no trânsito. No interior, muitos motociclistas não são habilitados e as motos não têm documentação regular. Isso é um problema sério que demonstra a falta de consciência e de preocupação das pessoas com as leis de trânsito e a consequência disso, é o alto índice de acidentes e mortes”, explicou Antonio Nunes.

As ações de interiorização da Lei Seca terão continuidade. Nos próximos dias estão previstas operações nas cidades de Itapecuru, Chapadinha e Brejo.

São Luís

Na capital, no sábado (16), a equipe da Operação da Lei Seca, do Detran, em parceria com Polícia Rodoviária Estadual (CPRV) e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), realizou 130 abordagens, cinco carros e uma motocicleta foram removidos para o pátio do Detran, e 12 condutores se recusaram a fazer o teste do etilômetro.

terça-feira, 19 de maio de 2015

GOVERNO CONTINUA AGINDO CONTRA A AGIOTAGEM: EX-PREFEITO E EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DE BACABAL E MAIS DUAS PESSOAS SÃO PRESAS EM NOVA OPERAÇÃO


Foi apresentado, na tarde desta terça-feira (19), o relatório parcial da quarta operação deflagrada somente em 2015 pela Polícia Civil no combate ao crime de agiotagem envolvendo prefeituras do Maranhão. Nesta etapa, o alvo foi a Prefeitura de Bacabal. Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e um de condução coercitiva. 
Ex-prefeito Lisboa
Foram presos o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Nonato Lisboa; o ex-presidente da Câmara dos vereadores de Bacabal, Manoel Moura Macedo; o ex-presidente da Comissão de Licitação, Aldo Araújo de Brito; e o dono de uma distribuidora de medicamentos, Francisco de Jesus Silva Soares. Também, foi cumprido um mandado de condução coercitiva em desfavor da ex-secretária Municipal de Cultura de Bacabal, Maria do Carmo Xavier. Todos foram conduzidos à sede da Seic. 
O resultado da operação foi apresentado em coletiva de imprensa, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP). Participaram da coletiva, o delegado geral, Augusto Barros; o adjunto da Polícia Civil, Lawrence Melo; e o promotor de Justiça do Ministério Público, Valentim Pinheiro. 
Ex-presidente da Camara Manoel
Moura

A operação é coordenada pela Comissão de Investigação de Agiotagem, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), com apoio do Grupo de Atuação Especial no Combate a Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público. Iniciada na terça-feira (19), a operação foi denominada ‘El Berite’, nome hebraico, que significa ‘Deus de Concreto’, em alusão a uma das empresas usadas para desviar recursos públicos. A ação é mais uma etapa no combate ao crime de agiotagem envolvendo prefeituras do Maranhão. Esta é a terceira operação desencadeada no mês de maio e a quarta deste ano. O delegado geral informou que mais de R$ 4 milhões foram movimentados de forma irregular. 
Ex-prefeito Raimundo Lisboa sendo preso em casa
De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, a operação El Berite é mais uma etapa no combate à agiotagem no Maranhão, envolvendo várias empresas, inclusive de construção civil. “As operações são parte da política de combate à corrupção do governo Flávio Dino. Nosso objetivo é responsabilizar gestores, ex-gestores públicos e particulares que formam quadrilhas especializadas em fraudar processos licitatórios e desviar recursos públicos”, pontuou.  O delegado geral destacou que essa etapa ainda não foi concluída, e que diligências ainda estão sendo realizadas no interior. “O objetivo é localizar determinadas pessoas para ouvi-las e interroga-las” informou. 
O promotor de Justiça Valentim Pinheiro, destacou a atuação conjunta da Polícia Civil com o Ministério Público. “Parceria de algum tempo e que estamos mantendo com resultados muito satisfatórios. Além da prisão dos envolvidos, foi realizado o sequestro e bloqueio dos bens dos presos”, evidenciou.
Combate contínuo à agiotagem
 No dia 5 de maio foram deflagradas as operações ‘Morta-Viva’ e ‘Maharaja’, envolvendo as prefeituras dos municípios de Marajá do Sena, Bacuri e Zé Doca, que culminou com as prisões do prefeito de Bacuri, Richard Nixon Monteiro dos Santos; o prefeito e o ex-prefeito de Marajá do Sena, Edvan Costa e Perachi Roberto Moraes, respectivamente; o contador da Prefeitura de Marajá do Sena, José Epitácio Muniz Silva, o Cafeteira; e Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan, apontado como agiota nas investigações.
 A 1ª operação deflagrada neste ano no combate ao desvio de recursos públicos ocorreu no dia 31 de março, denominada ‘Imperador’. A ação culminou com a prisão temporária da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros; e do filho dela, Eduardo Barros, apontado nas investigações como o líder do grupo. (Secom/Janaina Berredo)

domingo, 17 de maio de 2015

PORTO FRANCO GANHA AGENCIA DO INSS: MAIS UMA MARCA DE TRABALHO DE DEOCLIDES MACEDO E SOLUÇÃO DE CONTINUIDADE DE SEU GRUPO POLÍTICO

Ministro da Previdência Social Carlos Eduardo Gabas e o Governador Flávio Dino participam da solenidade de inauguração,marcada para as 10:30 desta segunda-feira.

O governo federal através do Ministério da Previdência social e do Instituto nacional do Seguro Social inaugura nesta segunda-feira,18, uma agencia da Previdência Social em Porto Franco.

A solenidade, marcada para as 10:30 da manhã na Av. Valentim Aguiar, s/n, centro de Porto Franco, terá as presenças da Ministro da Previdência Social carlos Eduardo Gabas, do Governador Flávio Dino (PCdoB), o deputado federal Deoclides Macedo (PDT), a deputada estadual Valéria Macedo (PDT), o Prefeito do município Aderson Marinho (PDT) , vereadores, políticos da região e comunidade em geral. 

Deoclides, com o então ministro Garibaldi Alves, companhado do
então vice-prefeito Aderson Marinho e do deputado Domingos Dutra.
A obra é mais uma grande conquista política, uma marca de trabalho do ex-prefeito Deoclides Macedo e seu grupo que vem dando continuidade a mesma visão empreendedora do ex-prefeito, com apoio da deputada estadual Valéria Macedo e execução do prefeito Aderson Marinho que diga-se de passagem destaca-se como um grande administrador e político responsável no trato com a coisa pública,com dezenas de obras já inauguradas e outras em andamento.

Deoclides, em recente encontro com a
Presidenta do INSS, Elisete Berchiol
A proposta da agência foi feita por Deoclides Macedo ainda como prefeito quando era ministro da previdência ao senador Garibaldi Alves, apresentando estudo de viabilidade e doando uma área privilegiada e de fácil acesso para a população de Porto Franco e para as pessoas das cidades vizinhas. 

A obra só foi iniciada na gestão do atual prefeito Anderson Marinho Filho (PDT), que inclusive executou serviços de pavimentação e drenagem da rua onde se instalou a agência. 

Portanto, que fique registrado: esta é mais uma parceria bem feita entre o Governo Federal e o município de Porto Franco, uma visão ampla, regional, de Deoclides Macedo e seu grupo político que beneficiará toda uma região. 

Parabéns Porto Franco!!



INAUGURAÇÃO – APS Porto Franco


INFORMAÇÕES DA UNIDADE DE ATENDIMENTO:

1. Área de Abrangência:

Porto Franco, Lajeado Novo, Ribamar Fiquene, Campestre do Maranhão, São João do Paraíso.

2. Serviços oferecidos:

· Cálculo para recolhimento da Guia da Previdência Social – GPS

· Demonstrativo de Imposto de Renda

· Extrato de Pagamento de Benefício Previdenciário

· Extrato de Vínculos e Contribuições Previdenciárias

· APOSENTADORIAS

· Aposentadoria por Idade

· Aposentadoria por Idade da Pessoa com Deficiência

· Aposentadoria por Tempo de Contribuição

· Aposentadoria por Tempo de Contribuição da Pessoa com Deficiência

· Aposentadoria por Tempo de Contribuição Previdenciária de Professor

· Aposentadoria Especial

· BENEFÍCIOS POR INCAPACIDADE

· Auxílio-doença

· Aposentadoria por Invalidez

· Auxílio-acidente

· BENEFÍCIOS AOS DEPENDENTES DO SEGURADO

· Auxílio-reclusão

· Pensão por morte

· BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS

· Benefício Assistencial ao Idoso

· Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência

· OUTROS SERVIÇOS

· Acerto de Recolhimento para fins Previdenciários

· Acerto de Vínculos e Remunerações para Fins Previdenciários

· Agendamento de Atendimento na Previdência Social

· Agendamento para Solicitação de Cópia de Processo Administrativo Previdenciário

· Agendamento para Solicitação de Vistas de Processo Administrativo Previdenciário

· Atualização de Atividade para Fins Previdenciários

· Atualização de Dados para fins Previdenciários – Pessoa Física

· Autorização de Débito Automático das Contribuições Previdenciárias em Conta Corrente

· Atualização de Endereço de Beneficiários da Previdência Social

· Atualização de Endereço de Pessoas Cadastradas na Previdência Social

· Aviso para Requerimento de Aposentadoria Por Idade Urbana

· Cadastramento de Declaração de Cárcere

· Comunicação de Acidente de Trabalho – CAT

· Cadastro e Alteração de Senha – CADSENHA

· Carta de Concessão e Memória de Cálculo de Benefício Previdenciário

· Certidão de Tempo de Contribuição – CTC

· Certidão Previdenciária para fins de Saque do PIS/PASEP/FGTS

· Consulta a Benefícios Selecionados para Revisão do Teto Previdenciário

· Consulta a Situação de Revisão do Benefício Pelo IRSM 02/94

· Consulta às Perícias Médicas Previdenciárias Agendadas

· Consulta Situação do Requerimento de Benefício Previdenciário

· Declaração de Regularidade da Situação do Contribuinte Individual – DRSCI

· Inclusão/Alteração de Conta Bancária

· Informações sobre a Rede de Atendimento da Previdência Social

· Inscrição na Previdência Social – Contribuinte Filiado e Não Filiado

· Inscrição na Previdência Social – Segurado Especial

· Pedido de Prorrogação (PP) de Benefício por Incapacidade – PP

· Pedido de Reconsideração (PR) de Benefício por Incapacidade – PR

· Perícia de Revisão de 2 anos (R2)

· Recurso

· Revisão

· Salário-família

· Salário-maternidade

· Seguro-desemprego do Pescador Artesanal

· Simulação de Cálculo da Renda Mensal de Benefício Previdenciário

· Simulação de Contagem de Tempo de Contribuição Previdenciária

· Transferência de Benefício Previdenciário em Manutenção – TBM

3. Salas de Perícia Médica: 2

4. Sala de Serviço Social: 1

5. Posições de Atendimento: 4

6. Capacidade de realização de perícias/mês: nº de peritos x nº perícias

realizadas por cada um/dia x 22 dias úteis: 396 perícias/mês

7. Atendimento previsto por mês na APS: 1760 atendimentos

8. Havia atendimento da Previdência no município (PREVMóvel, PREVCidade): Não


9. Em qual agência os segurados eram atendidos (qual distância percorriam): Estreito-MA (09.021.110) / 28 Km

10. Data/horário da inauguração: 18/05/2015 as 10:30

11. Endereço de funcionamento da Agência: Avenida Valentim da Silva Aguiar, s/nº, Centro, Porto Franco – MA - Cep: 65.970-000

12. Dia em que começa o atendimento: 19/05/2015

13. Horário de atendimento ao público: 08h as 18h

14. Informação relevante/diferencial da agência:

15. Informações sobre o município.

População estimada 2014 (1)

22.956

População 2010

21.530

Área da unidade territorial (km²)

1.417,493

Densidade demográfica (hab/km²)

15,19

Código do Município

2109007

Gentílico

porto-franquino

Prefeito Aderson Marinho Filho

sábado, 16 de maio de 2015

MORRE O ATOR ELIAS GLEIZER

Elias Gleizer (Foto: Divulgação)

Morreu na manhã deste sábado, dia 16, no hospital Copa D'Or, no Rio, o ator Elias Gleizer. Ele estava internado desde quarta-feira, 6 de maio, após fraturar cinco costelas e perfurar o pulmão durante uma queda de escada rolante. A causa da morte, comunicada pelo hospital, foi por conta de complicações que levaram à falência circulatória após uma bronco-pneumonia.
No dia 6, Gleizer havia saído apenas para ir ao dentista. O próprio dentista foi buscar o ator em sua casa, na Barra da Tijuca, para levá-lo ao consultório, em uma galeria em Copacabana. Na subida pela escada rolante, Gleizer caiu, quebrando as costelas e perfurando o pulmão. Ele foi internado e atendido de imediato, mas logo começaram algumas complicações: ele pegou uma pneumonia e uma infecção hospitalar, segundo sua cuidadora, Shirley. O ator já havia saído da UTI para a semi-UTI, mas não resistiu.
Sua assessora de imprensa havia conversado com ele por telefone nesta sexta-feira, dia 15, e ele havia dito que estava tudo bem, que não era para se preocuparem, que logo logo ele iria para casa. Apesar da condição delicada do ator, o óbito pegou a todos de surpresa.
O enterro deve ser no Rio de Janeiro, ainda a confirmar, mas com certeza, apenas a partir do domingo, por ele ser judeu. Quando morre alguém desta religião num sábado, segundo suas doutrinas, só se pode dar sequência ao luto e às resoluções após o pôr do sol. Sua única irmã, Rosa, está vindo de São Paulo para o Rio de Janeiro para resolver as burocracias. Aos 81 anos, Gleizer nunca casou nem teve filhos.
O ator Bruno Gagliasso, que foi seu neto na novela Caminho das Índias, foi o primeiro a postar sobre a morte do ator, em seu perfil no Instagram uma foto do ator e a carinhosa mensagem: "Meu avô querido... Chegou a hora de descansar".

A foto postada por Bruno Gagliasso, quando Gleizer foi eleito o "Bofe do Mês" pela turma da novela Caminho das Índias (Foto: Reprodução Instagram)
Entre 2011 e 2013, o ator havia sido internado por três vezes, devido a complicações de um problema renal crônico, e chegou aos 67 quilos - perdendo mais de 50 dos habituais 120. Mas ele estava com esta doença controlada por diálise.
Em 56 anos de carreira, iniciada na TV Tupi, em 1959, Gleizer participou de mais de 50 novelas, séries e minisséries, sendo seu último trabalho na novela Boogie Oogie, em 2014. Seu tipo bonachão e seu jeito doce sempre renderam muitos personagens do mesmo estilo, incluindo 10 padres, e por isso o carinho da classe, como Bruno Gagliasso em lhe chamar eternamente de "avô". “Eu fiz mais de cinco novelas com crianças. Eu tenho cara de vovô. Mas fiz mais novela de padre. Foram dez padres. Também fiz frei, só não consegui ser bispo”, brincou ele, em depoimento ao Memória Globo, em 2011.
Na Globo, Gleizer iniciou em 1984, a convite de Walther Negrão, para atuar em Livre para Voar, e se destacou em várias novelas e minisséries de sucesso, como Direito de Amar (1987), Fera Radical (1988), Tieta (1989), Explode Coração (1995) e Chiquinha Gonzaga (1999). Seus mais recentes trabalhos, além da participação em Boogie Oogie, foram Flor do Caribe (2013), Terra Nostra (1999), Sinhá Moça (2006) e Passione (2010). Ele ainda participou de Malhação, Zorra Total, e do filme Didi Quer Ser Criança (2004).

Elias Gleizer em Direito de Amar (1987) (Foto: Geraldo Modesto/TV Globo)

Elias Gleizer em Fera Radical (1988) (Foto: Geraldo Modesto/TV Globo)
Elias Gleizer em Como Uma Onda (2004) (Foto: João Miguel Júnior/TV Globo)
Elias Gleizer em Caminho das Índias (2009) (Foto: João Miguel Júnior/TV Globo)
Elias Gleizer em Flor do Caribe (2013) (Foto: João Miguel Júnior/TV Globo)
Elias Gleizer em Flor do Caribe (2013) (Foto: João Miguel Júnior/TV Globo)

Filho de imigrantes judeus poloneses - um sapateiro e uma dona de casa - que fugiram para o Brasil na época da perseguição na Europa, Elias Gleizer nasceu em 1934, em São Paulo, sendo batizado como Ilicz Glejzer. Ele adorava brincar com seu nome. "Quando estou numa repartição pública, na hora da entrega do documento, eles começam: ‘Pedro de Oliveira, Antonio de Souza, Joaquim Gonçalves...’ Quando percebo uma pausa de dois minutos, falo: ‘Sou eu’. Meu nome é Ilicz. Costumo dizer que houve só três Ilicz no mundo: Ilytch Tchaikovsky, Vladimir Ilyich Lênin e Ilicz Gleizer”, disse, também ao Memória Globo.

(Epoca.globo.com)