sábado, 31 de outubro de 2015

"VIÚVAS" DO SARNEYSISMO TRAVAM GUERRA PELO COMANDO DO PMDB

Desorientado e dividido, assim se encontra o grupo do ex-senador José Sarney depois da fragorosa derrota nas urnas na eleição passada. As chamadas "viúvas" do  sarneysismo agora travarão um guerra pelo comando do PMDB, o maior partido sob a tutela do velho Sarney, que parece ausente e distante da confusão que promete esfacelar a sigla no Maranhão. De um lado o senador João Alberto de Souza e de outro o ex-super-secretário de saúde Ricardo Murad, que pretende disputar a prefeitura de São Luis  e tinha na sua filha, a deputada Andrea Murad a enfrentante de uma das chapas.

A chapa encabeçada pela deputada estadual Andrea Murad, "Renovar Para Crescer", emitiu uma severa nota na qual criticou veementemente a forma "anti-democrática" como o processo eleitoral foi conduzido no Maranhão pela atual direção,  sob o comando do senador João Alberto.

Já a ex-governadora Roseana teria dado uma de pilatos inicialmente, mas depois mostrou a cara e se perfilou ao lado do senador João Alberto, ajudando a impor uma derrota no cunhado, com quem nunca se entendeu.

Veja a seguir alguns capítulos da novela peemedebista:

Roseana Sarney humilha Ricardo Murad

Roseana Sarney versus Ricardo MuradFoi milimetricamente pensada a aparição da ex-governadora Roseana Sarney na convenção do PMDB, na manhã de sexta-feira, 30, ao lado do vitorioso senador João Alberto, eleito presidente da legenda no estado.
Interlocutores com livre acesso à mansão dos Sarney garantem, sob a condição de anonimato, que a filha do coronel oligarca contava os segundos para dar o troco às humilhações impostas a ela pelo cunhado. 
Na guerra peemedebista, a ex-governadora servia aos dois exércitos. “Roseana fazia Ricardo crer que o apoiava, mas nos bastidores estimulava João Alberto. Por uma razão muito simples: todos no grupo atribuem a ele a derrota em 2014”, afirmou a fonte sarneísta.

Barraco: Hildo Rocha é expulso aos gritos da sede do PMDB

O deputado federal Hildo Rocha foi expulso aos gritos da Convenção Estadual do PMDB após se pronunciar, a mando de Ricardo Murad, contra a aclamação da chapa encabeçada pelo João Alberto de Souza para o comando do diretório estadual.
Aos gritos de “sai, sai pra lá, PMDB não é Coroatá”, a juventude peemedebista acompanhou o parlamentar até a porta de saída do partido, no São Francisco.
Antes de deixar o local, no entanto, Hildo chamou um militante para a briga, bateu boca com o deputado estadual Roberto Costa e bradou que não sairá do PMDB, apesar deste ser o desejo de muitos que estavam ali.
Ao lado de Andrea e Ricardo Murad, Hildo encabeçava a chapa “Renovar é Preciso”, que foi impugnada na última terça-feira por irregularidade na filiação dos representantes e graves suspeitas de falsidade ideológica.
O “pit bull” de Eduardo Cunha recorreu da decisão para o Diretório Estadual do PMDB, mas o vice-presidente da República, Michel Temer, indeferiu o pedido, determinando o prosseguimento da eleição.
Única na disputa, a chapa composta por João Alberto, Roberto Costa, Roseana Sarney, Edison Lobão foi eleita com 127 votos. O nível de comparecimento foi de 75%.

Foto-Fofoca: Defenestrado no PMDB, Murad zomba de Roseana, Lobão e João Alberto


Joao Alberto


PSDB DE IMPERATRIZ QUER CANDIDATURA PRÓPRIA EM 2016

Dirigentes partidários, militantes, simpatizantes e correligionários do PSDB defenderam que o partido de Sebastião Madeira tenha candidatura própria, para prefeito de Imperatriz, nas eleições de 2016.

O evento político, que lotou o auditório da Associação Medica de Imperatriz, aconteceu na noite de quinta-feira, 29 de outubro de 2015, e contou com um convidado especial, dentre muitas personalidades políticas que estavam presentes, o advogado e secretário Municipal de Regularização Fundiária, Daniel Pereira de Souza.

Bastante tranquilo e demonstrando maturidade, o pré-candidato a prefeito de Imperatriz, pelo PSDB, fez um discurso envolvente, pregando a unidade interna, a união das forças políticas que amam a cidade e a defesa do legado do prefeito Sebastião Madeira.

Daniel conversou com o público. Fez brincadeiras e, por diversas vezes, citava nomes de pessoas que seus olhos alcançavam, interagindo, naturalmente, com a platéia.

O ponto alto da fala do pré-candidato ocorreu quando ele, enfaticamente, disse que o processo eleitoral que se avizinha será conduzido pelo PSDB, para vencer as eleições.

"Me recuso a acreditar que o nosso partido, o PSDB, que reconstruiu a cidade; que é responsável pelos enormes avanços de Imperatriz; e que tem a maior liderança política do Maranhão, o prefeito Madeira, se contente em ser meramente coadjuvante. Isso não existe. O PSDB vai conduzir o processo e vencer, novamente, as eleições para prefeito", destacou.

Daniel Souza observou, por outro lado, que o Partido em Imperatriz vive um dilema que precisa ser resolvido porque não há mais tempo a perder, conclamando a todos para defender, agora, o projeto da candidatura própria. "Nós estamos diante de um dilema. Ou o PSDB fica recolhido, e participa do processo como espectador, perdendo o comando da segunda maior cidade do Maranhão, ou o PSDB assume a sua grandeza política, sai do casulo, conduz o processo e vence as eleições de 2016, para que Imperatriz continue avançando. Não me parece lógico ou justo que percamos o comando da política de Imperatriz porque a própria cidade não aceita", arrematou.

O líder do governo na Câmara, o vereador João Silva defendeu a candidatura própria do PSDB ao argumento segundo o qual será a única candidatura que terá o que mostrar e a única que apresentará um projeto para a cidade continuar avançando. “Não tenho dúvidas disto”, destacou.

Para o presidente do PSDB de Imperatriz, cabo J Ribamar, política se faz com ação. Ele parabenizou a iniciativa do pré-candidato Daniel Souza.

O evento foi acima da expectativa de seus organizadores, e chamou a atenção, porque foi conduzido, sem formalidades, e por pessoas consideradas anônimas no próprio Partido. (Da Assessoria)

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

TRAVESSIA URBANA DE IMPERATRIZ: "O PROBLEMA NÃO É FINANCEIRO, DIZ MADEIRA



O  Prefeito participou ontem, em Brasília, de audiência Pública sobre a travessia urbana de Imperatriz


O prefeito  Sebastião Madeira (PSDB) declarou que  a Audiência Pública realizada ontem em Brasília para debater  o  “ destino”  do projeto de  construção da  travessia urbana de  Imperatriz  foi positiva.  Madeira  esclareceu que a partir dessa audiência,  provocada pelo presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) foi possível saber que o problema determinante da letargia da obra não é financeiro, e sim “ técnico/burocrático”.

Segundo o prefeito uma série problemas tem atrapalhado o andamento da obra. Entre eles   com  a prestadora de serviço elétrico e uma  empresa  de fibra ótica.  Esses problemas, conforme  Madeira , diz respeito à remoção  de implementos das empresas  que estão  no  “ caminho” da obra da  travessia.  

“Os implementos em questão são os postes e cabos de fibra óptica que precisam ser removidos para que a obra siga no  cronograma estabelecido. Esperamos, a partir dessa audiência, que  essa situação se resolva e a obra seja efetivamente retomada”  disse o prefeito, que por diversas vezes, algumas com o ex-deputados Davi Jr (PR) e Chiquinho Escórcio (PMDB) já esteve em Brasília debatendo  e procurando soluções para as pendências relativas á tão sonhada   “ duplicação da BR”.

Afora essa situação  ressaltada pelo prefeito Madeira há outros óbices à continuidade da  obra elencados pelo  presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano  e que também motivaram a realização da audiência de ontem, 29, em Brasília.

Numa recente entrevista à imprensa o deputado federal Hido Rocha  declarou que “  O Estado tem dificultado a liberação das certidões (licenças ambientais); o IBAMA também colocando dificuldades; a companhia de eletricidade do Maranhão (Cemar) põe dificuldades para retirar os postes e remanejar a rede elétrica, além da dificuldade de pagamento” justificou.

De Imperatriz, além do prefeito Sebastião Madeira, esteve presente na audiência a deputada federal Ronsâgela Curado ( PDT) Na mesma audiência, que contou com representantes do  Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) também foi discutida a situação de um trecho da BR 416, em Alagoas.

A duplicação da travessia urbana, um trecho de 13 quilômetros,  foi  planejada  para melhorar o trânsito na área urbana de Imperatriz e proporcionar mais segurança para pedestres e demais usuários. A obra  foi iniciada no ano passado, mas, há poucos dias o dono da empresa que ganhou a licitação (Edeconsil) ameaçou desistir da obra porque a burocracia é muito grande.

“Essa obra  é uma luta de muitos anos e que não pode sofrer solução de continuidade por conta da burocracia. Estamos engajados nessa luta para que tudo se resolva logo” concluiu o prefeito.  
ASCOM     

terça-feira, 27 de outubro de 2015

INMEQUE-MA INTERDITA BOMBAS DE COMBUSTÍVEIS EM IMPERATRIZ

O Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA) interditou oito bombas de combustíveis em Imperatriz durante fiscalização que está sendo intensificada esta semana no município.


A operação especial em Imperatriz tem como alvo os postos de combustíveis. Foi iniciada na segunda-feira (26) e termina nesta quinta-feira (29).

Até o momento, 12 postos foram fiscalizados, todos tiveram algum tipo de reprovação, alcançando o total de 26 itens reprovados, sendo 18 no primeiro dia de fiscalização.

“Nós estamos encontrando várias irregularidades nos postos fiscalizados e, até o momento, tivemos que interditar oito bombas de combustíveis porque não tinham condições de continuarem funcionando”, explicou o diretor técnico do Inmeq-MA, Zois Gantzias, que acompanha de perto a operação esta semana em Imperatriz.

Vazamentos de bicos, instalações elétricas com defeitos e mangueiras com desgastes estão entre as irregularidades encontradas pelos fiscais do Inmeq-MA. Os postos estão sendo autuados. As bombas interditadas só poderão voltar a funcionar quando os problemas forem sanados e só depois, receberão, então, um novo selo do Inmetro. (Secom).

CEARENSE PROCURA O PAI DESCONHECIDO QUE PROVAVELMENTE MORA EM IMPERATRIZ

Synara, procura o pai desconhecido...
Marta Synara, 33 anos, mora em Maracanaú -Ceará e está a procura do pai que até o momento não teve o prazer de conhecer. O nome dele é Vilson Sousa ou Vilson Rodrigues, tem mais ou menos 55 anos e mora em Imperatriz.

Segundo ela, em contacto com este jornalista através de meu perfil no Facebook, na década de 80 por ai ou até antes Vilson foi  para Fortaleza (CE) morar no Bairro Bom Jardim, na casa de um senhor de nome Luiz de Xangô, já falecido anos antes que Synara nascesse. 

"Depois ele foi morar na casa de um amigo de nome Denilson onde lá conheceu minha mãe  e namoraram, sendo que desse namoro nasceu um fruto que sou eu. Porém na época minha mãe de nome Graça por motivos que eu não sei ao certo, saiu deste bairro comigo na barriga, não me dando a chance de conhecer meu pai biológico que estou à procura", explica Synara.

Até o monento, segundo ela, só conseguiu encontrar por telefone um amigo dele de nome 'Hilton' que confirmou seu nome e as caracte´risticas (moreno claro, baixo, porte fisico forte, um pouco cambota, cabelo com com cachos bem pequeno e cabelo curto)  e que  na época jogava bola e também fazia uns artesanatos tipo colar, cordão, cestas... e tocava um instrumento parecido com tambor. 

Vilson era chamando pelos amigos cearenses de "negão"e dizia ser do Maranhão e não ter parentes no Ceará. A mãe de Sinara ainda é viva, tem 60 anos.

Na conversa que tivemos no mensseger do facebook Synara fez um apelo veemente para o ajudasse a encontrar o pai:

"Creio que em 1983 ele retornou ao Maranhão. Eu nasci no ano de 1982 e ele nunca me viu nem eu o vi pois minha mãe sumiu na época mais creio que ele sabe de minha existência sim. Sonho muito em encontra-lo e conhecer para que meu coração fique em PAZ independente de qualquer coisa. Conto com o apoio de vocês de Imperatriz pois detalhes não sei mais por já se fazer 33 anos e não existe quase amigos dele daquela época vivos. Por favor, qualquer Vilson que aparentar essas caracteristicas e ter passado um tempo no Ceará me avisem, pois  já busquei em redes socias, internet, só que sem foto é bem mais dificil ,porém o amigo dele que encontrei aqui no Ceará de nome Denilson se assustou com tanta semelhança entre eu e meu pai. Ele aqui no Ceará dava o nome de Vilson Sousa e Vilson Rodrigues porém não sei se com V ou W. Qualquer informação ou fotos podem mandar pois tenho duas tias que ainda conseguem reconhecer meu pai e também o amigo dele Denilson disse que se ver o reconhece também. Desde já conto com a população e meios de comunicação de Imperatriz, mas rogo que não usem de trote, pois isso é algo serio que mexe com emocional, já esperei muitos anos e até descobrir estas informações só Deus sabe o que passei ".

Amigos leitores, vamos ajudar a Cynara a encontrar o pai dela, quem tiver alguma informação entrar em contacto comigo pelo telefone (99) 9 9167 35 99.

INCÊNDIOS NO MA: GOVERNO ENVIA NOVA TROPA DE BOMBEIROS PARA RESERVA INDÍGENA ARARIBÓIA


O Governo do Maranhão enviará, nesta terça-feira (27), nova tropa de militares do Corpo de Bombeiros (CBMMA) que atuará na Reserva Araribóia, no sudoeste do estado, para conter os incêndios. Os militares partirão do Quartel do Comando Geral do Bacanga, em São Luís, às 15h30. No total, mais de 40 homens irão se juntar ao grupo que já atua nos trabalhos de combate ao incêndio na região.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

PCdoB DEMONSTRA FORÇA E ORGANIZAÇÃO EM CONFERENCIA MUNCIPAL DE IMPERATRIZ

Com discurso de conciliação e chamamento para unidade entre aqueles que apoiaram Flávio Dino, demonstrando força regional e capacidade de organização, o partido Comunista do Brasil (PCdoB) realizou sua Conferencia Municipal no último domingo, 25, em Imperatriz.

O auditório da Associação Médica de Imperatriz foi pequeno para as centenas de pessoas que ocuparam ainda o hall de entrada onde foi colocado um telão, onde quem não conseguiu adentrar pôde acompanhar os discursos do que foi considerado até agora o maior evento político da cidade nos meses que antecedem a eleição de 2016.

Prestigiaram o evento e fizeram parte da mesa dos trabalhos, o Presidente Estadual do PCdoB e Secretário de Articulação Política do Estado, Márcio Jerry, o Presidente do PCdoB de Imperatriz e Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, o Deputado Estadual e vice-líder do governo, Marco Aurélio, o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira,  Deputada Federal Rosângela Curado (PDT),o Secretário de Articulação Política da Região Tocantina, Rafael Heringer, os vereadores de Imperatriz e membros da direção estadual do partido, os professores Adonilson Lima e Carlos Hermes, e os representantes dos partidos que estiveram na base de apoio que elegeu Flávio Dino ao governo do Estado, o presidente do PT Jorge de Souza Silva, a presidente do PSB Rose Vicentini, o presidente do PPS  Pastor Luis Carlos Porto, o vice-presidente do PSDB Esmeradson de Pinho e o presidente do Solidariedade Rildo Amaral.

Em discurso, o presidente Estadual do Partido, Márcio Jerry defendeu a manutenção do espírito de unidade que elegeu o Flávio Dino para governar o Maranhão. “É o mesmo sentimento que nos move em todo o Maranhão por meio do diálogo com as forças partidárias, com os movimentos sociais e toda a sociedade com o objetivo de dar um passo a frente numa agenda política de mudanças liderada pelo nosso companheiro, o governador Flávio Dino”, destacou Márcio Jerry acrescentando que o Maranhão venceu um guerra, mas precisa vencer a batalha quando for assegurado o desenvolvimento com distribuição de renda em todo o Maranhão. “Imperatriz de mãos dadas com o Estado do Maranhão, dada a sua importância regional, política e econômica, terá a grande missão de escolher o seu representante em 2016, na mesma perspectiva de desenvolvimento, e o PCdoB dará a sua contribuição para consolidação e a vitória do partido de Imperatriz sempre sob a ótica da unidade”. 

O presidente do PCdoB de Imperatriz, Clayton Noleto, agradeceu aos partidos que se empenharam na eleição do governador Flávio Dino e que deram a contribuição para a mudança que vem ocorrendo no Maranhão e reafirmou o sentido da unidade expresso pelo presidente estadual do partido Márcio Jerry. “Esse sentimento colocou o Maranhão num trilho de desenvolvimento político, econômico e social e esperamos manter esta unidade com o objetivo de avançar e fazer muito mais por Imperatriz e o Maranhão. 

Clayton Noleto fez um balanço dos investimentos realizados nos setores de infraestrutura, saúde e educação e falou da sua decisão atendendo a um pedido do governador, de continuar a frente da Secretaria de Infraestrutura. “Eu me senti muito honrado com as opções apresentadas a mim de forma natural, como foi a ventilação do meu nome a uma pré-candidatura que adotamos e no decorrer do tempo com o pedido do governador, resolvi abrir mão da pré-candidatura com o pensamento coletivo e agradecendo a Flávio Dino por me dar estas opções de escolha”, explicou Clayton Noleto falando da responsabilidade gigantesca de estar à frente da Secretaria de Infraestrutura do Estado e da responsabilidade de manter a sintonia que construiu o projeto liderado por Flávio Dino para alcançar a grande vitória de 2016 em Imperatriz. 

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira agradeceu as palavras de reconhecimento no empenho e dedicação com o projeto de mudança que elegeu Flávio Dino com mais de 84% dos votos. “O PCdoB é um parceiro valoroso nesse processo de reconstrução nacional e reconheço no governador a competência, dedicação e vontade em fazer um Maranhão melhor para todos”, disse o prefeito. 

No discurso da Deputada Federal Rosângela Curado, assim como nas falas do Presidente Estadual do PCdoB, Márcio Jerry e do presidente do PCdoB de Imperatriz, Clayton Noleto ficou claro o entendimento da unidade para a construção do projeto político para a cidade. “Eu quero agradecer o empenho dos correligionários do PCdoB, que se engajaram na minha campanha com muito esforço e quero dizer que não podemos perder o foco na construção e fortalecimento da unidade que vai garantir um projeto político imbuído de um sentimento coletivo para lutarmos por uma Imperatriz cada vez melhor”, ressaltou Rosângela Curado 

O Deputado Estadual Marco Aurélio no discurso destacou a força da vitória e o tamanho do desafio que vem se transformando em ações concretas para a melhoria da qualidade de vida da população. “Com o apoio do governador Flávio Dino tem tido uma presença firme entendendo e intervindo na solução das demandas reprimidas por décadas e que o governo do mudança está resolvendo em favor do povo”, frisou Marco Aurélio. 

Antes de encerrar a Conferência o PCdoB apresentou os pré-candidatos a prefeito e vereador que irão representar o partido para as eleições em 2016,embora o partido ainda esteja recebendo a muitas lideranças que procuram o partido levando em consideração a prorrogação do prazo de definição partidária para abril de 2016. 

Conferências Região Tocantina 

O PCdoB realizou nos últimos dias uma intensa agenda para a realização das conferências nos municípios da Região Tocantina. Segundo o Coordenador do Fórum Regional do PCdoB, o vereador professor Adonilson Lima responsável pela articulação política de vinte e um municípios da Região Tocantina, uma simbologia que representou a mudança não poderia jamais ser feita por poucas pessoas. “Agradeço a todos que prestigiaram as conferências e que acreditaram que era possível tirar o Maranhão das forças oligárquicas do atraso que governaram esta estado por mais de 50 anos”, disse Adonilson acrescentando que o PCdoB se organizou nos duzentos e dezessete municípios maranhenses com o objetivo de pensarmos no interesse coletivo. 

Nos últimos quinze dias o PCdoB realizou as conferências municipais, fortaleceu as pré-candidaturas para 2016. “Temos o interesse que este caminhar nosso para que o sentimento da mudança se fortaleça cada vez mais”, observou o Presidente do PCdoB de Imperatriz, Clayton Noleto. 

O PCdoB realizou as conferências nos municípios de João Lisboa, Senador La Roque, Buriti, Amarante, Açailândia, Itinga, Bom Jesus das Selvas, São Francisco do Brejão, Vila Nova dos Martírios, São Pedro da Àgua Branca, Cidelândia, Davinópolis, Governador Edison Lobão, Campestre, Estreito, Ribamar Fiquene, Campestre, Porto Franco, Riachão, Carolina, Sítio Novo, Montes Altos, São João do Paraíso, Lajeado e Grajaú. (Mozart Magalhães / Assessoria do PCdoB, Editado)

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

IRREGULARIDADES NO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA EM SÃO PAULO DEIXOU MUITA GENTE COM "AS BARBAS DE MOLHO" NO MARANHÃO

Saiba quais são as principais irregularidades praticadas contra o Bolsa Família



A recente notícia de que o Ministério Público Federal em Araraquara, no interior de São Paulo, denunciou cinco pessoas por estelionato por causa do recebimento indevido de benefícios do Programa Bolsa Família do Governo Federal deixou muita gente com as barbas de molho no Maranhão.

Em São Paulo, o MPF denunciou duas mulheres que omitiram parte de suas rendas para se enquadrar no perfil do programa e a assistente social que atuava como gestora do Bolsa família. De acordo com o MPF, "apesar de ter pleno conhecimento das fraudes, a gestora não tomou quaisquer providências para cancelar o recebimento dos valores pelas estelionatárias".

Além da gestora municipal do programa, foi denunciada ainda uma das estagiárias do órgão gestor do Bolsa Família na cidade. A investigação mostra que ela conhecia a verdadeira situação financeira das beneficiárias, uma vez que frequentavam a mesma faculdade, mas, mesmo assim, preencheu a ficha com as falsas declarações prestadas e permitiu o cadastro indevido no CadÚnico.

Em tempo, o crime de estelionato, previsto no artigo 171 do Código Penal, é punido com um a cinco anos de prisão, pena aumentada em um terço quando cometido contra entidade de direito público, como a União.

Em 2005, foi criada a Rede Pública de Fiscalização do Programa Bolsa Família, mediante a formalização de acordos de cooperações técnicas, entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e os Ministérios Públicos Estaduais, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, o Ministério Público Federal, a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU). Ou seja, todos os órgãos de controle são responsáveis pela fiscalização do PBF.

No Maranhão, uma compilação rápida dos relatórios da CGU revelou as principais irregularidades praticadas contra o Programa Bolsa Família e o valor recebido pelas prefeituras para melhorar a gestão do programa, o Índice de Gestão Descentralizada (IGD). Veja as principais irregularidades apontadas pela CGU:

Inexistência de Instância de Controle Social - ICS do Programa Bolsa-Família;
Ausência de ações de mobilização e sensibilização das famílias, por parte da Prefeitura, para o cumprimento das condicionalidades do Programa;
Ausência de implementação de programas/ações complementares ao Bolsa-Família;
Ausência de divulgação da lista de beneficiários do Programa;
Indícios da existência de beneficiários do Programa Bolsa Família com de renda per capita superior à definida pelo Programa;
Pagamento do benefício a parentes do prefeito, de empresários e de membro da Comissão de Licitação;
Cadastro Único desatualizado: beneficiários e alunos não localizados;
Responsável pelo pagamento do bolsa família pratica venda casada e retém o cartão dos beneficiários;
Ocorrência de saques à conta, sem a devida comprovação de sua utilização na finalidade do Programa Bolsa Família;
Não incorporação dos recursos do IGD ao Orçamento Municipal;
Aplicação de recursos do IGD em despesas não elegíveis para o Programa Bolsa-Família;
Ausência de prestação de contas dos recursos do IGD no exercício;
Ausência de contrato de prestação de serviços da equipe que trabalha na operacionalização do CADúnico;
Pagamento de despesas do IGD utilizando dinheiro em espécie e falta de identificação das notas fiscais; e,
Notas fiscais de compras com recursos do IGD sem identificação da origem dos recursos e sem o respectivo atesto. 

*Welliton Resende é Coordenador do Núcleo de Ação de Ouvidoria e Prevenção da Corrupção da Controladoria Regional da União no Estado do Maranhão.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

FORAGIDOS CAPTURADOS NA BAHIA SÃO APRESENTADOS PELA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO MARANHÃO

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por intermédio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), apresentou, na manhã desta quarta-feira (21), durante entrevista coletiva, o casal Maria Ivonete Lima Pimentel Lucena e Fabiano Rodrigo Lucena, foragidos da Delegacia da cidade de Brejo.

A entrevista foi realizada nas dependências da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e contou com a presença dos gestores da pasta da SSP, Jefferson Portela; Augusto Barros, Delegado Geral de Polícia Civil; o superintendente da SPCI, Dicival Gonçalves, e o delegado Jacqueson Ferreira dos Santos, titular da 3ª Regional de Chapadinha.

Segundo o coordenador da ação policial, delegado Jacqueson Ferreira, a dupla foi presa durante uma operação de combate ao tráfico de drogas, realizada, no dia 29 de setembro, no município de Brejo. Na ocasião, Francisca Lima Pimentel e Ivan Lima Pimentel, mãe e irmão da Ivonete Lima, foram presos com apoio de mandados de busca e apreensão.

Os conduzidos foram autuados pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico e por ilegal de arma de fogo. Após os autos fracionais, os detidos aguardaram as suas transferências para a Central de Detenção Provisória de Pedrinhas, em São Luís.

Na madrugada do dia 30, os presos, com o consentimento do carcereiro, empreenderam fuga. “A partir desse momento, com o apoio da Superintendência de Polícia Civil do Interior, começamos as investigações com o intuito de recapturar os presos”, frisou Jacqueson Ferreira.

Ao cruzar informações com a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil da Paraíba, a Polícia Civil do Maranhão descobriu que a dupla pretendia fugir para outra unidade federativa do país. Ivonete Lima Pimentel Lucena e Fabiano Rodrigo Lucena foram interceptados por policiais civis maranhenses na cidade de Novo Gama (PB), onde foram presos.

“É importante o combate forte e efetivo, tanto para a localização da droga e reprimir a sua entrada no Maranhão, quanto para capturar as pessoas que querem sobreviver de modo ilícito, imoral e criminoso de drogas, destruindo o meio social”, ressaltou o secretário Jefferson Portela
 (Fonte: SSP).

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

JUSTIÇA DESBLOQUEIA RECURSOS DE SÃO PEDRO DA ÁGUA BRANCA


As Segundas Câmaras Cíveis Reunidas do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) concederam mandado de segurança ao município de São Pedro da Água Branca, para que o Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, repasse os recursos referentes às parcelas finais dos convênios firmados para recuperar estradas vicinais, que ajudarão a fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar.


O repasse foi interrompido em razão de suposta inadimplência do Município junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), situação que foi mantida pelo colegiado até que o prefeito regularize a prestação de contas.
No Mandado de Segurança com pedido de liminar, o município afirmou que os recursos são indispensáveis para conclusão das obras públicas já iniciadas e paralisadas, pleiteando a suspensão da situação de inadimplência para autorização do repasse das últimas parcelas do convênio.

O relator do processo, desembargador Lourival Serejo, salientou que mesmo diante das circunstâncias de inadimplência com a imposição de restrições ao município, deve-se levar em consideração as situações relacionadas às transferências nas áreas de educação, saúde e assistência social, diante da preservação do interesse público nas áreas mais básicas de atuação estatal.
“Impedir que o ente municipal usufrua dos recursos a serem obtidos via convênios para as áreas primárias como educação, saúde e assistência social é obstar o atendimento às necessidades básicas da coletividade, em afronta ao interesse público que sempre deve prevalecer”, frisou.
Quanto à negativação do ente municipal, Serejo confirmou que o município deve ser inscrito nos cadastros de inadimplentes da União, pois descumpriu normas de controle e fiscalização, no que tange ao repasse e à aplicação de verbas federais. (Processo Nº. 46071/2014). 

(Asscom TJMA)

terça-feira, 20 de outubro de 2015

PM QUE MATOU CINEGRAFISTA PODE SENTAR NO BANCO DOS RÉUS NOS PRÓXIMOS DIAS

Jean Claude
Depois de adiamentos, finalmente aconteceu nessa segunda-feira (19) a audiência de instrução do policial militar Jean Claude dos Reis Apinajé, acusado de ter matado o cinegrafista José de Ribamar Carvalho Filho. 

O policial já era para ter sido ouvido desde o dia 14 do mês passado, quando foi marcada a audiência. Entretanto, naquela ocasião, ele não pôde ser ouvido, tendo em vista que havia muitas testemunhas. Em seguida, foi marcada uma nova data, mas o advogado de defesa alegou que tinha uma audiência no mesmo dia e horário, e por isso a audiência foi adiada para essa segunda-feira.

Juiz Adolfo Pires
Segundo explicações do juiz Adolfo Pires da Fonseca Neto, que está respondendo pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz, o próximo passo agora são as alegações finais. Em seguida, será marcado julgamento que, segundo o magistrado, pode acontecer ainda este ano.

O soldado Reis estava respondendo processo em liberdade, entretanto há cerca de 20 dias voltou à prisão por determinação da Justiça, porque, segundo informações, vinha ameaçando testemunhas e não estava cumprindo o que havia sido determinado quando de sua soltura. Reis se encontra preso no Quartel do 3º BPM.

Cinegrafista Ribamar Carvalho


O caso - O cinegrafista José Ribamar Carvalho, na ocasião com 48 anos, foi assassinado com vários tiros de pistola ponto 40, no dia 29 de novembro de 2014. Ele foi alvejado quando se encontrava em um bar localizado na Rua Monte Castelo, no centro, em companhia dos dois filhos menores.

O soldado Reis, suspeito do crime, ainda efetuou vários disparos no portão da casa dos pais da vítima. Carvalho chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão, onde morreu.