sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A nossa pressão ajudou a adiar a votação do projeto de lei que iria restringir a nossa liberdade na web. Vamos manter a pressão!

Recebemos uma notícia sensacional! A Câmara dos Deputados deveria ter colocado em votação o projeto de lei que criminaliza atividades cotidianas na internet: o PL Azeredo. Porém, a pressão de mais de 170.000 membros da Avaaz ajudou a adiar a votação. Chamamos a atenção dos deputados. Agora vamos dizer a eles o que pensamos!

Quando nossa comunidade se uniu contra o PL Azeredo, nossos aliados no Congresso nos ouviram. Eles pediram a realização de um seminário para discutir o projeto de lei antes de submetê-lo à votação. Na próxima quarta-feira, a Câmara realizará um evento oficial para ouvir o que todos os lados têm a dizer sobre o projeto de lei. É por isso que a Avaaz está planejando fazer uma entrega bem visível e memorável da petição, além de uma oportunidade sensacional de todos fazermos parte desta ação!

Clique no link abaixo para escrever um comentário destinado à Câmara dos Deputados dizendo por que precisamos salvar a internet brasileira derrotando o PL Azeredo. Todas as mensagens serão entregues para os deputados presentes, e mais, aliados nossos na Câmara selecionarão pessoalmente mensagens para incluí-las em seus discursos oficiais! Não estamos apenas influenciando o debate - estamos também fazendo parte dele! Escreva agora mesmo o seu comentário:

http://www.avaaz.org/po/save_brazils_internet_1/?vl

A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 9 milhões de pessoas que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Um comentário:

Anônimo disse...

Josué,não vejo motivos de sua preocupação com o controle na internet.Em Cuba,praticamente não existe,na China comunista tem muita restrição.São paises que foram e são admirados por voçe e todos outros esquerdistas daqui do Brasil.Vamos ser coerente.Pimenta no traseiro dos outros é hipoglós.Coerencia sempre.Espirito de Mario Kosel Filho.