terça-feira, 9 de julho de 2013

" A VALENTIA DO EQUADOR E SEU POVO É UM EXEMPLO PARA O MUNDO", DIZ SNOWDEN EM CARTA AO PRESIDENTE RAFAEL CORREA

Leia a seguir a carta de agradecimento que Edward Snowden enviou a Rafael Correa, presidente do Equador

O ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos expressou seu agradecimento, através de uma carta, ao presidente do Equador, Rafael Correa, e ao povo equatoriano, por sua coragem de fazer o que é certo. 
 
Leia a carta:
edward-snowden-equador
Edward Snowden (Foto: Divulgação)

“Existem poucos líderes mundiais que arriscariam estar do lado dos diretos humanos de um indivíduo frente ao governo mais poderoso do planeta, e a valentia do Equador e seu povo é um exemplo para o mundo.


Devo expressar meu profundo respeito por seus princípios e meu sincero agradecimento pela ação de seu governo ao considerar minha solicitação de asilo político.
O governo dos Estados Unidos da América montou o maior sistema de vigilância do mundo. Este sistema global afeta toda a vida humana vinculada à tecnologia; gravando, analisando e julgando secretamente cada membro do público internacional. Supõe uma violação muito grave dos nossos diretos humanos universais quando um sistema político perpetua a espionagem automática, generalizada e sem garantias contra pessoas inocentes.
De acordo a esta crença, revelei este programa a meu país e ao mundo. Enquanto o público expressou seu apoio à luz que joguei sobre este sistema secreto de injustiça, o governo dos Estados Unidos da América respondeu com uma caça extrajudicial que me custou a minha família, minha liberdade de movimento, e meu direito a uma vida pacífica, sem medo a uma agressão ilegal.
Enquanto eu enfrento esta perseguição, houve um silêncio por parte daqueles governos temerosos do governo norte-americano e suas ameaças.
Equador, no entanto, se ergueu para defender o direto humano de buscar asilo. A ação decisiva do seu Cônsul em Londres, Fidel Narváez, garantiu que meus direitos fossem protegidos durante minha saída de Hong-kong. Nunca me arriscaria a viajar sem isso.
Agora, como resultado, me mantenho livre e capaz de publicar informação que serve ao interesse do público.
Sem importar quantos dias me restam de vida, estarei dedicado a lutar pela justiça em um mundo desigual. Se algum destes dias contribui ao bem comum, o mundo deverá agradecer aos princípios do Equador.
Por favor, aceite minha gratidão a você, como representante de seu governo, e do povo da República do Equador, assim como minha grande admiração pessoal por seu compromisso por fazer o que é correto, e não o que gera recompensa.”
Edward Joseph Snowden

Nenhum comentário: