quarta-feira, 14 de agosto de 2013

NOVA PESQUISA APONTA VITÓRIA DE FLÁVIO DINO NO PRIMEIRO TURNO

Uma nova pesquisa, a primeira realizada após o anúncio da pré-candidatura de Luís Fernando (PMDB) ao governo, mostra que o presidente da Embratur, Flávio Dino é o favorito e venceria a eleição em primeiro turno na disputa para o governador. O ex-deputado federal tem uma larga vantagem para o segundo colocado o secretário estadual de Infraestrutura, Luís Fernando. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Conceito
O ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PDT), volta a aparecer e já tem a preferência de uma parcela do eleitorado maranhense, o que acaba lhe consolidando para uma possível disputa ao governo do estado em 2014.  
O Instituto Conceito montou um seguinte cenário: Flávio Dino, Luís Fernando e Hilton Gonçalo. E neste foi apontado que o candidato comunista teria 56,8%, o secretário estadual de Infraestrutura 15,3% e Hilton Gonçalo 6,2%. A pesquisa foi realizada no período de 24 a 31 de julho e ouviu 1.907 eleitores em 38 municípios localizados em todas as regiões do estado.
Na espontânea, aquela em que o entrevistador não apresenta o nome dos prováveis candidatos, Flávio Dino lidera com 35,8% das intenções. Em segundo lugar aparece o nome de Luís Fernando 6%. O ex-prefeito de São Luís, Castelo (PSDB) com 0,8%, o de Hilton Gonçalo com 0,6%% e os outros nomes com pontuação abaixo de 1%, entre os quais Tadeu Palácio, Eliziane Gama, Zé Reinaldo, Marcos Silva, Edivaldo Holanda Júnior etc.
Rejeição

No quesito em que o eleitor não votariam de jeito nenhum, o candidato do grupo Sarney aparece com 40,5%, ou seja, Luís Fernando lidera o índice de rejeição da pesquisa. Já Flávio Dino aparece com 17,3% de rejeição, os demais candidatos não são citados neste quesito.

Mais de 50% reprovam o governo de Roseana Sarney

A pesquisa informa também o governo de Roseana Sarney não vem convencendo. Mais de 50% dos entrevistados disseram que desaprovam o seu atual mandato. Enquanto isso apenas 39,8% dizem aprovar o seu governo. (Jornal Pequeno)

Nenhum comentário: