quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

E AI ROSEANA ? PEDRINHAS CONTINUA UM CAOS...

VEJAM IMAGENS E VÍDEO DE PEDRINHAS APÓS A REBELIÃO DESTA QUINTA-FEIRA

Embora a governadora Roseana e parta da imprensa tentem minimizar, a situação em Pedrinhas ainda é de caos 

Os presos atearam fogo em colchões e atiraram objetos nos corredores dos pavilhões. Foto: Divulgação.
Na manhã desta quinta-feira(06),mais uma rebelião aconteceu no Complexo  Penitenciária de Pedrinhas,nos presídios São Luís I e II.Segundo informações,o motim teve início após mães e esposas dos detentos serem impedidas de entrarem no complexo com comida


Como hoje é dia de visitas,as mulheres tentaram entrar com vasilhas portando comida,mas foram impedidas pela segurança,na portaria.
O tumulto foi controlado pela Força Nacional,Polícia Militar e Tropa de Choque



Os amotinados quebraram ventiladores, vasilhames e sacos plásticos foram jogados para fora das celas. Foto: Divulgação.
O tumulto durou mais de seis horas e deixou o clima tenso dentro e fora das unidades prisionais. Pelo menos 10 detentos foram feridos por balas de borracha na ação da polícia para conter o tumulto.
O tumulto durou mais de seis horas. Foto: Divulgação.


VÍDEOS: mulheres derrubam portão de acesso a penitenciária

O motim registrado nesta quinta-feira (6) nos presídios São Luís I e II, unidades de segurança máxima do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, deixou um rastro de destruição nos pavilhões onde os presos se rebelaram.

Diego Torres / Imirante.com

Um grupo de parentes de presos, formado em sua maior parte por mulheres, derrubou um dos portões que dá acesso a uma área de estacionamento para os Presídios de Segurança Máxima São Luís I e II. Aproximadamente 50 mulheres criaram tumulto por teresm sido impedidas de entregar alimentos aos presos. Alguns agentes penitenciários, funcionários de uma empresa de segurança e policiais militares tentaram impedir a entrada do grupo o qual foi incitado por outras pessoas.

O portão derrubado não dava acesso direto aos pavilhões onde ficam os presos. ele está situado a cerca de 50 metros de uma outra entrada, no que pode ser considerado uma pequena triagem. 

VEJAM O VÍDEO: http://imirante.globo.com/maranhao/noticias/2014/02/06/videomulheres-derrubam-portao-de-acesso-a-penitenciaria.shtml

Um comentário:

Junior Bezerra disse...

Qual penitenciaria de segurança máxima.
Isso ai parece mais a casa da mãe Joana, todo mundo entra dessa forma e ninguém pra impedir.