quinta-feira, 10 de abril de 2014

VICE-PREFEITA DE CAMPESTRE DECLARA APOIO A DEPUTADA VALÉRIA E DEOCLIDES MACEDO


MARIA DE JESUS FALA SOBRE A DECISÃO DE VOTAR COM A OPOSIÇÃO E  SUA DIVERGÊNCIA POLÍTICA COM O PREFEITO VALMIR MORAIS


A vice-prefeita do Município de Campestre do Maranhão, Maria de Jesus Carvalho Marinho (PSL), conhecida apenas como Jesus, declarou apoio político para a reeleição da deputada estadual Valéria Macedo (PDT) e a pré-candidatura de deputado federal do  ex-prefeito de Porto Franco Deoclides Macedo.


A decisão da vice-prefeita Jesus foi anunciada no último sábado (05/04) em sua residência na cidade Campestre do Maranhão diretamente a deputada Valéria Macedo, seu esposo advogado Marco Aurélio Gonzaga e lideranças locais, dentre as quais o ex-vereador e ex-secretário municipal Cícero Miranda (PDT).


Natural do município de Vargem Grande, Jesus é auxiliar de enfermagem, exercendo um trabalho voluntário em Campestre na área da saúde há muito tempo, além de ser evangélica da Assembleia de Deus Madureira. A vice-prefeita Jesus mora em Campestre há mais de 30 anos, têm três filhos Jainara, Julio César e Ana Clara, esposa do professor Jalmes Rodrigues Barros, tendo exercido cargos importantes na esfera pública municipal, dentre os quais se destaca o de vereadora e secretária adjunta de saúde, este último no governo do ex-prefeito Emivaldo Macedo.


“Tomei a decisão de apoiar a deputada Valéria Macedo, em função de um elo antigo, desde quando Campestre ainda era distrito de Porto Franco, meu pai, Pedro Cazuza, era vereador em Porto Franco, no primeiro mandato de prefeito do Deoclides. Tenho essa afinidade, ainda, proporcionada em função do trabalho que a Deputada Valéria Macedo vem exercendo como enfermeira, secretária de saúde do pólo de Porto Franco e agora no seu mandato demonstrando muito empenho e favor de  nossa região, trabalhando como  foco principal na área da saúde”, disse Maria de Jesus.


A vice-prefeita Jesus elencou muitas razões para apoiar Valéria e Deoclides. Disse, por exemplo, que as relações entre Porto Franco e Campestre são profundas e históricas, vez que o município Campestre é irmão de Porto Franco. O próprio ex-prefeito Deoclides Macedo preparou Campestre para sua emancipação. 

"O Hospital e Maternidade Aderson Marinho de Porto Franco e o Samu tem prestado serviços essenciais ao nosso povo. Porto Franco é referência na área de saúde e mais recentemente na área de Educação para Campestre. Já há número significativo de filhos de Campestre cursando faculdade em Porto Franco. O Samu de Porto Franco tem em Campestre sua primeira base descentralizada. Os serviços do SAMU são essenciais para nós", disse A líder política.


“A vice-prefeita Jesus é uma liderança popular e emergente das mais legítimas, sendo  devota das políticas sociais de saúde e assistência social. Tem muitos serviços prestados, ao nosso povo, que antes de qualquer outra coisa, precisa é de bons serviços públicos de saúde, educação, assistência social, segurança pública, etc. A vice-prefeita Jesus é sem dúvida um grande reforço para nosso grupo político em Campestre”, disse Valéria Macedo. 
      
O ex-prefeito Deoclides, por motivos de força maior não pôde estar presente ao encontro, mas ouvido pela reportagem disse que se sente muito honrado com o apoio de Maria de Jesus, já que sempre foi amigo da família da mesma. "Essa decisão da amiga Maria de Jesus nos deixa muito honrado. Vamos procurar corresponder a essa confiança, esse gesto dessa importante liderança do município de Campestre", disse Deoclides.




MARIA DE JESUS FALA SOBRE O PREFEITO VALMIR EM RELAÇÃO À SUA OPÇÃO OPOSICIONISTA


A vice-prefeita disse que não tem nada de pessoal contra o prefeito Valmir, apenas diverge da posição política dele favorável ao grupo Sarney. 


“A ideia de dizer que apoia os candidatos do Grupo Sarney porque eles estão trazendo benefícios para Campestre não me convence. Primeiro, porque essa é uma dívida muita antiga deles para com o nosso município. Segundo, não precisa apoiar a família Sarney para realizar um bom governo municipal. Por exemplo, o ex-prefeito de Porto Franco Deoclides Macedo é de oposição ao grupo Sarney e mesmo assim transformou o município de Porto Franco e, em terceiro lugar, ainda há muitos projetos que precisam se transformar em realidade, pois não basta divulgar projetos como se tudo já tivesse sido feito”, disse Jesus.

 “Tomo essa decisão, mas não tenho nada pessoal contra o prefeito, apenas temos pensamentos e posicionamentos políticos diferentes”, asseverou.


Perguntada qual sua participação no governo municipal, Jesus diz: “eu não tenho nenhuma influencia na administração do prefeito Valmir, não possuo cargos, não indiquei ninguém e nunca fui consultada em nenhuma decisão tomada no município. Vejo também que o ex-prefeito Emivaldo, que foi uma peça fundamental para a vitória eleitoral do prefeito Valmir em 2012, estar sendo totalmente excluído da administração. É com muita tristeza que assisto todos esses acontecimentos”.

3 comentários:

Marcones Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Autor do Blog, deveríamos saber o que as pessoas pensam, vi que o comentário de Marcones Ribeiro foi deletado, porém gostaria de ver sua posição sobre o assunto, essa politixagem é deselegante, só querem ouvir e ver coisas agradáveis.

Josué Almeida Moura disse...

Pois é, lamentável. Acho que o autor, Marcones Ribeiro, se arrependeu de ter feito o elogio á posição das vice-prefeita. fazer o que, os políticos são assim mesmo...