quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

MINHA CASA MINHA VIDA! 400 VAGAS PARA CADASTRO DE RESERVA SERÃO SORTEADAS HOJE EM IMPERATRIZ

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) realiza hoje (16/12), mais um sorteio do programa de habitação Minha Casa, Minha Vida. O evento será no auditório da Universidade aberta do Brasil (UAB), localizada na Rua Dom Pedro II, Praça União, às 8h. 

Estão aptos a participar do sorteio para processo de seleção para o cadastro reserva, 10.488 candidatos que tiveram suas inscrições devidamente homologadas pela Prefeitura, remanescentes do banco de dados cadastrados pela Secretaria, no período de 17 de Outubro a 22 de Novembro de 2013, obedecendo aos critérios da Resolução nº 015/2013, do Conselho Municipal de Assistência Social, e do Decreto Municipal nº042/2013 que ratifica os critérios municipal para o sorteio.

Após chamamento de todos os sorteados e do cadastro de reserva ainda do primeiro sorteio realizado em 2014, esse segundo será para cadastro de reserva de 400 pessoas. 


O sorteio ocorrerá obedecendo a distribuição por conta, contemplando idosos, deficientes, grupo I e II especificados em edital disponível na Secretaria de Desenvolvimento Social situado na Rua Hermes da Fonseca, 49, Centro, e na página eletrônica da Prefeitura Municipal de Imperatriz www.imperatriz.ma.gov.br.

Um comentário:

César Lima disse...

É altamente recomendável que se evite a gravidez no momento. O problema é que muitas mulheres carentes engravidam de forma indesejada por não terem acesso à informação e aos métodos anticoncepcionais. Depois as mães carentes enfrentam diversas dificuldades para conseguir criar os filhos, sem acesso a saúde, educação e vida digna. Os filhos são no final os que mais sofrem.

Médicos recomendam que mulheres evitem gravidez

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o infectologista Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses, desaconselha as mulheres a engravidarem agora, mesmo aquelas que moram em regiões sem surtos de zika.

O presidente eleito da Federação dos Ginecologistas e Obstetras, Cesar Fernandes, ressalta que as mulheres que moram em regiões endêmicas para zika devem adotar “uma anticoncepção efetiva”. Já nas demais regiões “o princípio da precaução deve ser adotado”.

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/medicos-recomendam-que-mulheres-evitem-gravidez/