segunda-feira, 11 de abril de 2011

Governo do Estado estima investimentos de R$ 100 bilhões no MA


Governo do Estado estima investimentos de R$ 100 bilhões no MA
Secretário Maurício Macedo
O Governo do Estado estima que mais de R$ 100 bilhões serão investidos no Maranhão em diversos setores. Somente na área de indústria e comércio, as que mais têm avançado no estado, serão aplicados de maneira direta cerca de R$ 85 bilhões. 

Deverão surgir, então, mais de 200 mil empregos nestes setores. Para atender à demanda, o governo tem investido em formação e qualificação de profissionais. Além disso, acompanha a evolução do resto do país com a dinamização de vagas de emprego por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, o governo tem firmado parcerias com diversas empresas nacionais e internacionais. Os investimentos acontecem em todo o Maranhão e, alguns deles, estão sendo impulsionados ou ainda serão promovidos pela Votorantim Cimentos, Alumar, Ambev, Brascopper, Termelétrica MPX Itaqui, Grupo Mateus, Supermercados Maciel, Atacadão - Carrefour, Oleama – Rosatex, Vale (EFC, Píer IV, TFPM), Porto do Itaqui – Emap, duplicação BR-135 – DNIT.

Alguns dos municípios beneficiados são São Luís, Godofredo Viana, Centro Novo do Maranhão, Bacabeira, Barreirinhas, Miranda no Norte, Chapainha, Codó, Aldeias Altas, Santo Antônio dos Lopes, Açailândia, Imperatriz, Estreito, Grajaú, Benedito Leito, Balsas, Loreto. Entre os investimentos, está a exploração de ouro, prospecção de petróleo, avanço de termelétrica, hidrelétrica e pólo gesseiro e produção de energia renovável.

Para suprir a demanda de investimentos, o estado terá de formar mão-de-obra. Com isso, investirá em institutos de ensino e universidades, além de escolas técnicas. “Se isso não acontecer o mais rápido possível, as empresas terão de chamar profissionais de fora e o estado perde com isso. Não podemos perder essa oportunidade de o Maranhão continuar crescendo acima da média do Nordeste”, diz o secretário.

Maurício Macedo considera ainda que o estado é atrativo para os novos empreendimentos por ter água em abundância, solo disponível, sol e chuva com épocas definidas e localização geográfica privilegiada. “Além disso, aqui é um campo novo que também atrai filial de lojas. Aqui há um público a ser conquistado”, acrescenta.

Sine – Para anunciar os empregos disponíveis, a dinâmica do Sine no Maranhão terá de se modernizar. Por isso, o sistema de gestão de vagas terá mudanças a partir deste mês. Em São Luís, estão sendo feitos treinamentos dos servidores. Em todo o estado a nova dinâmica será gerenciada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres). Fonte: O Estado do Maranhão.

Nota do Blogue: Qualquer maranhense fica alegre com essa notícia, mas como gato escaldado tem medo de água fria, o povo agora quer ver para crer, apesar que o grosso desses 100 bilhões são da iniciativa privada. Mas, por falar nisso, e os investimentos do governo estadual, quando é mesmo que serão iniciadas as grandes obras?  O governo Roseana completa 100 dias e as críticas até de aliados são ácidas...Até agora não há muito a ser festejado no que Roseana prometeu que seria o melhor governo da vida dela.

Nenhum comentário: