segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Assassino do irmão do prefeito de Montes Altos é preso por ordem judicial


A Justiça decretou ontem a prisão preventiva do comerciante João Batista Bandeira Gomes (foto), autor do assassinato de Claudivino Rocha, irmão do prefeito de Montes Altos, Valdivino Rocha. O crime foi no dia 13 de julho, no comércio do acusado, no centro daquela cidade, e por motivo banal. 

Segundo depoimentos de testemunhas no inquérito, João Batista Bandeira Gomes atirou em “Cabeludo” sem qualquer motivo aparente, nem discussão houve. Pessoas que estavam no bar, onde Claudivino nem teria entrado, disseram que o comerciante sacou o revólver, disparou contra Claudivino e fugiu. 

A apresentação do homicida à polícia de Imperatriz se deu após o período de flagrante. O mandado de prisão foi expedido ontem à tarde pelo Juiz Adolfo Pires da Fonseca Neto, da 2ª Vara de Família da Comarca de Imperatriz.

Inconformado com a brutalidade praticada contra seu irmão e com a sensação de injustiça que imperava até ontem, Valdivino Mota disse que a prisão do assassino agora corrige a covardia cometida. “Não terei meu irmão de volta, mas a punição ao matador servirá de lição. O assassino tem que pagar pelo crime que cometeu”.

Nenhum comentário: