sexta-feira, 25 de novembro de 2011

PMs e Exército podem entrar em confronto no Maranhão

Poderá acontecer um confronto de resultados violentos  fatais, caso o exército resolva reprimir o movimento grevista de PMS e bombeiros no Maranhão. Pelo menos é o que acaba de informar em seu blog o jornalista John Cutrim

Segundo ele, "Policiais Militares e Bombeiros em greve acabam de ligar ao blog informando que vão receber a bala os homens do Exército que estão, nesse momento, se dirigindo para a Assembleia. O clima é tenso  no local e pode haver enfrentamento...".

2 comentários:

Anônimo disse...

Não duvido não, se a PMMA que é a única polícia do Brasil que até hoje não tinha feito greve em toda a sua existência e resolveu fazer, é porque a coisa estava feia mesmo e chegaram ao extremo, então, acho que vão até a última consequência.

Jair disse...

Meu caro Josué Moura, não era isso que 50,08% dos maranhenses queriam? Então taí, a Guerreira voltou... e ainda tem três anos. É bem verdade que a saúde vai mal, a educação uma merda e a segurança pior ainda, mas isso são apenas detalhes. O importante é que ela está governando e o povo feliz!
Dá-lhe Guerreira!!!