terça-feira, 22 de maio de 2012

Polícia prorroga inquérito que investiga morte de Décio Sá


 por gilbertoleda

O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, confirmou, nesta terça-feira (22), a prorrogação do inquérito que investiga a morte do jornalista e bloogueiro Décio Sá.
Os delegados que apuram o caso têm, agora, mais 30 dias para continuar as investigações. Segundo Aluísio, o trabalho tem sido feito de forma minuciosa e as investigações estão “se afunilando” rumo a uma solução para o caso.
O sub-delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Afonso Junior, disse que a prorrogação é natural que a polícia agiu como manda a lei. “Esse é um procedimento normal, diante da complexidade das investigações. Se precisarmos prorogar ainda mais, nós prorrogaremos”, declarou.
Sobre as linhas de investigação, Marco Afonso confirmou que há um “afunilamento” e que já forma ouvidas aproximadamente 100 pessoas. Seis delegados continuam trabalhando, diretamente no caso, juntamente com homens da Polícia Federal.
“A cada dia que passa, temos mais elementos, o que leva a um afunilamento das  hipóteses do crime e a um estreitamento das linhas de investigação”, completou.
O assassinato de Décio Sá completa, nesta quarta-feira (23),um mês. Ele foi morto a tiros, dia 23 de abril, num bar na Avenida Litorânea.

Nenhum comentário: