quarta-feira, 13 de junho de 2012

DÉCIO SÁ FOI VÍTIMA DE UM PODEROSO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO


Fonte: UMESP


Ela disse: “Décio Fabinho como era conhecido era sócio do Gláucio Alencar e Miranda seu pai a mais ou menos oito meses quando a Pres. Dilma determinou que toda verba da Educação e Saude não usaria mais cheque e que todo dinheiro tinha que cair diretamente na conta da firma o Fabinho deu um golpe nele e ainda tentou matar o mesmo diz q de 300.000,00 e Miranda seu pai dizia que nao deixaria barato!!”.

Décio Sá, a partir desta informação passou a investigar Gláucio, sua agiotagem junto a prefeitos e seu envolvimento na morte de Fabinho.

Paralelo a isto, a Polícia Federal também investigava os esquemas de desvios de recursos do FUNDEB em várias prefeituras inclusive em Paço do Lumiar. As investigações apontavam para o agiota Gláucio e escritórios de contabilidade e advogados.

Depois de depoimento à PF, a ex-secretária de Educação de Paço do Lumiar sofreu atentado a bomba no dia 18/04/2012 às 01:00hs quarta-feira. a bomba caseira jogada na garagem  incendiou seu veículo (VEJA O BOLETIM DE OCORRÊNCIA). As informações da ex-secretária apontam para os agiotas.

Logo em seguida, no dia 23/04/2012 Décio Sá é assassinado na Avenida Litorânea.

Depois mataram  VALDÊNIO JOSÉ DA SILVA, que teria pilotado a moto que deu fuga ao assassino de  Décio Sá.

Os desdobramentos agora serão enormes e se de fato a polícia civil está disposta a detonar como diz, deve agora caminhar junto com a PF e serão esclarecidos os outros crimes praticados em Paço do Lumiar.

Principalmente a morte de Sandoval Fournier, o “Senador”, ex-ordenador de despesas da Prefeitura de Paço do Lumiar (VEJA AQUI).

O agiota e empresário Gláucio  figura como o principal mandante, além de outro sediado em Santa Inês, mais conhecido como Júnior Bolinha,. Os dois estão presos. O crime de Décio se relaciona a um outro em Teresina em março passado.

O matador, pistoleiro profissional de aluguel, é paraense e já assassinou 49 pessoas, segundo levantamento feito pela polícia do Maranhão. Ele foi contratado por oito pessoas do Maranhão, entre políticos e empresários. Os nomes serão revelados logo mais às 15h pelo secretário de Segurança Pública, Aluízio Mendes.

OS ENVOLVIDOS:

- Jhonatan de Sousa Silva, 24, natural da cidade de Xinguara, no Estado do Pará, é o principal suspeito de ter assassinado o jornalista e blogueiro Décio Sá, na noite do dia 23 de abril, num bar na Avenida Litorânea.


  • Glaucio Alencar - empresário e agiota;
  •  - Miranda - pai de Glaúcio Alencar e empresário;
  • -Junior Bolinha - empresário em Santa Inés;
  •  - Capitão Fábio - Sub-comandante da PM;

- Mais duas pessoas estão sendo procuradas neste momento para serem presas.

Tem surpresas! AGUARDE!

Nenhum comentário: