segunda-feira, 4 de março de 2013

ACIDENTE ENVOLVENDO O VEREADOR BUZUCA, O SILÊNCIO DA POLÍCIA E AS ESPECULAÇÕES EM TORNO DO CASO

Vereador Buzuca
A Polícia Civil de Imperatriz até agora não se manifestou a respeito do grave acidente ocorrido na madrugada de sábado para domingo no cruzamento da Rua Pernambuco com Avenida Bernado Sayão, envolvendo o vereador José Carneiro dos Santos, o “Buzuca”, e  um casal numa moto. 

O casal, infelizmente, acaba de entrar para estatísticas de óbitos no trânsito da segunda maior cidade do Maranhão.

Por conta do silencio do vereador e da própria polícia, muitas versões, especulações e julgamentos precipitados estão sendo feitos na cidade, principalmente nas redes sociais, sobre quem estava certo ou quem teve culpa no desfecho de mais este grave acidente. 

Até adversários políticos da gestão municipal estão fazendo acusações de acobertamento político. Outros dizem que o vereador estava embrigado, etc.

O que se sabe de concreto

Francilvanio, uma das vítimas
1 - O  homem, Francilvanio dos Santos Silva, 29 anos, morreu no local e a mulher, Diana Martins de Sousa, morreu a caminho do Socorrão.

2 - O vereador teria ficado com a boca machucada e teria saído do local em outro veiculo para o Socorrão onde segundo informações extra-oficiais se encontra internado . 


3 - O casal estava numa moto Trax vermelha de placa OIV-8156-Imperatriz –Ma, que teria colidido com a S10 preta placa NHN-6560-Senador La Roque-Ma de propriedade do vereador Buzuca .  

Segundo o repórter Antonio Pinheiro, até por volta do meio dia desta segunda-feira, a polícia não havia sequer registrado a ocorrência.


 “O Delegado de Plantão Jose Fabiano não tinha registrado a ocorrência do acidente devido o vereador não ter comparecido, Fabiano disse que não recebeu nenhum relatório sobre o acidente do ICRIM como também não recebeu boletim da Policia Militar", disse Pinheiro.

Só por volta das 16 horas de domingo que a esposa de Francilvanio ficou sabendo da morte do esposo, ela tinha ido passar final de semana na casa de familiares no Tocantins, o marido que trabalhava de pedreiro era pai de um filho de 6 anos, morador da Rua Rafael de Almeida, Nº 62, Conjunto Planalto.


A mulher Diana Martins, 28 anos era moradora da Rua C, Bairro Novo Horizonte, os familiares só ficaram sabendo por volta das 18:00 horas, o velório está acontecendo na residência. 

Diana e Francilvanio eram apenas amigos, segundo informaram os familiares desta.

As duas famílias das vitimas estariam na  tarde de hoje registrando a ocorrência do acidente na Delegacia de Transito.  Segundo informações extra-oficiais, somente amanhã o vereador Buzuca se apresentará para prestar depoimento. (fotos- Asmoimp)

Um comentário:

Anônimo disse...

Quer apostar como no final das contas o laudo pericial vai apontar imprudência do motoqueiro?
Meu caro Josué, a corda só arrebenta do lado mais fraco; quem tem dinheiro sempre tem razão.