quinta-feira, 2 de maio de 2013

11º SALÃO DO LIVRO DE IMPERATRIZ DISCUTIRÁ DIVERSIDADE CULTURAL



Diversidade Cultural é o tema do 11° Salão do Livro de Imperatriz- Salimp, que acontece entre os dias 10 a 19 de maio, no Centro de Convenções. Este ano grandes escritores, palestrantes e artistas marcarão presença no maior evento literário da região.

A abertura oficial acontece na noite da sexta feira (10), às 18h, com a presença de Marcos Pascual, ministrando uma palestra sobre áudio-book de João do Vale além de um pequeno espetáculo da Escola de Danças Dançarte. A programação da 11° edição também inclui a presença do Celso Vasconcellos, Doutor em educação pela USP, mestre em história e filosofia da educação pela PUC/SP, além de pedagogo, filósofo e pesquisador. Ele ministrará também uma palestra voltada para os profissionais da educação de cidade no domingo (12) às 18h30.

Também marcarão presença o escritor e jornalista Leonêncio Nossa que lançará o livro Mata! o Major Curió e as guerrilhas do Araguaia; e a ilustradora e escritora de livros infantis Rosinha, que fará uma palestra na segunda às 16h30.

Além dos tradicionais lançamentos de livros, palestras e programação na Arena Multicultural e Café Literário, este ano muitas novidades foram incorporadas ao Salimp. É o caso do espaço "Arena Infantil", que todos os dias terá contação de histórias e sorteio de 10 livros, além de recreação e diversão para as crianças. Os jovens também terão uma programação especial com a sessão "Papo Cabeça", um espaço de discussão que abordará temas como drogas, violência, literatura poética e mídias sociais.

A exemplo do ano passado, também será realizada a gincana cultural, cujo tema deste ano é o livro "Eu, Imperatriz", de Edelvira Marques. O sarau literário também foi mantido na programação deste ano, e acontece no encerramento do evento, no dia 19.

História- A Feira Anual do livro em Imperatriz nasceu em 28 de outubro de 2003 por iniciativa de escritores e artistas da Academia Imperatrizense de Letras.  Na sede da instituição surgiu assim uma tímida exposição de livros, idealizada pelo cantor Zeca Tocantins. O evento evolui ano após ano, e se transformou de feira à Semana do Livro (realizada na Praça da Cultura) até chegar ao Salão do Livro- Salimp, que hoje conhecemos.  O Centro de Convenções tem sido o cenário do evento desde a 7ª edição. Hoje, o Salimp é o segundo evento com maior número de movimentação de pessoas em Imperatriz.

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Olá , seu blog é muito bom,
e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é:
António Batalha, e quero deixar-lhe um convite,
se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no
blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante.
Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.
Deixo-lhe a minha bênção.

Josué Almeida Moura disse...

Obrigado amigo! Com certeza, vou acessar e seguir o seu blog.