quinta-feira, 1 de agosto de 2013

ACABA EM ATROPELAMENTO PROTESTO DE ESTUDANTES DO IFMA EM IMPERATRIZ





O estudante, do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Bruno Anderson Silva Oliveira, foi atropelado por um veículo durante uma manifestação realizada na manhã desta quinta-feira (1º), na avenida Newton Belo, próximo ao IFMA. O motorista do carro de modelo L-200, de placa HPV-8474, não respeitou o bloqueio da rua feito pelos manifestantes, e avançou atingindo o jovem. O condutor do veículo saiu em alta velocidade, sem prestar socorro à vítima.

Estudante é atropelado durante manifestação, o Samu foi chamado. (Foto: Safira Pinho/ Imirante Imperatriz)

“Eu estava junto com ele, estamos em uma manifestação pacífica, estava aqui e o carro avançou, mas ele não conseguiu sair porque tinha alguns paus, aí o motorista passou por cima dele”. Afirmou a estudante, Rayssa Costa.
O rapaz reclamava de fortes dores na perna, o Serviço de Urgência Móvel, (Samu), foi chamado ao local e encaminhou o estudante para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI). Os manifestantes reivindicam melhorias no transporte público, e mais ônibus para o setor.

Os alunos fizeram uma espécie de corrente, de mãos dadas, para impedir que os motoristas tentassem furar o bloqueio. Além da avenida Newton Belo, a principal via de acesso para a indústria de papel e celulose, eles bloquearam a rua Santa Rita. Galhos de árvores, paus e pneus foram utilizados para impedir o acesso nas vias.
“A principal é a falta de ônibus na cidade, estamos reivindicando o nosso direito, nós não temos veículo, estamos enfrentando dificuldades para estudar pela falta de transporte e os motoristas não estão nos respeitando. Vamos continuar fazendo manifestações”, disse a estudantes, Caroline Fernandes Sousa.

Esta é a segunda manifestação realizada nesta semana. A primeira ocorreu no fim da tarde de ontem (31). Os estudantes do Instituto Federal do Maranhão fizeram uma manifestação em frente ao campus do Ifma, interditando a avenida Newton Belo. Eles protestaram contra a falta de ônibus nas linhas urbanas e em algumas intermunicipais.
Mais de 50 ônibus da empresa VBL, que detém a concessão da maioria das linhas do transporte público, estão apreendidos. A empresa adquiriu novos ônibus, mas eles não foram vistoriados. (Título deste blog)

2 comentários:

Anônimo disse...

Bem-feito......protestar é um direito. Impedir que as pessoas possam ir e vir é vandalismo...baderna.....

Sergio França disse...

vandalismo? é o q o governo faz com o bolso dos brasileiros.