terça-feira, 13 de agosto de 2013

"É A TREVA!" UNIMED DE SÃO LUÍS PODE FECHAR AS PORTAS, SEGUNDO PROMOTORA DE JUSTIÇA

Os problemas financeiros da Unimed podem levar o plano de saúde a fechar as portas em São Luís. Segundo Lítia Cavalcanti, promotora titular da 2ª Promotoria de Justiça e Defesa do Consumidor de São Luís, os problemas financeiros da empresa, além dos problemas com os serviços prestados, farão com que a promotoria encaminhe informações ao Ministério Público Federal(MPF) e ainda um pedido de dissolução da Unimed. Lítia afirmou que a operadora já não possui profissionais, hospitais e clínicas credenciadas na capital.

Um abaixo assinado com 70 assinaturas de clientes foi recebido nesta terça-feira (13) pela promotoria. O documento reivindicava questões relacionadas à situação da empresa e às denúncias feitas por consumidores. De acordo com Lítia, a operadora do plano não tem mais condições para gerir o plano, entretanto, não compete à 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor atuar na questão. Este foi o motivo que levou a encaminhar o processo e provas à Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão, Ana Karízia.

A dissolução do plano está entre as medidas que podem ser adotadas devido a situação financeira da empresa e é o que pede o documento encaminhado ao Ministério Público Federa. Segundo a promotora Lítia, isto ocorre por conta da "omissão" da Agência Nacional da Saúde e pela "má gestão fiscal" e financeira do plano.

No caso do MPF e a Justiça acatarem o pedido, os atuais clientes possivelmente poderão migrar para outros planos. (com informações de O Imparcial).

Nenhum comentário: