terça-feira, 29 de outubro de 2013

SETE ANOS DA VITÓRIA DO POVO MARANHENSE

Com 51,82% dos votos válidos Dr. Jackson derrotava a oligarquia, junto com o povo.

* por Deoclides Macedo

Hoje completam-se sete anos de uma grande data que entrou para a história do Maranhão. A data da vitória do povo maranhense com a eleição do nosso saudoso Dr. Jackson Lago. No segundo turno das eleições de 2006, o povo do nosso estado estava enfim livre da oligarquia que nos oprimia havia mais de quatro décadas. Com 51,82% dos votos válidos Dr. Jackson derrotava a oligarquia, junto com o povo.

Nessa data tão simbólica e importante para o nosso povo, me pego nas lembranças dos momentos de aprendizado que tive do Dr. Jackson. Foram muitas lutas, até que finalmente o povo do Maranhão conseguisse levar para o Palácio do Leões um verdadeiro democrata, um grande líder popular que sempre esteve presente nas lutas pela libertação do povo maranhense.

Tive o grande prazer de fazer parte dessa história. Vivi ao lado do Dr. Jackson e dona Clay uma brilhante parte de nossa história política. Em 2002 recebi a missão de ser candidato a vice-governador na chapa encabeçada por ele, quando abdicamos de seguir uma trajetória política mais cômoda para percorrermos com nossos companheiros esse imenso estado, em busca do sonho de libertação de nossa gente sofrida.

Deoclides Macedo
Dr. Jackson abria mão de mais da metade de seu mandato vitorioso de prefeito da capital São Luís para ser candidato. E eu, com uma eleição para deputado estadual praticamente garantida, aceitei com garra e determinação a missão que me foi dada por nosso grande líder.

Era plantada nesse momento a semente que germinou no seio do povo e mais tarde floresceu com a grande vitória que hoje completa sete anos. Viva o Dr. Jackson Lago, viva a democracia, viva a liberdade, viva o povo maranhense.

* Deoclides Macedo, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Porto Franco-MA.

2 comentários:

Anônimo disse...

O Madeira estava na turma que ajudou a derrotar a oligarquia naquele ano. Hoje o Madeira é sarneysta desde pequeninim.

Gilberto Silva disse...

Infelizmente a oligarquia não acabou. O povo ainda vai conviver muito tempo com esse mal e seus efeitos, nas saúde, na educação, na segurança, na agricultura, na indústria..... e até consciência..