sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O PMDB DO MARANHÃO E SEU CAIXÃO DE DEFUNTO PARA ENTERRAR A OLIGARQUIA SARNEY

Em tempo de carnificinas, dentro e fora das prisões do Maranhão (veja em Dom Pedro) um tresloucado vereador de São Luís patrocinou um protesto de mau gosto contra o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Jr (PTC). O caixão, que agora não se sabe o que fazer com ele, poderá ser guardado para enterrar de vez o grupo sarney no Maranhão. Leia interessante postagem do jornalista ricardosantos.
Irmão da Fábio Câmara instalou caixão na porta da prefeitura.
Irmão da Fábio Câmara instalou caixão na porta da prefeitura.
Rapaz, é muita baixaria, eita desespero. Nada a ver mesmo. Quem jogou a “macumba”, que tem a obrigação de recolher, afinal de contas, essas coisas de mal gosto, feitas por gente desocupadas, mentes doentes, tem que ser denunciadas para a sociedade.
Onde já se viu, colocar um caixão de defunto em frente à Prefeitura de São Luís, está desejando a morte do prefeito?
A notícia que chegou ao blog foi de que o vereador Fábio Câmara terá que retirar seu “agouro” de volta.
Fiquem com a informação completa retirada do blog do Garrone:
Pelo menos dois peemedebistas de proa manifestaram descontentamento com o gesto tresloucado do vereador Fábio Câmara (PMDB), que passou a ser chamado no meio político de Fábio “Caixão” e seu mentor político Ricardo Murad. É o que informa o blog do jornalistaClodoaldo Corrêa.
A fúnebre iniciativa de Fábio em patrocinar o aluguel de um caixão para expor em frente à Prefeitura de São Luís incomodou o senador João Alberto e o secretário chefe da  Casa Civil, João Abreu.
João Alberto: incomodado com atitude de Fábio 'Caixão'
João Alberto: incomodado com atitude de Fábio ‘Caixão’
Segundo o blog, os graúdos do PMDB fizeram chegar aos ouvidos de Murad e da governadora Roseana Sarney a situação esdrúxula a que está submetido o partido com a patacoada de Fábio “Caixão” e sugeriram que seja encontrada uma forma imediata de retirar o artefato da porta da Prefeitura.
O temor dos peemedebistas é que o tiro saia pela culatra e que, em vez de atingir o prefeito Edivaldo Holanda Júnior o caixão acabe contribuindo para enterrar de vez as chances do grupo Sarney em 2014.
A peça de profundo mau gosto atinge em cheio o Palácio dos Leões, que está emparedado com a crise do sistema penitenciário, que com 59 mortes em um ano, virou alvo da imprensa nacional.
Portanto, caixão é tudo que o governo de Roseana não quer por perto neste momento em que ‘cabeças estão rolando’, inclusive, no grupo Sarney…

Um comentário:

Francysco Bharão disse...

Esse vereador tem o sobrenome que merece. Poderá também ser comparado a uma Câmara de gaz tamanha a sandice cometida.