quarta-feira, 11 de junho de 2014

FLÁVIO DINO PROPÕE VENDA DA CASA DE VERANEIO DO GOVERNO DO ESTADO PARA INVESTIR EM SAÚDE

O pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) propôs nesta quarta-feira (11), durante inserção no horário eleitoral gratuito, que a Residência de Veraneio de São Marcos, pertencente ao governo do Estado, seja vendida e o valor arrecadado seja integralmente destinado a uma política social, por exemplo, uma unidade de saúde destinada a crianças com câncer. O imóvel é avaliado em pelo menos R$ 20 milhões.

O ex-presidente da Embratur avalia que enquanto tragédias se sucedem no Maranhão, o governo do Estado mantém gastos suntuosos absolutamente incompatíveis com a atual realidade maranhense.

Segundo ele, a medida implicará também a eliminação das despesas mensais com a manutenção e segurança. “Assim, uma parcela do patrimônio do povo do Maranhão será melhor utilizada, com uma destinação social, no lugar de banquetes e festas do mundo do poder”, defendeu.

A Residência serve hoje única e exclusivamente para festas oficiais de integrantes do governo do Estado. Não há registros nos canais de comunicação oficiais, mas a casa é anterior ao governo José Sarney (31 de janeiro de 1966 a 15 de março de 1971). Dizem que o então governador Newton de Barros Belo gostava de atravessar o rio Anil de barco para descansar por lá.

A residência era modesta. Ganhou suntuosidade pelas mãos da governadora Roseana Sarney, nos anos 90, período em que foi completamente reformada e ganhou ares de mansão. Hoje, a Casa de Veraneio tem valor avaliado em R$ 20 milhões.

Com espaços amplos, área externa com extensa cobertura e piscinas, é na Casa de Veraneio que Roseana Sarney leva aliados políticos, empresários amigos e jornalistas parceiros para confraternizações anuais, reuniões políticas festivas e aniversários de gente graúda.

Parte dos R$ 3 milhões que o governo gasta anualmente com comidas, bebidas e decorações festivas são para a Casa de Veraneio. Sai também do bolso do contribuinte os custos de manutenção com jardinagem e seguranças para manter a mansão impecável.
Em janeiro deste ano, em meio à crise na segurança pública, a governadora Roseana Sarney mandou comprar R$ 1,3 milhão em alimentos e R$ 1,4 milhão em bebidas e petiscos para garantir a festa de 2014.


--
PCdoB São Luís

Nenhum comentário: