terça-feira, 24 de março de 2015

ESTADO SE EMPENHA PARA EVITAR O FECHAMENTO DO HOSPITAL CASA ALÍVIO DO SOFRIMENTO EM MONTES ALTOS

O Hospital, que foi construído e mantido durante anos pela Igreja católica, agora está sob a responsabilidade do município e atravessa sérias dificuldades com a ameaça de fechamento por parte do prefeito Valdivino Rocha (PV), que alega total falta de recursos para manter a referida casa de saúde.

Uma comissão liderada pela Câmara Municipal através dos vereadores Nil Gomes (PDT), Jeane Barros (PSB) e Aristides Aguiar (PMDB) e composta pelo prefeito Valdivino e sua vice Kelly Rocha (PPS), secretária de Saúde Kelly Cristina, o diretor do Hospital Paulo Oliveira, o representante da Diocese Padre Raimundo Brandão e o diretor da entidade mantenedora Casa Alívio do Sofrimento Jeová Santana, acompanhados da deputada Valéria Macedo e do deputado Professor Marco Aurélio, estiveram em São Luis na Secretaria de estado da Saúde, onde foram recebidos pela secretária adjunta, Rosângela Curado.



Segundo Rosângela, depois de uma exposição da situação em que se encontra o Hospital, por parte da comissão, ficou acertado a visita de técnicos da SES a Montes Altos para fazer um levantamento da situação.



“Esta semana os técnicos da Rede Hospitalar irão à Montes Altos  para verificarem a capacidade instalada e demais condições do hospital para uma definição sobre o que poderá ser feito pelo governo para evitar o fechamento, sendo que no próximo dia 27 também ficou definido a ida do secretário Marcos Pacheco, para uma visita de trabalho e verificar  in loco a situação do hospital”, disse Rosângela, adiantando que tudo que estiver ao alcance do governo através da SES será feito para que o hospital casa Alívio do Sofrimento volte a atender o povo de Montes Altos.

Nenhum comentário: