quinta-feira, 13 de agosto de 2015

MATOU O VIZINHO E FOI DORMIR NA PRAÇA

José Nogueira, cusado de assassinar taxista, foi preso quando dormia em um banco da Praça da Cultura, área central de Imperatriz.
Policiais militares prenderam, na o idoso Jacob José Nogueira, 66 anos, acusado de ter sido o autor do assassinato do taxista Honorato da Silva Pereira Júnior.

Jacob José Nogueira, que é carpinteiro, foi reconhecido por um mototaxista quando dormia em um banco da Praça da Cultura, localizada no centro da cidade.
O mototaxista comunicou o fato ao comandante do 3º BPM, tenente-coronel Antonio Markus Lima, que determinou a guarnição de serviço do centro que fosse até o local e prendesse o acusado. Os policiais foram até a Praça da Cultura e constataram que o homem que dormia em um banco era realmente o acusado do crime. Jacob José Nogueira recebeu voz de prisão e, ao ser revistado, ainda portava a faca tipo peixeira usada para golpear o taxista, levando-o à morte.
Jacob José Nogueira, conhecido também por ‘Nogueira’, foi apresentado no Plantão Central da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, onde foi autuado em flagrante por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil, tipificado no artigo 121, parágrafo II, que prevê pena de 12 a 30 anos de reclusão em regime fechado.
Tudo começou devido a uma discussão por conta de som alto que a vítima costumava ouvir, principalmente músicas evangélicas. Por morarem no mesmo condomínio, Nogueira se irritava todas as vezes que a vítima ligava o som. “Fiquei cego, não vi nada”, disse Nogueira, que se encontra na Delegacia Regional à disposição da Justiça. (O Progresso).

Nenhum comentário: