sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Frente Ambientalista reabre trabalhos com mais de 200 adesões

O coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, deputado Sarney Filho (PV-MA) afirmou ao inaugurar os trabalhos de 2011 que o movimento ajudou a criar uma massa critica no Congresso Nacional. Esta mobilização, segundo ele, permitiu aprovar propostas importantes, como a Lei de Resíduos Sólidos e também barrar ações que representariam um retrocesso na legislação ambiental. Em seu primeiro dia de trabalho, a Frente já contava com a adesão de mais de 200 parlamentares, sendo doze senadores.

Em café da manhã que reuniu mais de 300 pessoas entre deputados, senadores e representantes da sociedade civil, como o Greenpeace, SOS Mata Atlântica, WWF e ISA, foram apontados como principais desafios para esta legislatura impedir a votação do texto do Código Florestal que flexibiliza a lei, permitindo mais desmatamento e do PL 12, que sofreu mudanças na Câmara que diminuem o poder do IBAMA. Até o dia 28, a Frente vai definir uma agenda com as proposições que merecem apoio e aquelas que colocam em risco o meio ambiente e a sustentabilidade.(Fonte: Informativo PV)

Nenhum comentário: