quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Caso Sandes Queiroz: Investigações apontam envolvimento de ex-policial militar do Pará


Conforme entrevista concedida ao vivo ao jornal da TV Mirante, edição de meio-dia, o delegado regional da polícia civil em Imperatriz, Francisco de Assis Ramos, informa que além do já preso Francisco Oliveira de Sousa, o “Chiquinho”, foi relevado à participação do crime de um ex-policial militar do estado do Pará, de nome Gileandro Silva Oliveira, no assassinato do jovem empresário Sandes Emanuel Queiroz da Silva.

Foi através do depoimento de “Chiquinho” que os investigadores chegaram ao nome do ex-militar, que apesar de outrora lotada na cidade de Marabá, tem residência fixa em Imperatriz.

Segundo o delegado, Gileandro era do círculo de amizade de Sandes Queiroz, inclusive fazia às vezes de segurança da vítima. Uma das linhas de investigação aponta para o desentendimento entre Sandes, Chiquinho e Gileandro, em uma transição de negócio mal resolvida, que acumulava dívidas das partes envolvidas.

O delegado Francisco de Assis também comentou a hipótese de ter outras pessoas envolvidas no crime, mas que os desdobramentos mais efetivo das investigações será com a prisão do ex-militar foragido.

Francisco de Assis concluiu a entrevista informando que o inquérito policial esta aberto, com riquezas de detalhes, tendo inclusive várias fotografias em momento de lazer de Gileandro e Chiquinho com a vítima e que, a qualquer momento, outras pessoas podem ser presas.

Nenhum comentário: