sábado, 28 de janeiro de 2012

Ricardo Murad e Flávio Dino, "às armas senhores!

Flávio Dino e Ricardo Murad, travam uma boa briga...

Faltam quase três anos para a eleição de governador, mas o clima entre oposição e governo de uma hora para outra esquentou no Maranhão.
Quase sempre se fazendo de surdo às críticas da oposição, o grupo Sarney, dificilmente responde a qualquer  questionamento ou ataque. Vez por outra um sarneysista menos graduado, como Chiquinho Escórcio, parte atabalhoadamente para  o confronto, mas sem muita repercussão. Imponentes, Sarney e Roseana nunca "dão recibo" ás "provocações" da oposição. 
Mas desta vez foi diferente, quem resolveu partir para o contra-ataque foi um dos generais da tropa sarneysista, nada manos que o super secretário da Saúde, deputado licenciado, Ricardo Murad (PMDB), cunhado da governadora. Foi como se Roseana descesse as escadas do palácio do Leões e fosse pro meio da rua "rodar a baiana".
Em comentário em sua página no Facebook, Murad chamou Dino de "megalomaníaco, prepotente, soberbo e arrogante".
"Flávio Dino se transformou num ser humano megalomaníaco, prepotente, de uma soberba infinita, muito arrogante que se coloca acima de todos e de tudo,parecendo aquela criança que teve o seu brinquedo tirado por outra e que não para de chorar para tê-lo de volta.

Faço um convite a ele, para juntos irmos em todas as UPAS, em todos os 72 hospitais, em todos os centros de medicina especializada, na FEME, nos 180 novos leitos de UTI e nos hospitais de alta complexidade do maior programa de saúde pública da história do Maranhão que já está atendendo com qualidade os maranhenses.


Sei que o Flávio não tem experiência administrativa e política, mas isso já seria um bom começo pra quem se autoproclama professor de Deus", disse Murad.


Os ataques de Ricardo Murad contra Flávio Dino veio depois que o comunista se queixou de perseguições dos órgãos de comunicação ligados à família Sarney e sugeriu que "a oligarquia decadente trate de governar", começando "pelo funcionamento dos 72 hospitais". 
"A oligarquia decadente manda me agredir todos os dias no Maranhao. Por que tanto ódio ? Será porque não me rendo nem me vendo ? À oligarquia decadente sugiro que trate de governar. Que tal começar pelo funcionamento dos 72 hospitais?", Disse Flavio Dino.
Em resposta, Ricardo disparou contra Flávio e convidou o adversário para visitar os hospitais, UPAs, FEME e todas as unidades de saúde estaduais.
Se você achou que o debate  acabava ai se enganou: Hoje pela manhã, em encontro na cidade de Pedreiras Flávio Dino voltou a se manifestar e disse que não pode aceitar o convite de Ricardo "para visitar aquilo que não existe", referindo-se a não conclusão dos 72 hospitais do Programa Saúde é Vida, prometido em campanha eleitoral pela governadora.
"Quando os 72 hospitais tiverem funcionando, isso se um dia vier acontecer, não só com parede e telhado, mas com equipamentos, remédios, médicos, eu aceito visitar com o maior prazer. É só ele [Ricardo Murad] mandar um ofício para a Embratur. O que eu não posso é visitar aquilo que não existe e nem tenho o dom de fazer existir aquilo que não existe", disparou Flávio.
Ainda segundo o presidente da Embratur, a construção dos 72 hospitais foi prometida como um grande compromisso de campanha e não foi cumprido. "Portanto, farei todos os dias essa cobrança até esses hospitais existirem e funcionarem de fato. Os bilhões para isso estão aí", afirmou. "O que nos conforta é que em breve vamos virar a página desse livro de domínio oligárquico de um grupo que pensa que é dono do Estado", disse.
"É uma pena que o Ricardo não tenha a gentileza e a educação que se deve ter entre adversários políticos. Apenas fiz meu papel de oposição, de fiscalizar e cobrar o funcionamento, por exemplo, desses 72 hospitais; mas ao invés de dar uma satisfação a chefe dele [Roseana] e, sobretudo, a população, ele fica é me agredindo. Esta oligarquia que está há cinquenta anos no estado não compreende o que é relação democrática,", assinalou.
E ai, será que Ricardo Murad vai parar por ai? Quem venceu a discussão, o que isso traz de bom para a política maranhense? 
Vamos ver os próximos rounds. Apesar de - como disse acima -faltar muito tempo ainda para a próxima eleição de governador, o debate - se não cair em baixarias - é muito salutar. Portanto, "às armas senhores, podem duelar!"

2 comentários:

JORNAL ÍMPARES EM NOTÍCIASS disse...

Escuta aqui amigo; esse Murado, não é aquele que já esteve envolvido em escândalos quando passou pelo Palacio do Planalto na época Sarney? Ah... tá explicado. Ele tem moral prá falar sim. Moral de camundongo!!!!

JORNAL ÍMPARES EM NOTÍCIASS disse...

E MAIS UMA VEZ,PARABÉNS PELA QUALIDADE DAS SUAS INFORMAÇÕES E DO SEU BLOG.