sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

O SANGUE CONTINUA JORRANDO NO MARANHÃO: EM TIROTEIO COM SUSPEITO POLÍCIA ATINGE MULHER GRÁVIDA QUE ACABA MORRENDO ...

Enquanto em Imperatriz a polícia recebe elogios por ter conseguido frustrar um assalto a um cartório sem disparar um único tiro, em São Luís a Polícia continua matando. 
Corpo da mulher grávida morta e esposo acusado de tráfico atingido por dois disparos chegando ao Socorrão I
Na noite de ontem quinta-feira,  23, o serviço de inteligência da Superintendência Estadual de Investigações Criminais(SEIC) realizava uma operação na Rua do Peixe, bairro de Fátima em São Luís contra o tráfico de drogas no local, quando um veículo Hilux não obedeceu os procedimentos de revista dos policiais e, segundo informação da própria polícia, reagiu efetuando tiros contra os agentes.
O fato ocorreu . Após a troca tiros entre um homem identificado como “Marcio Patrão”, sua esposa Liliane Silva Vilas Boas, 26 anos, grávida de cinco meses, foi atingida com um disparo. Mesmo sendo levada rapidamente para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I), não resistiu e morreu antes de chegar aos cuidados médicos.
Uma criança, ainda não relevada a idade, filho “Marcio Patrão” com Liliane Silva também foi atingido com um tiro no braço, levado para o hospital, não corre risco de vida.
“Marcio Patrão”, segundo a polícia, suspeito de tráfico de drogas na região, foi atingido por dois disparos no pescoço e nas costas. Com ele foi encontrado uma pistola  PT 40. O estado de saúde do pai e filho ainda não foram revelado.
De acordo com a polícia, o suspeito Márcio Barão faria parte de uma facção criminosa. Já a versão dos moradores da localidade diverge. Afirmam que a polícia está mentindo, garantem que a família não tem nenhum tipo de ligação com crimes. (Informações do Blog Domingos Costa)

Nenhum comentário: