terça-feira, 10 de junho de 2014

CASTELO NÃO TERÁ CANDIDATURA AO SENADO APROVADA PELO PSDB

por Jorge Vieira 

Dep. Carlos Brandão, pres. PSDB
O presidente da executiva estadual do PSDB, deputado Carlos Brandão, em entrevista à imprensa, no início da tarde desta terça-feira (10), informou que se o desejo do ex-prefeito João Castelo disputar o Senado representar algum risco do partido não indicar o vice-governador na chapa do pré-candidato das oposições, Flávio Dino, Castelo estará fora da eleição de senador. O martelo será batido no próximo encontro dos dirigentes tucanos já marcado para a próxima segunda-feira (16).   

Brandão convocou a imprensa para informar sobre políticas de alianças, data e local da convenção estadual, mas deixou claro que existe um consenso entre os partidos que integram a coligação contra a candidatura avulsa de João Castelo. O dirigente tucano informou que o ex-prefeito esteve com o senador Aécio Neves, que lhe informou sobre a palavra empenhada para o PSDB indicar o candidato a vice.

“Nós trouxemos esta questão para ser discutida na executiva por se tratar de um fato novo, mas já deixamos claro que se sua pretensão for empecilho para o partido participar da aliança de oposição indicando o vice, não existirá candidatura a senador do PSDB”, adiantou Brandão.

Caso Castelo resolva levar seu nome para ser avaliado na convenção, contra a decisão da executiva estadual, é bom lembrar que, segundo o presidente dos tucanos, apenas três diretórios estão em condições de mandar delegados: Imperatriz, Bom Jesus das Selvas e São Francisco do Brejão. Dos três, dois são controlados pelo prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, e o outro pelo por Carlos Brandão, ou seja, a chance de Castelo ser candidato a senador não existe, visto que ele não possui o controle da legenda.         

Castelo iria ser despachado ainda hoje, mas a direção partidárias resolveu deixar a próxima segunda-feira, mas próximo da convenção, já convocada para o dia 22 de junho, em Imperatriz.   

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa oposição não tem jeito. Castelo é o único que tem densidade eleitoral para derrotar Gastão Vieira. Se porventura Castelo não for candidato, Gastão será o futuro senador pelo Maranhão. Madeira, Pinto e Brandão, estão indo contra a vontade do povo. Todo mundo sabe que Roberto Rocha não tem voto.

Tiago Vieira