sábado, 14 de fevereiro de 2015

FAZENDEIRO ACUSADO DE ROUBO DE GADO MORRE EM CONFRONTO COM A PM


Helenês Sousa Pires, 36 anos de idade morador em Porto Franco-MA, fazendeiro e comprador de gado, morreu na na tarde de sexta-feira (13), segundo a versão da própria polícia ao reagir à prisão. 

Segundo informações havia mandado contra o fazendeiro por acusação de roubo de gado e ao perceber a chegada da polícia na fazenda da família que fica localizada na região da Água Boa no município de Campestre do Maranhão-MA, Helenês ainda tentou fugir, não conseguindo teria reagido atirando contra a polícia que prontamente revidou.

A equipe do Serviço Móvel de Urgência foi até o local, mas o fazendeiro já estava morto, o corpo foi levado para o Hospital de Porto Franco e depois seguiu para o Instituto Médico Legal em Imperatriz e depois liberado para velório.

Na semana passada Helenês teve três carretas de gados apreendidas pela Policia Militar e Policia Rodoviária Federal. No momento da apreensão o mesmo conseguiu fugir em uma SW 4, todos os gados apreendidos segundo a policia era produto de roubo nas fazendas da região de Porto Franco e os animais estariam sendo transportados para estado de Goias. 

Outras duas pessoas que estavam na companhia dele, foram presas e levadas para a Delegacia Regional de Imperatriz. 

Segundo a família, Helenês era divorciado e pai de dois filhos um adolescente de 17 e uma menor de 6 anos.

O velório do fazendeiro está acontecendo na Rua Elpídio Milhomem, na residência da família na cidade de Porto Franco e o sepultamento está marcado para o final da tarde deste sábado no Cemitério Local. (Fonte: Radialista Nardele Oliveira)

Nenhum comentário: