domingo, 22 de fevereiro de 2015

MORRE O JORNALISTA ROBERTO CHAVES

Roberto Chaves, 69 anos, era natural de Belém do Pará, irmão do cantor paraense Nilson Chaves, militou por muitos anos na imprensa de Imperatriz, trabalhando em várias emissoras, como a extinta Rádio Imperatriz, Rádio Cultura e na Rádio Mirante AM,antes de ir embora para o Ceará, no inicio da década de 90.

Roberto faleceu em sua casa, em Canidé (CE), por volta do meio dia deste domingo 22/02,vítima deum infarto.

A notícia foi dada por sua esposa e também Jornalista Miriam Chaves em sua página no facebook.

"Já não estou mais celebrando a vida. Em frações de segundos meu marido Roberto Chaves que passou mal ontem teve agora pouco um infarto fulminante e partiu. Obrigada Deus pela vida dele, pelo menino que tu me deu por todos esses anos. Descanse em paz em meu amor em nós ficará a eterna lembrança e a saudade."

Roberto Chaves, 69 anos, era natural de Belém do Pará, irmão do cantor Nilson Chaves, militou por muitos anos na imprensa de Imperatriz, trabalhando em várias emissoras, como a extinta Rádio Imperatriz, Rádio Cultura e finalmente na Rádio Mirante AM, onde apresentava o programa Balanço Geral, antes de ir embora para o Ceará.
 
Em Canidé, onde vivia atualmente, foi o fundador do Jornal de Mão em Mão e trabalhou nas principais emissoras de Canindé e região. Ontem havia estreado um novo Programa na Rádio Jornal de Canindé.
O velório, segundo informações da imprensa cearense teve início as 16 horas, no salão de velórios da Funerária Poupa Urna, localizado ao lado da Igreja de São Tarcísio no centro da cidade de Canidé, onde deve ser sepultado.

Mais um ícone do rádio imperatrizense

Ao lado de Moacyr Spósito, Manoel Cecílio, Clodomir Guimarães o "Corró" e Aldeman Costa - que também já se foram -, Roberto Chaves foi um dos grandes ícones do Rádio imperatrizense que passa para o "andar superior".

Com uma voz inconfundível e um editorial forte, Roberto teve sua influência na comunicação e nos rumos da política nos conturbados anos 80 e 90, na segunda maior cidade do Maranhão. Que Deus o te
nha!

Nenhum comentário: