segunda-feira, 29 de junho de 2015

CRIADA COM APOIO DA SUZANO PAPEL E CELULOSE A PRIMEIRA BIBLIOTECA 'LER É PRECISO', EM ÁREA INDÍGENA NO MARANHÃO

Espaço visa contribuir para a efetividade da lei que prevê a universalização de bibliotecas em escolas até 2020

O Instituto Ecofuturo, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que tem a Suzano Papel e Celulose como sua principal mantenedora, inaugurou no último dia 25 de junho, a primeira Biblioteca Comunitária Ler é Preciso em território indígena, no município de Grajaú, Maranhão. Com patrocínio da Valmet Corporation,parceira da Suzano no Maranhão, apoio da Prefeitura Municipal e ampla participação da comunidade, o espaço fica no Centro de Ensino Indígena Djalma Marizê Filho, na aldeia Morro Branco. 

De acordo com Adriana Soares, gerente socioambiental no Maranhão, há 02 anos a Suzano e seus parceiros têm se relacionado com os representantes da aldeia em prol deste projeto. “Desde o início, a comunidade do Morro Branco nos deixou claro que o maior interesse deles era o desenvolvimento em educação. Esta parceria casou muito bem com o que acreditamos, pois a Suzano entende que é por meio da educação que se constrói desenvolvimento.”

A biblioteca comunitária Judite de Souza Lima terá um acervo inicial de mil novos livrosde literatura, mobiliário novo e adequado, dois computadores, impressora, TV e Blu Ray, edois profissionais formados realizarão o atendimento e planejarão atividades de promoção de leitura anuais. E, o mais importante, ficará aberta não apenas aos alunos da escola, mas a toda a comunidade. “Não nascemos sabendo e nem gostando de ler, por isso é preciso educar para ler”, diz Christine Fontelles, diretora de educação e cultura do Instituto Ecofuturo. “E, sim, a biblioteca é a casa do leitor e suas portas devem estar escancaradas para ele!”, completa. 

Sobre o Ecofuturo

O Instituto Ecofuturo é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que tem a Suzano Papel e Celulose como sua principal mantenedora. Realiza articulação entre a sociedade civil, o poder público e o setor privado buscando contribuir para a expansão da consciência socioambiental, por meio do compartilhamento de conhecimentos, práticas de cuidado e mensuração de impactos.

Fundado em 1999, o Ecofuturo incentiva ações transformadoras, atuando em projetos que contribuem para o fortalecimento das práticas de leitura e escrita como atividade individual e social, pela conservação do meio ambiente por meio do desenvolvimento de projetos para áreas de reserva florestal, que fundamentados no modelo bem sucedido de gestão do Parque das Neblinas, estabelecem estratégias de educação ambiental, restauração, pesquisa, manejo florestal e envolvimento comunitário. Saiba mais em: www.ecofuturo.org.br 


Sobre a Suzano Papel e Celulose

A Suzano Papel e Celulose (Bovespa: SUZB5, OTC: SUZBY e Latibex) é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina. Controlada pela Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, investe no setor de papel e celulose há mais de 90 anos, com operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, possui seis unidades industriais: Suzano, Rio Verde, Limeira e Embu, no interior do Estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose por ano.

Nenhum comentário: