quarta-feira, 18 de novembro de 2015

"ABANDONADO NA CHAPADA": ALIADOS NÃO DÃO "UM PIO" SOBRE SITUAÇÃO DE RICARDO MURAD

Temido e odiado por muitos, até pelos seus parentes e aliados, o ex-secretário Ricardo Murad, parece que foi "abandonado na chapada", como se costuma dizer aqui na região sul do Maranhão quando um político fica sozinho e sem apoio.
Desde ontem, quando  a PF fez busca e apreensão em sua casa e o levou para prestar depoimento, que o ex-secretário está no limbo, só, talvez apenas com parentes mais próximos. E por parte de seus aliados não se ouve nada sobre os últimos acontecimentos envolvendo o ex-poderoso "tratorzão", como era chamado Ricardo Murad no governo da cunhada Roseana. Nem um gesto de solidariedade, uma pequena defesa sequer!

O silencio sobre a operação da PF foi sentido hoje na Assembleia Legislativa onde os dois grandes defensores de Murad, a filha Andrea Murad e o genro, Sousa Neto, não compareceram. Alguns deputados, uns que foram até colegas de Ricardo Murad no secretariado roseanista, ainda não deram “um pio” sobre o escândalo de desvios de verbas da saúde envolvendo o ex secretário. E olha que muitos desses deputados se beneficiaram do poder de Murad, no tempo das "vacas gordas".

"Nem mesmo a ex-governadora Roseana e o chefe maior do clã, José Sarney, se manifestaram sobre o ocorrido. Uma nota, um post, uma publicação no jornal da família… Nada", comentou a blogueira Cristiana França,que me inspirou a escrever este post.

Que os acontecimentos desses últimos dois dias sirvam de exemplo para todos, povo e políticos. O exemplo  de que a arrogância, o despotismo e a desonestidade não vale a pena. Um dia a casa cai e os resultados são escombros, abandono e solidão...

Nenhum comentário: