sexta-feira, 27 de novembro de 2015

DANOU-SE!!

Mídia do Sarney abre fogo contra a Polícia Federal


Inconformada com os furos que estão levando diarimente de parte da imprensa que teve acesso ao relatório da Polícia Federal, que investigou e constatou desvio bilionário na secretaria de Saúde do Estado, no período compreendido entre 2010 e 2013, a mídia sarneysista resolveu abrir fogo contra os delegados que apontaram o ex-secretário Ricardo Murad como chefe da organização criminosa que “meteu a mão” em R$ 1,2 bilhão destinado à saúde pública do Maranhão.

Chegam ao absurdo de cobrar explicações dos agentes federais sobre os procedimentos que levaram a instituição a investigar apenas as duas últimas gestão da ex-governadora Roseana Sarney, quando os próprios delegados encarregados da apuração dos fatos afirmaram em coletiva de imprensa que a PF passou se interessa pela secretaria de Saúde, após ser alertada pelo Banco Central sobre movimentação financeira estranha nas contas das empresas contratadas sem licitação por Ricardo Murad para tomar conta dos hospitais do Estado.

Acusam os delegados federais de aturem sob orientação política do governador Flávio Dino, mesmo sabendo trata-se de uma instituição séria que atua na defesa dos interesses do país, ajudando a retirar da vida pública políticos corruptos, tipo José Dirceu, Delcídio do Amaral, Ricardo Murad, entre tantos outros. Mas a mídia do Sarney, como sempre, tenta inverter os fatos na vã esperança de transformar bandido em mocinho, ainda que a população do Estado conheça bem o personagem em questão.

O que eles precisam admitir é que a disputa pela informação em primeira mão é legítima entre os veículos de comunicação, se alguns profissionais do ramo tiveram acessos aos documentos que apontam os responsáveis pelo roubo bilionário na SES é porque foram mais espertos, construíram fontes, o que é normal na atividade jornalística, vide o que tem feito a Rede Globo na operação Lava Jato, tornando público todos os depoimentos.

A bem da verdade, o esperneio da mídia sarneysista tem como única finalidade tentar desacreditar a investigação que descobriu o maior escândalo de corrupção da história do Maranhão e transformar Ricardo Murad e sua gangue em supostas vítimas de perseguição política, ou seja, usam velha e surrada táctica do ladrão que rouba e sai gritando pega ladrão.

Nenhum comentário: