sexta-feira, 16 de março de 2012

Confusão em Estreito-MA, no retorno de vereadores cassados

por Décio Sá


Muita confusão nesta sexta-feira (16) na Câmara de Estreito. Conforme havia noticiado o blog ainda na terça-feira (reveja), o desembargador Jamil Gedeon, do Tribunal de Justiça do Maranhão, determinou o retorno de seis dos nove vereadores cassados da cidade ano passado. Um deles perdeu o prazo do ajuizamento da ação e outros dois ainda aguardam decisão para retornar aos cargos.

Os seis vereadores foram tomar posse na Câmara hoje pela manhã. A ex-presidentes Reginalva Alves Pereira (PPS) tentou realizar uma nova eleição para presidente onde ela seria a candidata.

O vereador Tavane Miranda Firmo (PTC), um dos suplentes que assumiu ano passado e permanece no cargo, não aceitou. Disse que a eleição só seria realizada por determinação judicial. Fourmou-se uma grande confusão.
Leia mais no blog do Décio Sá

7 comentários:

Anônimo disse...

Isso é uma falta de respeito com o povo estreitense, povo esse sofrido, pedimos que as autoridade se mobilize e de uma vez por todas ponha um basta nesta sacanagem que está ocorrendo aqui na cidade de Estreito -MA, que políticos como esses possam ser exterminados da face da terra, esses bandos de imorais............

Anônimo disse...

Eu como um cidadão estreitense posso dizer que sinto-me de uma certa forma triste ao ver que nossos representantes em vez de nos representar no legislativo, o que fazem é completamente o contrário, na verdade a Cidade de Estreito - MA já está precisando é de uma intervenção federal, aonde auditores fiscais pudessem realizar uma auditoria nesta cidade e que políticos como estes estes fossem banidos por completos da sociedade.

Anônimo disse...

Que vergonha essa decisão da justiça, nossa cidade não tem ruas, saúde, não tem educação não tem nada. Vamos acabar com esse prefeito vagabundo...

Anônimo disse...

Reginalva bandida, ladra de cofre público, vocês deviriam ter vergonha na cara, de querer voltar, esse tal de Rômulo se disfarça atrás da crença, vagabundos deveriam está eram todos na cadeia, vamos fazer justiça, fora bando de coruptos........Povo de Estreito, sede de justiça.....

Anônimo disse...

Que cara de pau esse deputado vagabundo, ele deveria está do lado da população, não defendendo esses vereadores picaretas, espero que a população sofrida de Estreito não esqueça desse picareta.

Anônimo disse...

Um desabafo...
Todos comentam sobre o já ultrapassado Código Penal, que feito para sua época, era suficiente para sua aplicação no combate ao crime.
O crime evoluiu e os criminosos expandiram seu raio de ação e o CP ficou parado no tempo. No tempo de pequenos furtos, alguns assaltos e raros assassinatos, poucos usavam armas de fogo por conta do custo, as brigas existentes eram mais na mão sem conseqüência mais drásticas.
Os criminosos da época, temiam a policia e sempre optavam pela fuga ao invés do confronto.
Hoje em dia, os bandidos bem armados, enfrentam a polícia sem temor e desafiam as fracas leis existentes porque sabem que no final de tudo, ainda serão beneficiados por elas mesmo, apostando na impunidade. As modificação que puderam ser feitas, pioraram mais ainda as que já existiam. Se o infrator for menor e/ou réu primário, as regalias lhe são garantia da impunidade dos mesmos.
A impunidade de diversos crimes são proporcionadas por leis criadas por legisladores mal-intencionados eleitos por nós.
Na verdade, nós quanto cidadãos honestos e cumpridores de nossos deveres, somos os verdadeiros réus, pois somos de forma aleatória e desproporcional, julgados e sentenciados sem direitos de defesa dentro de nosso lar, de nosso trabalho, na rua ou em qualquer lugar que estejamos... O bandido hoje se acha no direito de decretar a absolvição, deixando a vítima viver ou decretar a morte se assim ele entender e mesmo assim, não importa a quantidade de crimes cometidos e forma que eles comentem que a pena máxima não passa de 30 anos.
A condenação de um bandido que cometa crimes hediondos e por mais estúpidos que sejam, jamais ultrapassam o tempo a cumprir de 30 anos. Isso sem falar na famigerada progressão de pena.
E sabem quem legislam? Aqueles candidatos a deputado federal e a senador da república, os mesmos que em época de eleição saem de casa em casa, fazem grandes comícios em praças públicas apelando para nossa sensibilidade e carência, usam e abusam de nossa confiança para depois nos dar o troco, criando leis pífias para beneficiar criminosos da pior espécie inclusive a eles mesmos.
Caros leitores, caros amigos, parentes e conhecidos, meu Pai foi brutalmente assinado no dia 14/10/2011 em Estreito-MA, para minha surpresa e dor o assassino (Sebastião Araújo de Almeida) já julgado e absolvido pelo crime do uso de arma de fogo, deverá pagar apenas algumas cestas básicas. O próximo julgamento do segundo crime (latrocínio) está marcado para o dia 28/03/12, peço encarecidamente, peço pelo amor que tens a suas vidas, dos amigos e de seus parentes, ajudem-nos a mostrar para os Juízes do caso que Estreito-MA tem leis, tem pessoas que querem viver em paz e em segurança, que a justiça precisa ser feita – não somente pelo assassinato do meu pai, mas porque o Sebastião Araújo de Almeida cometeu um crime, um crime cruel, frio e planejado. Crime esse, para alimentar seu vicio... Sem dar o direito a defesa. Meu desabafo é em prol da paz, da segurança, chega de tanta impunidade nesse nosso país. Conto com todos, para mudar essa situação de total descaso com a dor da perda do meu pai e de tantas outras vitimas...

Brasília – DF, 20 de março de 2012
Julio S. Rocha Pessoa

Anônimo disse...

Reginalva tem vergonha na cara sua ladra, cade o respeito, a educação que o sr. nadir te deu, vc jogou fora por causa desse dinheiro que e nosso do povo