quarta-feira, 5 de agosto de 2015

CRISE NO PMDB MARANHENSE

Sucessão municipal de São Luis agrava racha entre peemedebistas

Site Maranhão da Gente
pmdb
Além do racha promovido pelo desentendimento entre o ex-secretário de saúde, Ricardo Murad e o grupo do Senador João Alberto, o PMDB do Maranhão agora vive esfacelamento ainda maior por causa das divergências sobre a sucessão municipal em São Luís.

A crise gerada pela sucessão municipal começou quando Ricardo Murad anunciou que lançaria candidatura à prefeitura de São Luís, sendo rechaçado imediatamente pelo deputado estadual Roberto Costa: “No PMDB ele não terá legenda”, disse Costa.

Sem rumo certo, parte do PMDB tenta se aproximar do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. , enquanto outras lideranças vagam na tentativa de de encontrar alternativas para candidatura própria. A governadora Roseana Sarney ensaiou apoio à candidatura de Murad, mas recuou passando dar a entender que ela própria se candidataria. Com menos de 5% de intenções de votos mesmo em pesquisas encomendadas pelo próprio grupo político e citada na operação Lava jato, a ex-governadora sumiu.

Enquanto a briga interna no partido determina o esfacelamento completo da legenda, suas principais lideranças se veem envolvidas em escândalos. Além de Roseana na Operação Lava Jato, o senador Lobão é investigado por ações tanto na lava Jato, quanto no Petrolão. Já no grupo do ex-deputado Ricardo Murad, além dele a filha, Andrea e o genro, Sousa Neto, ambos deputados, podem ser investigados em CPI que apurará os desvios de recursos públicos da Secretaria Estaudal de Saúde durante a gestão Roseana Sarney.

Nenhum comentário: